Co­mér­cio e mer­ca­dos abrem nes­te do­min­go

O Diario do Norte do Parana - - MARINGÁ - ///DaRe­da­ção

De­vi­do a Ma­rin­gá Li­qui­da o co­mér­cio da ci­da­de te­rá um ho­rá­rio di­fe­ren­ci­a­do de fun­ci­o­na­men­to no fi­nal de se­ma­na. Nes­te o do­min­go o co­mér­cio de rua aten­de­rá das 13 às 19 ho­ras e os shop­pings, das 14 às 20 ho­ras. Os su­per­mer­ca­dos que têm acor­do com os co­la­bo­ra­do­res abri­rão das 8 às 13 ho­ras. A Ma­rin­gá Li­qui­da é uma pro­mo­ção da As­so­ci­a­ção Co­mer­ci­al e Em­pre­sa­ri­al de Ma­rin­gá (Acim) e o Sin­di­ca­to dos Lo­jis­tas do Co­mér­cio Va­re­jis­ta e Ata­ca­dis­ta de Ma­rin­gá e Re­gião (Si­va­mar). A As­so­ci­a­ção de Pais e Ami­gos dos Ex­cep­ci­o­nais (Apae) vai dei­xar o en­de­re­ço da Vi­la Ope­rá­ria, on­de fun­ci­o­na há 50 anos, pa­ra cen­tra­li­zar as ati­vi­da­des na se­de da Ave­ni­da Sin­clair Sam­bat­ti, no Con­tor­no Sul, em Ma­rin­gá. A mu­dan­ça se­rá fei­ta em eta­pas e, até de­zem­bro, a es­co­la de­ve es­tar to­tal­men­te trans­fe­ri­da pa­ra a Zo­na Sul da ci­da­de.

O ter­re­no on­de fun­ci­o­na a Es­co­la de Edu­ca­ção Es­pe­ci­al Di­o­go Zu­li­a­ni, se­de da Apae, desde agos­to de 1964, foi ven­di­do pa­ra a A. Yoshii En­ge­nha­ria e Cons­tru­ção. Se­gun­do o pre­si­den­te da Apae, Fer­nan­do Me­ne­guet­ti, as ne­go­ci­a­ções co­me­ça­ram há cer­ca de 90 di­as. O pra­zo pa­ra de­so­cu­pa­ção do ter­re­no vai até fe­ve­rei­ro de 2016. Ele con­ta que o ter­re­no foi do­a­do à Apae pe­la Com­pa­nhia Me­lho­ra­men­tos do Norte do Pa­ra­ná (CMNP) que con­cor­dou­co­ma­ven­da.“Reu­ni­mos o con­se­lho de ad­mi­nis­tra­ção que achou in­te­res­san­te e au­to­ri­zou a ne­go­ci­a­ção”, res­sal­ta.

Me­ne­guet­ti diz que, con­for­me o con­tra­to de ne­go­ci­a­ções, não es­tá au­to­ri­za­do a re­ve­lar va­lo­res, mas o di­nhei­ro se­rá uti­li­za­do pa­ra am­pli­ar as ins­ta­la­ções na uni­da­de do Con­tor­no Sul, de­no­mi­na­da Es­co­la de Edu­ca­ção Es­pe­ci­al Rey­nal­do Reh­der Fer­rei­ra, em fun­ci­o­na­men­to desde 1997. “A ideia é fa­zer 20 sa­las de au­la e tam­bém me­lho­rar a par­te ad­mi­nis­tra­ti­va. Vai me­lho­rar a lo­gís­ti­ca, a cir­cu­la­ção de ôni­bus”, con­si­de­ra. Ele acres­cen­ta que o lo­cal tam­bém per­mi­te a cons­tru­ção de uma pis­ci­na tér­mi­ca co­ber­ta. O di­nhei­ro tam­bém se­rá uti­li­za­do pa­ra pa­gar dí­vi­das. A trans­fe­rên­cia dos alu­nos, se­gun­do Me­ne­guet­ti, se­rá re­a­li­za­da à me­di­da em que as sa­las fi­ca­rem pron­tas. Até ju­lho, apri­mei­ra­e­ta­pa­da­mu­dan­ça­de­ve­rá es­tar con­cluí­da.

Ele ex­pli­ca que a se­de na Vi­la Ope­rá­ria fi­cou pe­que­na. “E qu­e­ría­mos con­cen­trar em um só lo­cal por­que fa­ci­li­ta bas­tan­te. Pa­ra re­cur­sos hu­ma­nos, por exem­plo, vo­cê tem du­as es­tru­tu­ras­co­ma­mes­ma­a­ti­vi­da­de­a­tu­al­men­te”. As du­as es­co­las da Apae con­cen­tram 1.062 alu­nos, sen­do que os de ze­ro a 14 anos são aten­di­dos na Vi­la Ope­rá­ria e os de 15 até 82 anos, no Con­tor­no Sul. “Ago­ra va­mos le­var to­dos pa­ra um­só­lu­gar”,dizMe­ne­guet­ti.

A Apae já co­mu­ni­cou os pais de­a­lu­nos­so­bre­a­mu­dan­ça.Mui­tos que têm os fi­lhos ma­tri­cu­la­dos na Vi­la Ope­rá­ria di­zem que com­pre­en­dem, mas con­si­de­ram que fi­ca­rá mais di­fí­cil. “Vai fi­car pés­si­mo. Mo­ro no Jar­dim Di­a­man­te (pró­xi­mo à Ave­ni­da Ka­ko­gawa, zo­na Norte da ci­da­de). Não sei se con­se­gui­rei le­var mi­nha fi­lha de car­ro, vou gas­tar mais com­bus­tí­vel. Tal­vez te­nha que op­tar pe­lo ôni­bus da es­co­la”, ob­ser­va Fa­bi­a­na Cris­ti­na Ro­cha, as­sis­ten­te de con­ta­bi­li­da­de, que tem uma fi­lha de on­ze me­ses­ma­tri­cu­la­da­na­es­co­la.

A bi­oquí­mi­ca Kelly Cris­ti­na Ito Go­doy, que tem uma fi­lha de dois anos na mes­ma es­co­la, con­si­de­ra a praticidade da lo­ca­li­za­ção na Vi­la Ope­rá­ria. “Aqui fi­ca mui­to pró­xi­mo do meu tra­ba­lho e da es­co­la de mi­nha ou­tra fi­lha, mas se for pa­ra me­lho­rar, con­cor­do com a mu­dan­ça”, diz. Ela con­ta que a es­co­la da Sin­clair Sam­bat­ti fi­ca mais pró­xi­ma de sua ca­sa. “Mas aqui é mais prá­ti­co. Quan­do mu­dar, se pu­der, vou apro­vei­tar o ôni­bus da es­co­la, mas pre­ci­so ana­li­sar os ho­rá­ri­os”, com­ple­ta.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.