Xu­xa sol­ti­nha

O Diario do Norte do Parana - - CULTURA - João Fer­nan­do, da AE, e Re­da­ção do Diá­rio

“Chupa, Re­de Glo­bo”, gri­ta­vam os 150 fãs de Xu­xa se­le­ci­o­na­dos pa­ra vê-la as­si­nar o con­tra­to com a Re­cord, na se­de da emis­so­ra, na tar­de des­sa quin­ta, dia 5. “Eu te­nho uma his­tó­ria com a Glo­bo de bo­as lem­bran­ças. Não vou apa­gar, não tem co­mo. Não acho le­gal fa­lar mal da ca­sa on­de vi­vi es­se tem­po to­do”, dis­se a loi­ra, que pas­sou 28 anos lá.

En­tre­tan­to, a apre­sen­ta­do­ra re­cla­mou da emis­so­ra ao di­zer que so­fria res­tri­ções. “Aqui, eu pos­so can­tar no meu pro­gra­ma, lá eu não po­dia. Pa­ra can­tar mú­si­cas do (DVD) “Só pa­ra Bai­xi­nhos”, eu ti­nha de pe­dir per­mis­são”, re­lem­brou. “Nes­se úl­ti­mos qua­tro anos, eu es­ta­va bas­tan­te pre­sa. Ago­ra, es­tou sol­ta. Era um pro­gra­ma pa­ra a fa­mí­lia e o fo­co não po­de­ria ser a cri­an­ças. Qu­e­ria fa­zer as­sis­ten­ci­a­lis­mo, mas não po­dia por­que eles têm o Cri­an­ça Es­pe­ran­ça.”

Ape­sar da emis­so­ra per­ten­cen­te a Edir Ma­ce­do, bis­po e che­fe da Igre­ja Uni­ver­sal do Rei­no de Deus, ter anun­ci­a­do a con­tra­ção no mês pas­sa­do, Xu­xa con­tou que es­ta­va há qua­se dois anos con­ver­san­do com a emis­so­ra e só co­me­çou a mu­dar de ideia quan­do co­me­çou a ne­go­ci­ar com Marcelo Silva, vi­ce-pre­si­den­te ar­tís­ti­co e de pro­gra­ma­ção do ca­nal. “Sou tur­ro­na pa­ra mu­dar as coi­sas. Fui mui­to fe­liz na Ma­che­te e na Glo­bo. Te­nho cer- te­za de que se­rei fe­liz aqui”, dis­se a lou­ra, pre­sen­te na mí­dia na­ci­o­nal desde os anos 70, pri­mei­ro co­mo mo­de­lo, de­pois co­mo atriz de por­no­chan­cha­das e nas úl­ti­mas dé­ca­das co­mo apre­sen­ta­do­ra de pro­gra­mas de TV pa­ra cri­an­ças e ado­les­cen­tes, além de can­to­ra de mu­si­qui­nhas in­fan­tis.

Se­gun­do Xu­xa, a de­ci­são de mu­dar é a li­ber­da­de. “O que me mo­ti­vou é po­der o que que­ro, o que so­nho. A ca­sa vai me dar to­das as pos­si­bi­li­da­des”, apos­ta a gaú­cha, que quis sa­ber o que po­de­ria fa­zer an­tes de as­si­nar o con­tra­to. “Per­gun­tei se po­de­ria le­var cri­an­ça e le­var bi­chos?”, con­tou an­tes de ser in­ter­rom­pi­da por um fã. “E os gays?”, ques­ti­o­nou ele, ig­no­ra­do por ela. Ao lon­go da en­tre­vis­ta co­le­ti­va, os ad­mi­ra­do­res da loi­ra gri­ta­vam e fa­zi­am in­ter­ven­ções.

A pri­mei­ra ideia é que Xu­xa te­nha um pro­gra­ma de en­tre­vis­tas no es­ti­lo da norte-ame­ri­ca­na El­len DeGe­ne­res, que re­ce­be ar­tis­tas e anô­ni­mos de ma­nei­ra mais des­con­traí­da. “A von­ta­de é ser uma ins­pi­ra­ção da El­len, mas não co­pi­ar. Ela ti­nha uma repórter-mi­rim e aqui dis­se­ram que tam­bém pos­so.”

Na­da de­fi­ni­do

En­tre­tan­to, na­da do for­ma­to es­tá de­fi­ni­do. “Sain­do da­qui, vou ter uma reu­nião pa­ra mon­tar a equi­pe. A von­ta­de da Re­cord é que es­te­ja no ar em dois ou três me­ses”, re­ve­lou, sem dar cer­te­za de que o pla­no se re­a­li­za­rá. “Se vai ser diá­rio ou se­ma­nal, a gen­te não sa­be. Que­ro que te­nha mú­si­ca, en­tre­vis­tas, brin­ca­dei­ras e tam­bém al­go do que es­te­ja acon­te­cen­do. Eles me dei­xa­ram pe­gar pro­fis­si­o­nais da­qui e tra­zer ou­tros de fo­ra.”

Du­ran­te as ne­go­ci­a­ções, ou­tras idei­as fo­ram co­gi­ta­das. “Ele (Marcelo) fa­lou que se eu não qui­ses­se es­se pro­je­to, eles guar­da­ri­am. Fa­la co­mo Marcelo que ele te es­cu­ta”, brin­cou, nu­ma re­fe­rên­cia ao Fa­la que Eu te Es­cu­to, pro­gra­ma re­li­gi­o­so exi­bi­do na ma­dru­ga­da.

Xu­xa afir­ma ter car­ta bran­ca pa­ra es­co­lher os con­vi­da­dos, in­clu­si­ve re­li­gi­o­sos que não cos­tu­mam apa­re­cer na Re­cord, li­ga­da à Igre­ja Uni­ver­sal. “Que­ro Pa­dre Marcelo (Rossi) e o Pa­dre Fá­bio (de Mel­lo), enu­me­rou.”O Pa­dre Marcelo foi con­vi­da­do a par­ti­ci­par de um pro­gra­ma da Re­cord e se re­cu­sou. Ne­nhum can­tor ou ar­tis­ta que veio aqui foi ques­ti­o­na­do so­bre re­li­gião. Não exis­te pre­con­cei­to na ca­sa”, de­fen­de Marcelo Silva.

Es­te ano, em que a Glo­bo com­ple­ta 50 anos, exis­te a dú­vi­da de Xu­xa se­rá ci­ta­da du­ran­te as co­me­mo­ra­ções, já que a loi­ra foi uma das prin­ci­pais es­tre­las da emis­so­ra. “Nem pen­sei nis­so. Es­tou pen­san­do no que fa­zer na Re­cord. Na Te­le­fé (TV ar­gen­ti­na), fiz dois pro­gra­mas e me cha­ma­ram pa­ra o ani­ver­sá­rio de 25 anos de­les De­pen­de de quem vai con­tar es­sa his­tó­ria. Não pos­so res­pon­der por eles (Glo­bo)”, mi­ni­mi­zou.

—FO­TO: DI­VUL­GA­ÇÃO

PO­DE.

Xu­xa na épo­ca de mo­de­lo e atriz de chan­cha­das eró­ti­cas: qua­tro dé­ca­das na mí­dia

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.