Ca­te­dral à es­pe­ra de ele­va­dor

O Diario do Norte do Parana - - CIDADES - Fá­bio Cas­tal­del­li

fa­bi­o­au­gus­to@odi­a­rio.com O es­tu­do que ava­lia as con­di­ções es­tru­tu­rais para que Ca­te- dral Ba­sí­li­ca Me­nor Nos­sa Se­nho­ra da Gló­ria re­ce­ba um ele­va­dor está or­ça­do em R$ 52.500 por uma cons­tru­to­ra de Ma­rin­gá. Mas an­tes de bus­car re­cur- sos para a li­be­ra­ção da exe­cu­ção da aná­li­se, a Igre­ja aguar­da que em­pre­sas que ins­ta­lam o equi­pa­men­to con­fir­mem o in­te­res­se em re­a­li­zar o ser­vi­ço.

Se­gun­do o pá­ro­co da ca­te­dral, pa­dre Vir­gí­lio Ca­bral dos Santos, em­pre­sas que ins­ta­lam ele­va­do­res de pla­no in­cli­na­do de São Pau­lo, Sal­va­dor (BA) e até mes­mo da Chi­na já fo­ram con­ta­ta­das, mas até ago­ra ne­nhu­ma se propôs a vir a Ma­rin­gá. “Se não ti­ver­mos quem fa­ça o tra­ba­lho, de na­da adi­an­ta al­guém re­a­li­zar a aná­li­se da es­tru­tu­ra e ver se ela su­por­ta a obra ou se re­for­ços se­rão ne­ces­sá­ri­os”, ex­pli­ca.

De acor­do com o pa­dre, a ca­te­dral foi pro­je­ta­da com um fos­so de ele­va­dor que se es­ten­de da crip­ta ao mi­ran­te. O va­lor da ins­ta­la­ção va­ria de R$ 800 mil a R$ 1 mi­lhão.

Re­for­ma

Des­de mar­ço de 2010, a ca­te­dral está pas­san­do por re­for­ma. In­ter­na­men­te, os de­graus da es­ca­da­ria fo­ram ni­ve­la­dos para ofe­re­cer mais se­gu­ran­ça e os mais de 2.500 vi­dros es­tão sen­do tro­ca­dos. “Es­pe­ra­mos que as chu­vas acon­te­çam para que pos­sa­mos ver se ha­ve­rá in­fil­tra­ção. De­pois dis­so, da­re­mos uma de­mão de bor­ra­cha lí­qui­da na par­te ex­ter­na”, acres­cen­ta.

Na pra­ça, a pre­fei­tu­ra con­ti­nua exe­cu­tan­do o pro­je­to de re­vi­ta­li­za­ção. No iní­cio da se­ma­na, equi­pes da Se­cre­ta­ria de Ser­vi­ços Pú­bli­cos re­mo­ve­ram seis palmeiras-je­ri­vás e as trans­plan­ta­ram em ou­tra área do gra­ma­do, on­de se­rá cons­truí­da uma pis­ta de ca­mi­nha­da.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.