Alex faz du­ras crí­ti­cas con­tra ca­len­dá­rio da CBF

Jo­ga­dor des­ta­cou pou­co tem­po para pré-tem­po­ra­da e ar­gu­men­tou que re­gi­o­nais de­vi­am ter nú­me­ro me­nor de da­tas, além de rei­vin­di­car que atle­tas se­jam ou­vi­dos

O Diario do Norte do Parana - - ESPORTES - Da Agên­cia Es­ta­do

re­da­cao@odi­a­rio.com De vol­ta ao Bra­sil de­pois de qua­se uma dé­ca­da, Alex mos­tra dia após dia quan­ta fal­ta fez. Cra­que do Coritiba no Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro e mui­to bem ar­ti­cu­la­do fo­ra dos cam­pos, o meia con­ce­deu en­tre­vis­ta co­le­ti­va nes­ta se­gun­da-fei­ra e cri­ti­cou du­ra­men­te o ca­len­dá­rio do fu­te­bol bra­si­lei­ro. Pe­la ro­ti­na de jo­gos nes­te se­gun­do se­mes­tre e pe­lo ín­fi­mo tem­po de pré­tem­po­ra­da re­ser­va­do pe­la CBF em 2014.

“O ca­len­dá­rio para o ano que vem é ab­sur­do para to­dos. Os jo­ga­do­res es­tão con­ver­san­do, para ver se a gen­te con­se­gue ser ou­vi­do. Quem está per­den­do é o fu­te­bol bra­si­lei­ro”, dis­se Alex, cri­ti­can­do o ca­len­dá­rio di­vul­ga­do na se­ma­na pas­sa­da e que pre­vê cin­co dias de pré­tem­po­ra­da se for cum­pri­da a lei tra­ba­lhis­ta que de­ter­mi­na 30 dias de fé­ri­as.

As­sim, co­mo o Bra­si­lei­rão aca­ba no dia 8 de de­zem­bro, os jo­ga­do­res só vol­ta­ri­am ao tra­ba­lho em 7 de ja­nei­ro. E a pri­mei­ra ro­da­da da mai­o­ria dos prin­ci­pais es­ta­du­ais (en­tre eles o Pa­ra­na­en­se) está pre­vis­ta para os dias 11 e 12 de ja­nei­ro.

“A nos­sa es­pe­ran­ça é que o ca­len­dá­rio para 2015 se­ja di­fe­ren­te. Que se­ja pen­sa­do nes­se la­do, para que os atle­tas se­jam ou­vi­dos. A fi­nal da Co­pa SulAmericana, se che­gar­mos, é dia 12 de de­zem­bro. Em 12 da ja­nei­ro co­me­ça o Pa­ra­na­en­se. Co­mo va­mos fa­zer isso?” A pré-tem­po­ra­da não é para o es­ta­du­al, é para o ano to­do. O ca­len­dá­rio não é pen­sa­do nos jo­ga­do­res”, re­for­çou Alex.

Aos 36 anos, Alex não tem aguen­ta­do jo­gar to­das as par­ti­das pe­lo Coritiba. Tan­to é que, nes­te Bra­si­lei­rão, fez 16 jo­gos, fi­can­do fo­ra de ou­tros se­te, mes­mo sem ter cum­pri­do sus­pen­são. O meia lem­bra que isso atra­pa­lha o fu­te­bol.

“Quan­do eu jo­ga­va so­men- “Do­min­go-quar­ta­do­min­go é de agos­to até de­zem­bro. Co­mo ques­ti­o­nar os téc­ni­cos?” te os do­min­gos, jo­ga­va to­dos os jo­gos. Do­min­go-qu­ar­ta-do­min­go é de agos­to até de­zem­bro. Co­mo ques­ti­o­nar os téc­ni­cos? Não te­mos tem­po de trei­nar. Vo­cê per­de o pra­zer de ven­cer, de sen­tir o re­sul­ta­do. Não tem tem­po para isso. O ca­len­dá­rio de­ve­ria res­pei­tar as fé­ri­as e pre­pa­ra­ção dos ti­mes”, lem­brou Alex.

Re­du­ção

Para ele, a so­lu­ção é di­mi­nuir o nú­me­ro de da­tas dos es­ta­du­ais: 21. “O Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei- ro tem que ser o car­ro che­fe. Acre­di­to que os re­gi­o­nais de­ve­ri­am ser clas­si­fi­ca­tó­ri­os e vis­tos de ou­tra ma­nei­ra. Se as pes­so­as olha­rem para isso, sem a vi­são do clu­be, vão ver que é al­go ruim para to­dos: clu­bes e atle­tas”.

Sá­ba­do – 28/9

Do­min­go – 29/9

Sá­ba­do – 21/9

Geraldo Bubniak/Es­ta­dão Con­teú­do

Des­ta­que do Coritiba no Bra­si­lei­rão, o po­li­ti­za­do jo­ga­dor deu en­tre­vis­ta po­lê­mi­ca nes­ta se­gun­da-fei­ra

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.