Volkswa­gen do­bra pro­du­ção da Kom­bi

O Diario do Norte do Parana - - CLASSIDIÁRIO - Da Re­da­ção e AE su­ple­men­tos@odi­a­rio.com

O al­to pre­ço da edi­ção der­ra­dei­ra da Kom­bi, ba­ti­za­da de Last Edi­ti­on, não in­ti­mi­dou os afi­ci­o­na­dos pe­la “ve­lha se­nho­ra”. A pro­cu­ra foi tão gran­de que a Volkswa­gen do­brou a pro­du­ção do mo­de­lo, cu­ja ta­be­la é de R$ 85 mil. Ago­ra, se­rão fei­tas 1.200 uni­da­des.

A sé­rie que mar­ca o fim da pro­du­ção da Kom­bi foi apre­sen­ta­da em agos­to. En­tre os di­fe­ren­ci­ais, o car­ro ga­nhou, en­tre ou­tros de­ta­lhes, co­res es­pe­ci­ais e pin­tu­ra es­ti­lo “saia e blu­sa”, cor­ti­nas azuis e pneus com fai­xa bran­ca.

Es­se vi­su­al re­me­te aos mo­de- los fa­bri­ca­dos em 1957. Des­de que foi lan­ça­do no Bra­sil, o car­ro acu­mu­la mais de 1,56 mi­lhão de uni­da­des pro­du­zi­das (em São Ber­nar­do do Cam­po) até o mês pas­sa­do.

Qu­em com­prar a úl­ti­ma edi­ção da Kom­bi ga­nha uma pla­que­ta de alu­mí­nio es­co­va­do no pai­nel com o nú­me­ro de sé­rie da uni­da­de. O com­pra­dor le­va ain­da ma­nu­al do pro­pri­e­tá­rio com ca­pa es­pe­ci­al e cer­ti­fi­ca­do que ates­ta a au­ten­ti­ci­da­de do veí­cu­lo.

Fa­bri­ca­do há 56 anos no País, a Kom­bi sai de li­nha até o fi­nal do ano, já que a par­tir de 2014 pas­sa a ser obri­ga­tó­rio a in­clu­são de equi­pa­men­tos de se­gu­ran­ça em au­to­mó­veis na­ci­o­nais, co­mo air­bags e frei­os com ABS.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.