Pro­du­to­res de ca­na e eta­nol ga­nham be­ne­fí­ci­os

Ple­ná­rio do Se­na­do apro­va MP, que vai be­ne­fi­ci­ar pro­du­to­res e usi­nas, que ti­ve­ram pre­juí­zos, por cau­sa da se­ca e ge­a­da; me­di­da abran­ge o Nor­des­te e o Es­ta­do do Pa­ra­ná

O Diario do Norte do Parana - - ECONOMIA - Ma­ri­a­na Jung­mann

O ple­ná­rio do Se­na­do apro­vou, on­tem, a Me­di­da Pro­vi­só­ria (MP) 615, que con­ce­de be­ne­fí­ci­os a pro­du­to­res de ca­na-de-açú­car e a usi­nas de eta­nol, que ti­ve­ram pre­juí­zos com pro­ble­mas cli­má­ti­cos, prin­ci­pal­men­te, os que fo­ram afe­ta­dos pe­la se­ca no Nor­des­te, na sa­fra 2011/2012.

Eles te­rão sub­ven­ção econô­mi­ca de R$ 12, por to­ne­la­da de ca­na, li­mi­ta­da a 10 mil to­ne­la­das, por pro­du­tor, e de R$ 0,20, por li­tro de eta­nol, e re­du­ção da alí­quo­ta do PIS/Pasep e da Co­fins. No que se re­fe­re ao fi­nan­ci- amen­to para no­vos ca­na­vi­ais, foi apro­va­da a equa­li­za­ção da ta­xa de ju­ros. O re­la­tor, se­na­dor Gim (PTB-DF), am­pli­ou os be­ne­fí­ci­os aos pro­du­to­res do Pa­ra­ná que, se­gun­do ele, so­fre­ram per­das com as ge­a­das na­que­le pe­río­do.

Por meio de emen­das, a me­di­da pro­vi­só­ria tam­bém re­gu­la­men­tou ope­ra­ções de car­tão de cré­di­to, dé­bi­to e ou­tros ar­ran­jos de pa­ga­men­to ele­trô­ni­cos, que se­rão fis­ca­li­za­dos pe­lo Ban­co Cen­tral, além cri­ar nor­mas que es­ti­mu­lam a com­pe­ti­ção e o sur­gi­men­to de no­vas ban- dei­ras no mer­ca­do.

O re­la­tó­rio apro­va­do per­mi­te ain­da a re­a­ber­tu­ra de pra­zo para ade­são ao Pro­gra­ma de Re­cu­pe­ra­ção Fis­cal (Re­fis) da Cri­se, cri­a­do em 2009 para so­cor­rer em­pre­sas em di­fi­cul­da­de por cau­sa da cri­se econô­mi­ca de 2008. Os dé­bi­tos já par­ce­la­dos an­te­ri­or­men­te não po­de­rão ser re­fi­nan­ci­a­dos, mas se­rá aber­to pra­zo até 31 de de­zem­bro des­te ano para que as em­pre­sas que não ade­ri­ram à épo­ca, com dé­bi­tos de 2008, pos­sam fa­zer o par­ce­la­men­to se­gun­do as nor­mas do pro­gra­ma.

Emen­da in­cluí­da pe­lo re­la­tor per­mi­te tam­bém o re­fi­nan­ci­a­men­to de dí­vi­das de PIS e Con­fins de ins­ti­tui­ções fi­nan­cei­ras e se­gu­ra­do­ras, ven­ci­das até o fim do ano pas­sa­do. Os ban­cos e se­gu­ra­do­ras po­de­rão ade­rir ao re­fi­nan­ci­a­men­to até 29 de no­vem­bro. Eles tam­bém po­dem op­tar por pa­gar à vis­ta e ter anis­tia to­tal dos en­car­gos le­gais e das multas de mo­ra e de ofí­cio, além de ou­tros des­con­tos. Se es­co­lhe­rem o par­ce­la­men­to, po­de­rão pa­gar a dí­vi­da das con­tri­bui­ções so­ci­ais em até 60 pres­ta­ções com anis­tia do en­car­gos le­gais e re­du­ção de 80% das multas e 40% dos ju­ros.

Foi ain­da au­to­ri­za­do que em­pre­sas con­tro­la­das ou co­li­ga­das no ex­te­ri­or par­ce­lem os dé­bi­tos do Im­pos­to de Ren­da Pes­soa Ju­rí­di­ca e da Con­tri­bui­ção So­ci­al so­bre Lu­cro Lí­qui­do, ven­ci­dos até 31 de de­zem­bro do ano pas­sa­do. A MP tam­bém au­to­ri­za a União a con­tra­tar o Ban­co do Bra­sil para ge­rir re­cur­sos, obras e pro­je­tos para mo­der­ni­za­ção e am­pli­a­ção da re­de in­te­gra­da de aten­di­men­to à mu­lher ví­ti­ma de vi­o­lên­cia.

Quan­do a MP es­ta­va na Câ­ma­ra, os de­pu­ta­dos apro­va­ram emen­das que su­pri­mi­ram di­ver­sos tre­chos. En­tre­tan­to, a emen­da do se­na­dor Gim, que es­ta­be­le­ce a trans­mis­são da con­ces­são para os fi­lhos de ta­xis­tas em ca­so de mor­te, foi apro­va­da.

A ma­té­ria foi apro­va­da sem al­te­ra­ções em re­la­ção ao tex­to da Câ­ma­ra e se­guiu para san­ção presidencial.

Ra­fa­el Sil­va

Se­tor re­ce­be­rá sub­ven­ção econô­mi­ca e re­du­ção na alí­quo­ta de tri­bu­tos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.