Con­vê­nio vai va­lo­ri­zar co­o­pe­ra­ti­va de ca­ta­do­res

Par­ce­ria en­tre o Mu­ni­cí­pio e a co­o­pe­ra­ti­va vai ser de seis me­ses. Du­ran­te es­se pe­río­do, os ca­ta­do­res re­ce­be­rão cin­co mil re­ais, por mês, pa­ra a ma­nu­ten­ção da es­tru­tu­ra

O Diario do Norte do Parana - - REGIÃO - Van­da Mu­nhoz

van­da@odi­a­rio.com A Pre­fei­tu­ra de Sa­ran­di pre­pa­ra um con­vê­nio com a Co­o­perE­co­ló­gi­ca, a co­o­pe­ra­ti­va de re­ci­clá­veis da ci­da­de, que em­pre­ga no­ve ca­ta­do­res. Pe­la par­ce­ria, a co­o­pe­ra­ti­va re­ce­be­rá R$ 5 mil, por mês, a se­rem uti­li­za­dos na ma­nu­ten­ção do ca­mi­nhão e do bar­ra­cão, com­pra de com­bus­tí­vel e equi­pa­men­to de pro­te­ção in­di­vi­du­al. O di­nhei­ro não po­de­rá ser uti­li­za­do pa­ra o pa­ga- men­to de sa­lá­ri­os.

Nes­ta qu­ar­ta-fei­ra, o con­vê­nio foi te­ma de au­di­ên­cia pú­bli­ca re­a­li­za­da na Câ­ma­ra Mu­ni­ci­pal. O even­to reu­niu re­pre­sen­tan­tes do Mi­nis­té­rio Pú­bli­co do Tra­ba­lho, da co­o­pe­ra­ti­va e da pre­fei­tu­ra. O se­cre­tá­rio de De­sen­vol­vi­men­to Econô­mi­co, Jo­sé Pedro Mar­çal, diz que a par­ce­ria vai aumentar o nú­me­ro de co­o­pe­ra­dos e in­cen­ti­var a re­ci­cla­gem na ci­da­de.

A co­o­pe­ra­ti­va, re­gu­la­men­ta­da de acor­do com as leis am­bi­en­tais, con­ta com um bar­ra­cão, uma es­ta­ção de eflu­en­tes, equi­pa­men­to de mo­a­gem de plás­ti­co e o ca­mi­nhão, en­tre ou­tros equi­pa­men­tos. Fo­ram in­ves­ti­dos mais de R$ 300 mil na es­tru­tu­ra­ção da co­o­pe­ra­ti­va.

Mar­çal ex­pli­ca que o con­vê­nio du­ra­rá seis me­ses. Após es­se pra­zo, se­rá fei­to um con­tra­to e en­tão a ad­mi­nis­tra­ção pa­ga­rá a co­o­pe­ra­ti­va por pro­du­ção. Os va­lo­res ain­da se­rão de­fi­ni­dos. Em­bo­ra o as­sun­to ain­da es­te­ja em dis­cus­são, o se­cre­tá­rio pre­vê os “Te­mos di­fi­cul­da­des pa­ra abas­te­cer e fa­zer a ma­nu­ten­ção do ca­mi­nhão. Quan­do que­bra, o con­ser­to é ca­ro” be­ne­fí­ci­os. “Além de fa­zer a in­clu­são so­ci­al, ha­ve­rá be­ne­fí­ci­os pa­ra o am­bi­en­te”, res­sal­ta.

Ele con­ta que, além dos in­cen­ti­vos aos ca­ta­do­res, o mu­ni­cí­pio ofe­re­ce con­tra­tur­no es­co­lar aos fi­lhos des­ses tra­ba­lha­do­res. Ou­tro apoio ofe­re­ci­do pe­la pre­fei­tu­ra, des­ta­ca Mar­çal, é um car­ro de som que os ca­ta­do­res usam pa­ra anun­ci­ar com an­te­ce­dên­cia o tra­ba­lho nos bair­ros da ci­da­de. Sa­ben­do de an­te­mão, os mo­ra­do­res po­dem pre­pa­rar os re­ci­clá­veis e fa­ci­li­tar a co­le­ta.

De acor­do com Agui­nal­do Ger­ma­no da Sil­va, que co­la­bo­ra com a co­o­pe­ra­ti­va, são co­le­ta­dos en­tre 25 e 30 to­ne­la­das de re­ci­clá­veis na ci­da­de, por mês. Ele res­sal­ta que o con­vê­nio já de­ve­ria es­tar as­si­na­do. “Es­pe­ra­mos que es­te­ja pron­to até o pró­xi­mo dia dez”, acres­cen­ta.

“O con­vê­nio é in­te­res­san­te pa­ra os ca­ta­do­res e pa­ra a ci­da­de. Te­mos di­fi­cul­da­des pa­ra abas­te­cer e fa­zer a ma­nu­ten­ção do ca­mi­nhão. Quan­do que­bra, o con­ser­to fi­ca ca­ro”, de­cla­ra, ao con­ta­bi­li­zar ou­tros gas­tos co­mo te­le­fo­ne e ma­nu­ten­ção do bar­ra­cão.

Se­me­lhan­te à opi­nião do se­cre­tá­rio, Sil­va pre­vê o au­men­to de tra­ba­lha­do­res na co­o­pe­ra­ti­va, quan­do o con­vê­nio for as­si­na­do. “Com cer­te­za vai aumentar o nú­me­ro de co­o­pe­ra­dos”, ava­lia, apon­tan­do que isso é po­si­ti­vo pa­ra to­dos e se­rá pos­sí­vel re­a­li­zar um tra­ba­lho mais efi­ci­en­te no mu­ni­cí­pio.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.