Pro­fes­so­res do Es­ta­do re­ce­be­rão sa­lá­rio de setembro com re­a­jus­te

O Diario do Norte do Parana - - REGIÃO - Agên­cia Es­ta­du­al de No­tí­ci­as

re­da­cao@odi­a­rio.com O go­ver­na­dor Be­to Ri­cha (PSDB) con­fir­mou, on­tem, o pa­ga­men­to da in­cor­po­ra­ção de 0,6% no sa­lá­rio dos pro­fes­so­res da re­de es­ta­du­al de en­si­no, na fo­lha de setembro. Além dis­so, ele as­se­gu­rou a im­plan­ta­ção, na fo­lha, das pro­mo­ções e pro­gres­sões dos pro­fis­si­o­nais da Edu­ca­ção do Es­ta­do. A me­di­da va­le para pro­fes­so­res de car­rei­ra e fun­ci­o­ná­ri­os da edu­ca­ção bá­si­ca, que pres­tam ser­vi­ços ad­mi­nis­tra­ti­vos nas es­co­las.

O pa­ga­men­to do 0,6% se­rá re­tro­a­ti­vo a maio e se so­ma­rá ao re­a­jus­te de 6,49% con­ce­di­do na- que­le mês, to­ta­li­zan­do al­ta de 7,11%, so­bre o pi­so do ma­gis­té­rio. “A Edu­ca­ção é a pri­o­ri­da­de ab­so­lu­ta do nos­so go­ver­no. Para aten­der à ca­te­go­ria fa­ze­mos um gran­de es­for­ço, nes­se mo­men­to, em que o Es­ta­do se en­con­tra no li­mi­te pru­den­ci­al com os gas­tos fun­ci­o­nais”, des­ta­cou.

Ri­cha tam­bém afir­mou que, em ou­tu­bro, o go­ver­no adi­an­ta­rá a úl­ti­ma par­ce­la, de 3,94%, re­fe­ren­te à equi­pa­ra­ção sa­la­ri­al dos pro­fis­si­o­nais do ma­gis­té­rio, em re­la­ção aos de­mais ser­vi­do­res de ní­vel téc­ni­co su­pe­ri­or do Es­ta­do.

Com os no­vos ín­di­ces, o au­men­to sa­la­ri­al de 2013 para os pro­fes­so­res atin­gi­rá 11,35% e a ca- te­go­ria acu­mu­la­rá, em me­nos de três anos, au­men­tos que so­mam 50,16%. “Es­ta­mos em­pe­nha­dos em as­se­gu­rar con­quis­tas dos pro­fis­si­o­nais que tra­ba­lham pe­lo fu­tu­ro dos pa­ra­na­en­ses”, afir­mou Ri­cha.

Com a equi­pa­ra­ção, pe­la pri­mei­ra vez na his­tó­ria do ma­gis­té­rio es­ta­du­al, os pro­fes­so­res con­cur­sa­dos vão in­gres­sar na car­rei­ra com sa­lá­rio ini­ci­al igual aos de­mais ser­vi­do­res de ní­vel téc­ni­co su­pe­ri­or do Es­ta­do.

O pro­je­to de lei que pre­vê a in­cor­po­ra­ção de 0,6% na fo­lha de pa­ga­men­to do ma­gis­té­rio foi apro­va­do pe­la As­sem­bleia Le­gis­la­ti­va do Pa­ra­ná e san­ci­o­na­do pe­lo go­ver­na­dor jun­to com a úl­ti­ma par­ce­la da equi­pa­ra­ção. A di­fe­ren­ça sa­la­ri­al en­tre as car­rei­ras era de 26%.

Em ou­tu­bro, o sa­lá­rio de in­gres­so dos pro­fes­so­res para jor­na­da de 40 ho­ras se­ma­nais se­rá de R$ 2.237,08, mais R$ 649,24 de au­xí­lio trans­por­te, pa­gos em di­nhei­ro e sem des­con­to de im­pos­to de ren­da, to­ta­li­zan­do um ven­ci­men­to men­sal ini­ci­al de R$ 2.886,32. Atu­al­men­te, o pi­so na­ci­o­nal para a mes­ma jor­na­da é de R$ 1.567,00.

Ho­ra-Ati­vi­da­de

Ou­tra gran­de con­quis­ta é o au­men­to da ho­ra-ati­vi­da­de para pro­fes­so­res te­rem mais tem­po para pre­pa­rar au­las, cor­ri­gir pro­vas e pla­ne­jar as ati­vi­da­des. Em agos­to, o se­gun­do se­mes­tre do ano le­ti­vo co­me­çam com mais ho­ra-ati­vi­da­de dentro das es­co­las es­ta­du­ais do Pa­ra­ná: seis au­las se­ma­nais­pa­ra­car­ga­de­vin­teho­ras.

É o se­gun­do au­men­to de tem­po ex­tra­clas­se para pro­fes­so- res nes­te ano. Em fe­ve­rei­ro, as es­co­las saí­ram de qu­a­tro para cin­co au­las se­ma­nais de ho­ra-ati­vi­da­de. “Em me­nos de um ano avan­ça­mos 50% na jor­na­da de ho­ra­a­ti­vi­da­de. É mais tem­po para o pro­fes­sor e mais qua­li­da­de nas au­las”, des­ta­ca o se­cre­tá­rio de Edu­ca­ção e vi­ce-go­ver­na­dor, Flá­vio Arns.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.