Pei­xe apos­ta na for­ça da Vi­la para ven­cer Bo­ta­fo­go

Ti­me não per­de em seu es­tá­dio há mais de um ano e por isso acre­di­ta na pos­si­bi­li­da­de de se re­a­bi­li­tar na com­pe­ti­ção di­an­te da em­ba­la­da equi­pe ca­ri­o­ca Bo­ta­fo­go

O Diario do Norte do Parana - - ESPORTES - San­ches Fi­lho

A Vi­la Bel­mi­ro sem­pre foi uma im­por­tan­te ar­ma quan­do o Santos mais pre­ci­sou, des­de os tem­pos áu­re­os de Pe­lé, Cou­ti­nho, Zi­to e com­pa­nhia. De­vi­do ao for­ma­to do es­tá­dio, com o público mais pró­xi­mo ao cam­po, to­dos os ad­ver­sá­ri­os sen­tem a pres­são e têm di­fi­cul­da­des para de­sen­vol­ver seu me­lhor fu­te­bol no re­du­to san­tis­ta. Não de­ve­rá ser di­fe­ren­te com o Bo­ta­fo­go, uma das mai­o­res for­ças do Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro, em jo­go que acon­te­ce nes­te do­min­go, a par­tir das 18h30, pe­la 21ª ro­da­da. O Santos ra­ra­men­te per­de em ca­sa. A úl­ti­ma der­ro­ta na Vi­la Bel­mi­ro já faz mais de um ano. Foi no dia 29 de agos­to de 2012, quan- do le­vou de 3 a 1 do Bahia. Des­de en­tão, fo­ram 28 jo­gos no es­tá­dio, com 15 vi­tó­ri­as e 13 em­pa­tes. E, com a boa cam­pa­nha do ti­me no Bra­si­lei­rão, a tor­ci­da san­tis­ta de­ve com­pa­re­cer em bom nú­me­ro nes­te do­min­go, au­men­tan­do a for­ça do cal­dei­rão. O jo­go des­te do­min­go é cha­ve para a pre­ten­são san­tis­ta de con­se­guir va­ga na Li­ber­ta­do­res de 2014. Se ga­nhar, além de so­mar três pon­tos, o Santos im­pe­de que o con­cor­ren­te di­re­to Bo­ta­fo­go su­ba mais na clas­si­fi­ca­ção do Bra­si­lei­rão. Mas o téc­ni­co Clau­di­nei Oli­vei- ra ti­ra o peso das cos­tas dos jo­ga­do­res, prin­ci­pal­men­te dos mais jo­vens, so­bre a ne­ces­si­da­de de ven­cer. Sem o ata­can­te Gi­va, que so­freu um trau­ma no om­bro es­quer­do, Clau­di­nei Oli­vei­ra vai de­ci­dir en­tre Ga­bri­el e Ever­ton Cos­ta para ver quem for­ma­rá a du­pla de ata­que com Thi­a­go Ri­bei­ro - co­mo o jo­go se­rá na Vi­la Bel­mi­ro, o es­co­lhi­do de­ve ser o pri­mei­ro. Para com­ple­tar, o za­guei­ro e ca­pi­tão Edu Dra­ce­na está de vol­ta à za­ga, no lu­gar de Gustavo Hen­ri­que, após ter cum­pri­do sus­pen­são. O téc­ni­co Oswal­do de Oli­vei­ra aler­tou os jo­ga­do­res do Bo­ta­fo­go so­bre a in­ven­ci­bi­li­da­de do Santos nas par­ti­das co­mo man­dan­te no Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro.

O clu­be al­vi­ne­gro do Rio de Ja­nei­ro não quer dei­xar que o Cru­zei­ro se dis­tan­cie na li­de­ran­ça da com­pe­ti­ção. Sa­be que o Santos vem aos poucos se re­cu­pe­ran­do do ba­que pe­la saí­da de Ney­mar e, se não al­me­ja mais o tí­tu­lo do Bra­si­lei­rão, ten­ta pe­lo me­nos uma va­ga na Co­pa Li­ber­ta­do­res.

O Bo­ta­fo­go tem man­ti­do uma re­gu­la­ri­da­de atípica. Mes­mo sem um elen­co for­te, con­se­gue re­sul­ta­dos e bo­as atu­a­ções com os re­cém-lan­ça­dos re­ser­vas, a mai­o­ria jo­vens va­lo­res for­ma­dos no clu­be. Mé­ri­to para Oswal­do de Oli­vei­ra,

O cra­que ho­lan­dês vai jo­gar nes­te do­min­go e isso po­de ser um di­fe­ren­ci­al. A au­sên­cia re­cla­ma­da por Oswal­do de Oli­vei­ra é a de Lo­dei­ro, sus­pen­so pe­lo ter­cei­ro car­tão ama­re­lo. O téc­ni­co tem du­as op­ções para subs­ti­tuir o uru­guaio: Hyu­ri e Octávio.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.