Pri­ma­ve­ra en­tra em ca­sa

O Diario do Norte do Parana - - CLASSIDIÁRIO - Ta­li­ta Ama­ral ta­li­ta@odi­a­rio.com

A pri­ma­ve­ra co­me­ça hoje e é a es­ta­ção per­fei­ta para dei­xar ca­sa ain­da mais bo­ni­ta e re­cep­ti­va, afi­nal se tra­ta da épo­ca do de­sa­bro­char das flo­res e plan­tas, das co­res e dos per­fu­mes. Óti­ma ra­zão para tra­zer es­te ca­pri­cho da na­tu­re­za para dentro - ou fo­ra - de ca­sa.

De acor­do com es­pe­ci­a­lis­tas em pai­sa­gis­mo, a épo­ca do ano é pro­pí­cia para a mai­o­ria das flo­res e plan­tas, en­tre­tan­to não há co­mo ge­ne­ra­li­zar a for­ma de cui­da­do. Ca­da es­pé­cie tem su­as pe­cu­li­a­ri­da­des e por isso é tão im­por­tan­te con­sul­tar um pro­fis­si­o­nal es­pe­ci­a­li­za­do an­tes de es­co­lher as flo­res e plan­tas que vão dar o toque de fres­cor e ale­grar o am­bi­en­te.

O ar­qui­te­to e pai­sa­gis­ta Luiz Car­los Cor­reia da Sil­va, que atua há mais de 20 anos na pro­fis­são, ori­en­ta que as plan­tas em ge­ral pre­ci­sam ser re­ga­das - umas com mais frequên­cia e ou­tras não - e tam­bém ne­ces­si­tam de po­da, além de bas­tan­te adu­bo, se­ja ele or­gâ­ni­co ou fo­li­ar.

Ele ad­ver­te que al­gu­mas es­pé­ci­es, ape­sar de bo­ni­tas, não são in­di­ca­das para se­rem plan­ta­das nas cal­ça­das. Es­se é o ca­so do fi­co, que é uma plan­ta com raí­zes mui­to pro­fun­das que nor­mal­men­te pro­cu­ra en­ca­na­men­tos hi­dráu­li­cos, pre­ju­di­can­do as es­tru­tu­ras. “Es­sa é uma es­pé­cie que in­di­ca­mos ape­nas para gran­des áre­as ver­des e ja­mais para pas­sei­os pú­bli­cos”, en­fa­ti­za.

En­tre as plan­tas mais in­di­ca­das para jar­dins e cal­ça­das, Sil­va ci­ta o ma­na­cá, que flo­res­ce o ano in­tei­ro e não tem por­te mui­to gran­de. “É uma plan­ta bas­tan­te uti­li­za­da atu­al­men­te, que tem be­lís­si­mas flo­res bran­cas. Não tem raí­zes pro­fun­das, por isso po­de ser plan­ta­da nas cal­ça­das”.

O ar­qui­te­to su­ge­re ain­da a aza­léia, an­tú­rio e bo­ca-de-leão para as par­tes ex­ter­nas da ca­sa, já que pre­ci­sam de bas­tan­te sol. Para o in­te­ri­or, ele in­di­ca as bro­mé­li­as de som­bra, que são fá­ceis de cui­dar, e as sa­mam­bai­as, que es­tão em al­ta no­va­men­te.

Para evi­tar as pra­gas e fun­gos, pró­pri­os des­ta es­ta­ção, Sil­va lem­bra que é in­dis­pen­sá­vel o uso do adu­bo fo­li­ar que po­de ser com­pra­do em ca­sas de pro­du­tos agrí­co­las e lo­jas de jar­di­na­gem. O pro­du­to ser apli­ca­do em spray to­dos os dias. Além de cui­dar das plan­tas dentro de ca­sa, o ar­qui­te­to aler­ta que é pre­ci­so ze­lar pe­los jar­dins da ci­da­de. “As pes­so­as têm jo­ga­do li­xo nos can­tei­ros e isso não com­bi­na com uma ci­da­de tão be­la”.

Arquivo/DNP

JAR­DIM Le­ve o co­lo­ri­do das ru­as para dentro de ca­sa. En­fim, a pri­ma­ve­ra che­gou

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.