Po­lí­ti­cos vão mal no tes­te do e-mail

O Diario do Norte do Parana - - ZOOM ZOOM - Mu­ri­lo Gat­ti mgat­ti@odi­a­rio.com

Repórter en­vi­ou pro­pos­ta de pro­je­tos pa­ra de­pu­ta­dos es­ta­du­ais, fe­de­rais e ve­re­a­do­res Fo­ram en­ca­mi­nha­das 99 men­sa­gens, mas ape­nas 21 par­la­men­ta­res res­pon­de­ram

A ca­da cin­co men­sa­gens ele­trô­ni­cas en­ca­mi­nha­das pa­ra o email de um par­la­men­tar, o ci­da­dão só re­ce­be a res­pos­ta em uma. É o que mos­tra o re­sul­ta­do de tes­te re­a­li­za­do pe­la re­por­ta­gem de O Diá­rio, que uti­li­zou os en­de­re­ços ele­trô­ni­cos di­vul­ga­dos pe­las Ca­sas Le­gis­la­ti­vas. Ao so­mar os 54 de­pu­ta­dos es­ta­du­ais­co­mos30­fe­de­rais­doPa­ra­ná e os 15 ve­re­a­do­res da ci­da­de, o ci­da­dão ma­rin­ga­en­se é re­pre­sen­ta­do­por99­par­la­men­ta­res.

Nas úl­ti­mas du­as se­ma­nas, com a as­si­na­tu­ra de um ci­da­dão co­mum e com a su­ges­tão de um pro­je­to de lei co­mo tí­tu­lo da men­sa­gem, fo­ram en­ca­mi­nha­dos e-mails pa­ra to­dos os re­pre­sen­tan­tes. Pa­ra ca­da es­fe­ra de po­der, uma pro­po­si­ção di­fe­ren­te, den­tro das atri­bui­ções le­gais. Só 21 par­la­men­ta­res ou as­ses­so­res res­pon­de­ram e de­mons­tra­ram in­te­res­se em co­nhe­cer mais de­ta­lhes da pro­pos­ta.

Pa­ra os e-mails en­vi­a­dos aos 30 re­pre­sen­tan­tes pa­ra­na­en­ses na Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos, as cin­co res­pos­tas re­ce­bi­das trou­xe­ram te­o­res se­me­lhan­tes, com agradecimentos à co­la­bo­ra­ção do elei­tor e o in­te­res­se em co­nhe­cer mais de­ta­lhes do pro­je­to. As cin­co men­sa­gens fo­ram res­pon­di­das com a su­ges­tão de uma me­di­da pa­ra ba­ra­te­ar o pre­ço da im­pres­são dos li­vros li­te­rá­ri- os e, con­se­quen­te­men­te, o pre­ço fi­nal co­mo for­ma de in­cen­ti­var mais a lei­tu­ra no Bra­sil.

Ape­nas a as­ses­so­ria do de­pu­ta­do fe­de­ral Ri­car­do Bar­ros (PP) res­pon­deu à pro­pos­ta. “Se­ria co­mo os me­di­ca­men­tos ge­né­ri­cos. A ideia é boa, só pre­ci­sa­mos ter o cui­da­do pa­ra não cri­ar uma di­fe­ren­ça gri­tan­te, prin­ci­pal­men­te em li­vros in­fan­tis, on­de as ilus­tra­ções são par­te prin­ci­pal”, pon­de­rou uma as­ses­so­ra­do­par­la­men­tar.

On­tem, ao ser ques­ti­o­na­do so­bre o po­si­ci­o­na­men­to do ga­bi­ne­te, Ri­car­do afir­mou que de­ter­mi­na à as­ses­so­ria o aten­di­men­to a to­das as de­man­das que che­gam ao e-mail ofi­ci­al. “Te­nho uma as­ses­so­ria com con­di­ções de res­pon­der. E, a ca­da quin­ze di­as, eles pas­sam um re­la­tó­rio com as ques­tões mais re­le­van­tes que che­gam no e-mail ofi­ci­al e pe­las re­des so­ci­ais”, diz. O par­la­men­tar ain­da não ha­via re­ce­bi­do a in­for­ma­ção so­bre a pro­pos­ta apre­sen­ta­da pe­la re­por­ta­gem deODiá­rio.

O de­pu­ta­do fe­de­ral Ed­mar Ar­ru­da (PSC) jus­ti­fi­cou que re­ce­be mi­lha­res de men­sa­gens no email ofi­ci­al e ca­be aos as­ses­so­res fa­ze­rem uma fil­tra­gem. “Vou co­brar a as­ses­so­ria pa­ra ve­ri­fi­car. Mas da­mos mais aten­ção às men­sa­gens que che­gam no email di­vul­ga­do em nos­so si­te ofi­ci­al e no fa­ce­bo­ok”, con­ta.

O de­pu­ta­do Luiz Nishi­mo­ri (PSDB) jus­ti­fi­cou que a equi­pe em Bra­sí­lia ain­da não con­cluiu o pro­ces­so de mu­dan­ça do ga­bi­ne­te. “Vou ve­ri­fi­car com a as­ses­so­ria, mas es­tá­va­mos sem com­pu­ta­dor por­que hou­ve uma mu­dan­ça de sa­la. Es­ta­mos nos re­or­ga­ni­zan­do”, afir­ma. Enio Ver­ri (PT) dis­se que iria ve­ri­fi­car co­mo os as­ses­so­res têm tra­ba­lha­do com o e-mail ofi­ci­al. “Nin­guém fa­lou na­da so­bre os e-mails da Câ­ma­ra. Pre­ci­so ve­ri­fi­car co­mo es­tá es­te con­tro­le”, diz.

Dos 54 de­pu­ta­dos es­ta­du­ais, dez res­pon­de­ram e de­mons­tra­ram in­te­res­se em co­nhe­cer me­lhor a pro­pos­ta so­bre se­gu­ran­ça pú­bli­ca ofe­re­ci­da. A su­ges­tão foi en­ca­mi­nha­da e ape­nas o de­pu­ta­do Schi­a­vi­nat­to (PP) man­dou no­va res­pos­ta. “Óti­ma su­ges­tão. Vou ana­li­sar se é ne­ces­sá­rio um pro­je­to de lei ou se ape­nas le­va­mos a su­ges­tão à Se­cre­ta­ria de Se­gu­ran­ça pa­ra as fer­ra­men­tas de comunicação se­jam cri­a­das sem a ne­ces­si­da­de de uma lei”, es­cre­veu­o­par­la­men­tar.

Na Câ­ma­ra Mu­ni­ci­pal, seis dos quin­ze ve­re­a­do­res, res­pon­de­ram à pri­mei­ra men­sa­gem. Qua­tro de­les, tam­bém res­pon­de­ram ao se­gun­do e-mail, com a su­ges­tão do pro­je­to. A as­ses­so­ria de Flávio Vi­cen­te (PSDB)afir­mou que en­ca­mi­nha­ria a pro­pos­ta de re­gu­la­men­tar a ou­vi­do­ria. Ulis­ses Maia (SD) e Humberto Hen­ri­que (PT) res­pon­de­ram pes­so­al­men­te e dis­se­ram que da­ri­am an­da men­to à ideia. A as­ses­so­ria de Chi­co Cai­a­na (PTB) tam­bém res­pon­deu, mas não­a­bra­çou­a­pro­pos­ta­fei­ta.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.