‘Fa­mí­lia do Ba­gu­lho’ é de do­er

O Diario do Norte do Parana - - O DIÁRIO DO NORTE DO PARANÁ - Ale­xan­dre Agabiti Fernandez

De­pois de “Qu­e­ro Ma­tar Meu Che­fe” (2011), Jen­ni­fer Anis­ton e Ja­son Su­dei­kis vol­tam a di­vi­dir a ce­na em uma co­mé­dia. “Fa­mí­lia do Ba­gu­lho” par­te de um pon­to sau­dá­vel: a in­cli­na­ção à trans­gres­são de dois va­lo­res sa­cros­san­tos da so­ci­e­da­de nor­te­a­me­ri­ca­na, a fa­mí­lia e o tra­ba­lho. Su­dei­kis é Da­vid, pe­que­no tra­fi­can­te de dro­gas que vai ao Mé­xi­co bus­car um car­re­ga­men­to de ma­co­nha a bor­do de um trai­ler. Pa­ra não le­van­tar sus­pei­tas na fron­tei­ra, cria uma fa­mí­lia de fa­cha­da: sua mu­lher é a vi­zi­nha Rose (Anis­ton), uma strip­per ar­rui­na­da; os fi­lhos são Kenny (Will Poul­ter), apar­va­lha­do e vir­gem, e Casey (Em­ma Roberts), jo­vem que fu­giu de ca­sa.

O prin­ci­pal da co­mé­dia não é o trá­fi­co, mas o com­por­ta­men­to pou­co or­to­do­xo do qu­ar­te­to. São fi­gu­ras es­te­re­o­ti­pa­das, as­sim co­mo a in­so­lên­cia que des­ti­lam. Da­vid é um eter­no ado­les­cen­te; Rose ten­ta se pas­sar por uma mãe de fa­mí­lia de res­pei­to, sem su­ces­so; Casey se com­praz com pa­la­vrões e ges­tos obs­ce­nos, e Kenny tem aque­le jei­tão de son­so de­sas­tra­do.

Na vi­a­gem, eles co­nhe­cem um ca­sal bem con­ven­ci­o­nal - ou­tro es­te­reó­ti­po-, cu­ja se­xu­a­li­da­de re­pri­mi­da ren­de mo­men­tos de puro de­lí­rio.

A dis­po­si­ção em abra­çar o po­li­ti­ca­men­te in­cor­re­to a to­do cus­to pro­duz um hu­mor des­lo­ca­do e ver­bor­rá­gi­co, ba­se­a­do em diá­lo­gos ás­pe­ros chei­os de re­fe­rên­ci­as se­xu­ais que cai no pre­vi­sí­vel. Es­sa pe­tu­lân­cia mos­tra al­go mais in­si­di­o­so: o pre­con­cei­to em re­la­ção ao ou­tro. O ca­sal con­ven­ci­o­nal e o po­li­ci­al me­xi­ca­no (Luis Guz­mán) são ri­di­cu­la­ri­za­dos -sem­pre em si­tu­a­ções de ca­rá­ter se­xu­al. Alar­de­an­do uma ati­tu­de trans­gres­si­va, o fil­me se re­ve­la ta­ca­nho e con­ser­va­dor.

Divulgação

“Fa­mí­lia do Ba­gu­lho”: sob man­to do po­li­ti­ca­men­te in­cor­re­to, fil­me é pu­ra pre­ten­são e pre­con­cei­to

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.