Pre­fei­tu­ra em­bar­ga 16 ba­res e ca­sas no­tur­nas

Ação é re­sul­ta­do de ope­ra­ção no iní­cio do ano. Prin­ci­pais fa­lhas apon­ta­das pe­lo Cor­po de Bom­bei­ros são fal­ta de fun­ci­o­ná­ri­os para agir em si­tu­a­ção de pâ­ni­co e re­ves­ti­men­to ina­de­qua­do

O Diario do Norte do Parana - - CIDADES - Ru­bia Pi­men­ta

ru­bia@odi­a­rio.com A Pre­fei­tu­ra de Ma­rin­gá em­bar­gou 16 es­ta­be­le­ci­men­tos co­mer­ci­ais, en­tre ba­res e ca­sas no­tur­nas, na noi­te da úl­ti­ma sex­ta-fei­ra, por fa­lhas no sis­te­ma de se­gu­ran­ça. Se­gun­do o di­re­tor de Fis­ca­li­za­ção, Mar­co Antônio Lo­pes de Aze­ve­do, a no­ti­fi­ca­ção emi­tia or­dem de ime­di­a­ta pa­ra­li­sa­ção das ati­vi­da­des. “To­dos apre­sen­ta­vam cer­ti­fi­ca­do de re­pro­va­ção no Cor­po de Bom­bei­ros”, afir­ma.

Três es­ta­be­le­ci­men­tos de­so­be­de­ce­ram a de­ter­mi­na­ção e abri­ram as por­tas. “Se­rão mul­ta­dos”, afir­ma Aze­ve­do. Se­gun­do ele, o va­lor é de R$ 20 por metro qua­dra­do e em ca­so de rein­ci­dên­cia, a mul­ta do­bra e abre-se um pro­ces­so de cas­sa­ção do al­va­rá.

Se­gun­do Aze­ve­do, o em­bar­go é o des­fe­cho da ope­ra­ção de fis­ca­li­za­ção que ocor­reu no iní- cio do ano, após o in­cên­dio na bo­a­te Kiss, em San­ta Ma­ria (RS). “Após cons­ta­tar as ir­re­gu­la­ri­da­des, ofe­re­ce­mos pra­zo de 90 dias “To­dos apre­sen­ta­vam cer­ti­fi­ca­do de re­pro­va­ção no Cor­po de Bom­bei­ros” para que as pen­dên­ci­as fos­sem re­sol­vi­das, mas na­da mu­dou. O Cor­po de Bom­bei­ros fez no­va vis­to­ria e deu mais um pra­zo de 30 dias. No­va­men­te não hou­ve mu­dan­ças. Di­an­te da si­tu­a­ção foi emi­ti­do o cer­ti­fi­ca­do de re­pro­va­ção”, ex­pli­ca.

En­tre as prin­ci­pais ir­re­gu­la­ri­da­des apre­sen­ta­das pe­los es­ta­be­le­ci­men­tos es­tão a fal­ta de fun­ci­o­ná­ri­os trei­na­dos para agir em si­tu­a­ção de pâ­ni­co, ma­te­ri­al de re­ves­ti­men­to ina­de­qua­do e au­sên­cia de pla­cas si­na­li­za­do­ras.

A no­ti­fi­ca­ção do em­bar­go, se- gun­do Aze­ve­do, foi emi­ti­da no mes­mo dia em que a pre­fei­tu­ra re­ce­beu a cer­ti­fi­ca­ção de re­pro­va­ção dos es­ta­be­le­ci­men­tos. “É nos­so de­ver agir com pron­ti­dão. Não es­ta­mos pensando no lu­cro dos em­pre­sá­ri­os, mas na se­gu­ran­ça das pes­so­as.”

O pre­si­den­te da As­so­ci­a­ção de Ba­res e Res­tau­ran­tes de Ma­rin­gá (Abra­sel), Marcelo Se­ra­fin, apoia a ação da pre­fei­tu­ra. “É uma si­tu­a­ção la­men­tá­vel, mas hou­ve tem­po há­bil para re­a­li­zar as mo­di­fi­ca­ções ne­ces­sá­ri­as e a pre­fei­tu­ra ape­nas cum­priu seu pa­pel”, afir­ma.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.