OPI­NIÃO

Um so­nho de vi­da

O Diario do Norte do Parana - - ESPORTES - Da Redação

Sou um apai­xo­na­do por Ma­rin­gá. A ci­da­de me re­ce­beu com mui­to ca­ri­nho quan­do eu ti­nha 18 anos. Foi aqui que tu­do co­me­çou. Ma­rin­gá é o prin­cí­pio da mi­nha car­rei­ra, que co­le­ci­o­na mui­tas lu­tas e be­las vi­tó­ri­as. Foi aqui tam­bém que con­quis­tei aqui­lo que te­nho de mais im­por­tan­te na vi­da: mi­nha es­po­sa e du­as fi­lhas. O Mo­da Ma­rin­gá é a re­a­li­za­ção de um so­nho. Mon­tar uma equi­pe tão com­pe­ti­ti­va me dei­xou mui­to fe­liz. Há al­guns me­ses te­nho me de­di­ca­do ex­clu­si­va­men­te a es­te pro­je­to, fa­lan­do com a Pre­fei­tu­ra e ba­ten­do nas por­tas das em­pre­sas. Gra­ças a Deus mui­tas pes­so­as es­tão acre­di­tan­do no pro­je­to. E o re­sul­ta­do está aí. Ma­rin­gá está na Superliga. Te­nho mui­to or­gu­lho dis­so, as­sim co­mo a ale­gria de re­pre­sen­tar ca­da ma­rin­ga­en­se. Co­mo di­ri­gen­te do ti­me, nes­sa pri­mei­ra tem­po­ra­da do Mo­da Ma­rin­gá, me pre­o­cu­pei mui­to com a es­tru­tu­ra dos nos­sos jo­ga­do­res. A mai­o­ria de­les são meus ami­gos de lon­ga da­ta, pes­so­as em quem con­fio. Li­guei pes­so­al­men­te para con­vi­dar a mai­o­ria de­les. Me sin­to no pa­pel de pai­zão, pos­so di­zer que vi­vo com eles a ex­pe­ri­ên­cia do cui­da­do. Eu, mais do que nin­guém, sei co­mo é im­por­tan­te ter a fa­mí­lia por per­to. É uma par­te que eu es­tou co­lo­can­do mui­to ca­ri­nho, para que os jo­ga­do­res se sin­tam em ca­sa, se sin­tam aco­lhi­dos aqui, co­mo eu sem­pre me sen­ti. Isso re­fle­te di­re­ta­men­te dentro das qu­a­dras. Pos­so di­zer com co­nhe­ci­men­to que so­mos uma equi­pe com­pe­ti­ti­va, com atle­tas pre­pa­ra­dos e jo­ga­do­res ex­pe­ri­en­tes. Es­ta­mos trei­nan­do jun­tos há ape­nas dois me­ses e, mes­mo as­sim es­ta­mos fo­ca­dos no en­tro­sa­men­to dentro das qu­a­dras com o úni­co ob­je­ti­vo: o de re­pre­sen­tar mui­to bem Ma­rin­gá e o Pa­ra­ná na Superliga de voleibol. Vo­cês não sa­bem o ta­ma­nho da emo­ção que sen­ti na nos­sa es­treia con­tra o Rio de Ja­nei­ro, mas mui­to mais sen­ti­rei nes­ta noi­te de sá­ba­do aqui no Chi­co Ne­to. Es­tou re­vi­ven­do mo­men­tos que vi­vi há mais de 15 anos. Eu ain­da te­nho a ima­gem da tor­ci­da me apoi­an­do aqui, quan­do co­me­cei. Eu ain­da te­nho so­nhos e pro­je­tos fu­tu­ros, um de­les é ver jo­ga­do­res da mi­nha ge­ra­ção atu­an­do co­mo co­or­de­na­dor, di­ri­gen­te, tra­ba­lhan­do para que os jo­ga­do­res atu­ais não sai­am do Bra­sil, que foi o que acon­te­ceu com a gen­te. Eu que­ro que mais jo­ga­do­res apa­re­çam, nos­so País é ri­co em bons atle­tas, que po­dem co­la­bo­rar mui­to com as no­vas ge­ra­ções que vêm por aí. Es­ta­rei sem­pre pron­to. Que­ro fi­na­li­zar agra­de­cen­do, sen­do jus­to com to­dos que co­la­bo­ra­ram, que fi­ze­ram es­se so­nho do Mo­da Ma­rin­gá acon­te­cer. Pri­mei­ra­men­te a Deus, que é o mai­or re­a­li­za­dor dos nos­sos so­nhos; aos nos­sos pa­tro­ci­na­do­res,Sind­vest, Co­pel Te­le­com, Gol, Uni­med, Unicesumar e Ma­gi­cal, pois sem eles não con­se­gui­ría­mos nem ini­ci­ar o pro­je­to; as nos­sas fa­mí­li­as que nos apoi­a­ram e so­nha­ram jun­to com a gen­te. Te­mos pes­so­as tra­ba­lhan­do e que acre­di­ta­ram no pro­je­to do Mo­da Ma­rin­gá, em es­pe­ci­al ao pre­fei­to Ro­ber­to Pu­pin e ao se­cre­tá­rio es­ta­du­al de In­dús­tria e Co­mér­cio Ricardo Bar­ros, pe­la es­tru­tu­ra­ção do ti­me e o apoio na bus­ca de pa­tro­ci­na­do­res, além de co­la­bo­ra­do­res, ami­gos e a nos­sa tor­ci­da. En­fim, a to­dos vo­cês que di­re­ta ou in­di­re­ta­men­te par­ti­ci­pam da nos­sa his­tó­ria. Em es­pe­ci­al a ca­da jo­ga­dor do Mo­da Ma­rin­gá que hoje e em to­dos os jo­gos, ves­ti­rão a ca­mi­sa dan­do o me­lhor de si nas qu­a­dras.

re­da­cao@odi­a­rio.com Em Ma­rin­gá, o opos­to Lo­re­na vol­ta­rá a jo­gar ao la­do de Ri­car­di­nho, com quem fez par­ce­ria no Vô­lei Fu­tu­ro e é con­si­de­ra­do por ele co­mo um ir­mão. O jo­ga­dor se mos­tra oti­mis­ta com as pers­pec­ti­vas da mo­da­li­da­de na ci­da­de a par­tir do pro­je­to que o ami­go ide­a­li­zou. “É um pro­je­to de qu­a­tro anos, o que é mui­to im­por­tan­te, e tem tu­do a ver co­mi­go. Se­rá uma equi­pe que vai bri­gar. O im­por­tan­te é co­me­çar e ir evo­luin­do du­ran­te a Superliga. Eu vim para Ma­rin­gá mais pe­lo Ri­car­di­nho. Ad­mi­ro bas­tan­te ele”, afir­mou.

Por acre­di­tar em tra­ba­lhos re­sul­ta­dos a lon­go pra­zo, Lo­re­na não tem a am­bi­ção de con­quis­tar o tí­tu­lo da Superliga nes­ta pri­mei­ra tem­po­ra­da. Po­rém, apos­ta em boa cam­pa­nha da equi­pe na com­pe­ti­ção na­ci­o­nal.

Além de Lo­re­na, a equi­pe ma­rin­ga­en­se con­ta com a ex­pe­ri­ên­cia do ar­gen­ti­no Ro­dri­go Qui­ro­ga, pon­ta, ti­tu­lar da se­le­ção ar­gen­ti­na e que na tem­po­ra­da pas­sa­da de­fen­deu o Mi­nas.

Não é o úni­co in­ter­na­ci­o­nal do grupo que con­ta tam­bém com o lí­be­ro nor­te ame­ri­ca­no Dus­tin Wat­ten, que atua pe­la se­le­ção B de seu país. O ter­cei­ro es­tran­gei­ro é Mo­mo­ta Shi­ma­da, le­van­ta­dor que tro­cou o Ja­pão, após o ter­re­mo­to se­gui­do de tsu­na­mi em 2011, jo­gou du­as tem­po­ra­das em Ati­baia e so­nha­va em atu­ar ao la­do de Ri­car­di­nho. Não po­de­rá atu­ar pois o re­gu­la­men­to da Superliga per­mi­te ape­nas a ins­cri­ção de dois es­tran­gei­ros.

Dos atle­tas da ca­sa o Mo­da tem o lí­be­ro Ro­ge­ri­nho que está com a se­le­ção bra­si­lei­ra se pre­pa­ran­do para os jo­gos do Mundial sub-23.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.