Pre­so por que­brar ra­dar mó­vel

O Diario do Norte do Parana - - GERAL - Gi­se­le Man­jur­ma e Ro­ber­to Sil­va

re­da­cao@odi­a­rio.com Um ra­paz de 22 anos foi pre­so, após que­brar um ra­dar mó­vel e se de­sen­ten­der com uma equi­pe da Se­cre­ta­ria de Trân­si­to e Se­gu­ran­ça (Se­trans). Ele foi de­ti­do, por vol­ta das 14h30, de sá­ba­do, na Rua Mem de Sá, em Ma­rin­gá.

De acor­do com in­for­ma­ções da Po­lí­cia Ci­vil, o en­tre­ga­dor Antônio Marcelino Zec­chin, con­du­zia um veí­cu­lo Fi­at Stra­da, cor bran­ca, da empresa on­de tra­ba­lha, quan­do per­ce­beu a equi­pe da Se­trans re­a­li­zan­do o mo­ni­to­ra­men­to da via com um ra­dar mó­vel. Sem mo­ti­vos apa­ren­tes, ele deu a vol­ta no quar­tei­rão, es­ta­ci­o­nou o car­ro e ca­mi­nhou em di­re­ção ao grupo.

Em se­gui­da, pe­gou o equi­pa­men­to, ava­li­a­do em R$ 130 mil, o tri­pé e os ati­rou con­tra o chão, des­truin­do-os. Na sequên­cia, ten­tou se eva­dir do lo­cal, mas foi con­ti­do pe­los agen­tes que o se­gu­ra­ram até a che­ga­da da Po­lí­cia Mi­li­tar (PM). O ra­paz re­sis­tiu à pri­são, fez ame­a­ças de mor­te, ju­rou vin­gan­ça e de­sa­ca­tou os po­li­ci­ais, se­gun­do os agen­tes e a PM.

Na de­le­ga­cia, Zec­chin con­tou que to­mou a ati­tu­de por tra­fe­gar a 50 km/h, em uma rua, on­de é per­mi­ti­do ape­nas 40 km/h. O ra­paz ale­gou ter si­do pre­ju­di­ca­do em ou­tras si­tu­a­ções por ra­da­res na ci­da­de, além de ter per­di­do a Car­tei­ra Na­ci­o­nal de Ha­bi­li­ta­ção, em 2012, e já so­mar cin­co multas, nes­te ano. Con­fir­mou ter ame­a­ça­do os agen­tes, mas não de mor­te e ale­gou que o fez por es­tar sen­do tra­ta­do com tru­cu­lên­cia.

Ele foi au­tu­a­do por da­nos ao pa­trimô­nio público, re­sis­tên­cia à pri­são, de­sa­ca­to e ame­a­ça. No fim da tar­de de on­tem, o ra­paz pa­gou R$ 3 mil de fi­an­ça e foi sol­to. O veí­cu­lo já ha­via si­do res­ti­tuí­do ao em­pre­ga­dor de Zec­chin.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.