Zi­o­ber ini­cia quar­tas de fi­nal con­tra o Se­si em SP

O Diario do Norte do Parana - - ESPORTES - Fá­bio Cas­tal­del­li fa­bi­o­au­gus­to@odi­a­rio.com

Par­ti­da co­me­ça às 21h30 no gi­ná­sio da Vi­la Le­o­pol­di­na, na ca­pi­tal pau­lis­ta Téc­ni­co do time ma­rin­ga­en­se re­co­nhe­ce for­ça do ad­ver­sá­rio, mas es­tá con­fi­an­te

Vin­te e du­as par­ti­das e 79 sets dis­pu­ta­dos de­pois, o Zi­o­ber Ma­rin­gá en­cer­rou a eta­pa de clas­si­fi­ca­ção da Su­per­li­ga Mas­cu­li­na de Vô­lei em sex­to lu­gar e vai en­fren­tar o Se­si-SP (ter­cei­ro co­lo­ca­do) nos playoffs - quar­tas de fi­nal em sis­te­ma de me­lhor de três jo­gos. O pri­mei­ro du­e­lo é ho­je, a par­tir das 21h30, no gi­ná­sio da Vi­la Le­o­pol­di­na, em São Pau­lo-SP.

Nas du­as par­ti­das en­tre Zi­o­ber e Se­si re­a­li­za­das na atu­al edi­ção da Su­per­li­ga, a van­ta­gem foi da equi­pe pau­lis­ta, que ven­ceu am­bas por 3 sets a 0. No en­tan­to, es­se re­tros­pec­to não aba­la a con­fi­an­ça do téc­ni­co do time ma­rin­ga­en­se, Ho­ra­cio Di­leo, que acre­di­ta na ca­pa­ci­da­de de su­pe­ra­ção de­seus­co­man­da­dos.

“A pa­la­vra ‘res­pei­to’ eu uso sem­pre. Nun­ca uso a pa­la­vra ‘me­do’. Is­so por­que a gen­te res- pei­ta o Se­si, mas não a gen­te não te­me o Se­si. Res­pei­to a tá­ti­ca do (Mar­cos de Me­lo) Pa­che­co, um dos me­lho­res trei­na­do­res do Bra­sil e o elen­co de­le que tem Lu­cão, Marcelo, Lu­ca­rel­li e Ser­gi­nho, por exem­plo. Mas a gen­te da mes­ma for­ma tem um elen­co for­te. Es­ta­mos con­fi­an­tes e tran­qui­los. Sa­be­mos que se­rá um jo­go du­ro. Po­rém o se­gre­do é ode­sem­pre:jo­gar,jo­ga­re­jo­gar.”

Ape­sar do mo­men­to de­ci­si­vo do Zi­o­ber na tem­po­ra­da, Di­leo ga­ran­te que não se sen­te pres­si­o­na­do. “Um pai que per­de o fi­lho ou que não tem tra­ba­lho sen­te pres­são. Uma pes­soa que es­tá com uma do­en­ça ter­mi­nal sen­te pres­são. Eu não. Sin­to é que te­nho uma gran­de res­pon­sa­bi­li­da­de”.

O trei­na­dor tam­bém apro­vei­tou o fim da pri­mei­ra fa­se da com­pe­ti­ção pa­ra ava­li­ar o de­sem­pe­nho de seu time. Fran­co, o ar­gen­ti­no ad­mi­tiu que es­pe­ra­va ter fi­ca­do em si­tu­a­ção me­lhor na ta­be­la. “Eu qu­e­ria ter­mi- nar en­tre os qua­tro pri­mei­ros. Foi uma com­pe­ti­ção mui­to equi­li­bra­da e no meu pon­to de vis­ta até um pou­co fra­ca tec­ni­ca­men- te”, dis­se ele, en­fa­ti­zan­do ain­da o com­pro­me­ti­men­to do elen­co e o apoi­o­da­di­re­to­ria

“Não ti­ve ne­nhum pro­ble­ma de dis­ci­pli­na no trei­no. Além dis­so, fi­quei mui­to fe­liz com a de­di­ca­ção da di­re­to­ria pa­ra es­te pro­je­to. A di­re­to­ria sem­pre es­te­ve per­to e cui­dan­do pa­ra que na­da fal­tas­se. É di­fí­cil en­con­trar um lu­gar as­sim pa­ra tra­ba­lhar”, com­ple­tou Di­leo, que jus­ti­fi­cou o es­ti­lo ri­go­ro­so que de­mons­tra du­ran­te o dia a dia nos trei­na­men­tos.

“Sou trei­na­dor 24 ho­ras por dia. Os jo­ga­do­res po­dem me li­gar a qual­quer ho­ra. Se eu bri­go com al­guém no trei­no, is­so fi­ca no trei­no. Se eles es­tão com al­gum pro­ble­ma pes­so­al, eu es­cu­to. Acho que um trei­na­dor tem que es­tar li­ga­do com seus jo­ga­do­res de um jei­to pro­fis­si­o­nal e tam­bémhu­ma­no”.

O jo­go de vol­ta en­tre Zi­o­ber e Se­si se­rá sá­ba­do que vem no Chi­co Neto, no­va­men­te às 21h30.

Após boa vi­tó­ria na es­treia na Co­pa do Bra­sil, o Ma­rin­gá FC já se re­a­pre­sen­tou e de­ve vi­a­jar ho­je ce­do pa­ra pe­gar o Foz, ago­ra pe­lo Es­ta­du­al

De­pois da es­treia na Co­pa do Bra­sil com vi­tó­ria por 2 a 0 con­tra o Ma­du­rei­ra-RJ, na noi­te de quin­ta-fei­ra, no Es­tá­dio Wil­lie Da­vids, os jo­ga­do­res do Ma­rin­gáFC­se­re­a­pre­sen­ta­ra­mon­temà tar­de ape­nas pa­ra ati­vi­da­des re­ge­ne­ra­ti­vas­na­pis­ci­na.

A co­mis­são téc­ni­ca ain­da de­ci­de se co­man­da­rá ou não um trei­no le­ve no CT Va­le da Ze­bra ho­je pe­la ma­nhã, po­rém, a ten­dên­cia é que o time vi­a­je lo­go ce­do pa­ra Foz do Igua­çu, on­de nes­te do­min­go, às 16h, no Es­tá­dio ABC, en­fren­ta a equi­pe que

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.