Pa­les­tra do Mais Ges­tão fo­ca se­tor de ven­das

Alek­san­der Ron­con, dou­to­ran­do em Ad­mi­nis­tra­ção, diz que em­pre­sá­ri­os de­vem se pre­pa­rar pa­ra con­cor­rên­cia glo­ba­li­za­da em um mer­ca­do di­nâ­mi­co

O Diario do Norte do Parana - - ECONOMIA - Fá­bio Cas­tal­del­li

fa­bi­o­au­gus­to@odi­a­rio.com “Dri­blan­do a con­cor­rên­cia: co­mo fa­zer va­ler a for­ça de ven­das da sua em­pre­sa” é o te­ma da pa­les­tra do Mais Ges­tão – Ca­pa­ci­ta­ção Exe­cu­ti­va 2013, que se­rá mi­nis­tra­da ama­nhã de ma­nhã, por Alek­san­der Ron­con, na As­so­ci­a­ção Co­mer­ci­al e Em­pre­sa­ri­al de Maringá (Acim). O even­to é re­a­li­za­do pe­la Trecs­son Bu­si­ness FGV em par­ce­ria com O Diá­rio.

Ron­con é dou­to­ran­do em Ad­mi­nis­tra­ção, além de pro­fes­sor e con­sul­tor de em­pre­sas. De acor­do com ele, o em­pre­sá­rio pre­ci­sa sa­ber li­dar com uma con­cor­rên­cia glo­ba­li­za­da em um mer­ca­do di­nâ­mi­co. Pa­ra is­so, ele des­ta­ca a ne­ces­si­da­de de usar a for­ça da equi­pe de ven­das co­mo di­fe­ren­ci­al. “São os ven­de­do­res quem em­pres­tam a in­te­li­gên­cia pa­ra uma or­ga­ni­za­ção. Ca­be ao lí­der cri­ar con­di­ções pa­ra que est­sas pes­so­as es­te­jam à von­ta­de pa­ra em­pres­tar o seu me­lhor de­sem­pe­nho”, diz.

Se­gun­do o pa­les­tran­te, qual­quer in­di­ví­duo que de­mos­trar for­ça de von­ta­de e que gos­tar do que faz tem pas­sa­por­te pa­ra se tor­nar um ta­len­to. “Es­se pro­ces- “Exis­tem inú­me­ros as­pec­tos que pre­ci­sam ser le­va­dos em con­ta pa­ra so­bre­vi­ver no mer­ca­do. Mas, prin­ci­pal­men­te, é ne­ces­sá­rio tra­ba­lhar mais que o con­cor­ren­te, va­lo­ri­zar o cli­en­te aci­ma de tu­do e in­ves­tir no bom aten­di­men­to. so se tor­na ain­da mais bem-su­ce­di­do qu­an­do há um lí­der fo­ca­do em de­tec­tar os dons de seus em­pre­ga­dos e tor­ná-los um di­fe­ren­ci­al pa­ra a em­pre­sa”, com­ple­ta.

O di­re­tor da Trecs­son Bu­si­ness FGV, Jor­ge Ce­ran­to, ex­pli­ca que o even­to é di­re­ci­o­na­do a ven­de­do­res, ge­ren­tes e to­dos os en­vol­vi­dos no pro­ces­so de apre­sen­ta­ção “É pre­ci­so res­pei­tar o con­cor­ren­te e ana­li­sar os pon­tos for­tes e fra­cos de­le pa­ra que pos­sa­mos aper­fei­ço­ar os nos­sos. A con­cor­rên­cia é sa­lu­tar pois mo­ve a uma cons­tan­te mu­dan­ça pa­ra o aper­fei­ço­a­men­to” e co­mer­ci­a­li­za­ção de um pro­du­to e/ou ser­vi­ço. “To­dos es­ses pro­fis­si­o­nais pre­ci­sam sa­ber que há fer­ra­men­tas pa­ra cri­ar uma equi­pe en­tro­sa­da e que sa­be li­dar com a con­cor­rên­cia”, afir­ma.

Ce­ran­to acres­cen­ta que o Mais Ges­tão tem cum­pri­do o ob­je­ti­vo, que é o ca­pa­ci­tar em­pre­sá­ri­os e em­pre­en­de­do­res de Maringá e re­gião. “O pro­je­to con­tri­bui di­re­ta e in­di­re­ta­men­te pa­ra de­sen­vol­vi­men­to humano e em­pre­sa­ri­al. A pro­va do su­ces­so é a gran­de ade­são em to­das as edi­ções.”

te­le­fo­nes (44) 32216032 (O Diá­rio) e (44) 32621162 (Trecs­son Bu­si­ness)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.