Mor­re Mayr Fac­ci, len­da do bas­que­te

O Diario do Norte do Parana - - EESSPPOORRTTEESS - Da Agên­cia Es­ta­do re­da­cao@odi­a­rio.com

O bas­que­te brasileiro per­deu uma de su­as len­das na ma­dru­ga­da des­ta quar­ta-fei­ra. Mor­reu em Pon­ta Gros­sa, no in­te­ri­or do Pa­ra­ná, Mayr Fac­ci, aos 87 anos. O ex-jo­ga­dor foi um dos prin­ci­pais des­ta­ques da se­le­ção du­ran­te a dé­ca­da de 1950, ten­do par­ti­ci­pa­do de du­as edi­ções de Jo­gos Olím­pi­cos. Mayr Fac­ci mor­reu em sua re­si­dên­cia, ví­ti­ma de uma de­fi­ci­ên­cia cir­cu­la­tó­ria. A Con­fe­de­ra­ção Bra­si­lei­ra de Bas­que­te (CBB) se ma­ni­fes­tou e dis­se “la­men­tar pro­fun­da­men­te” o fa­le­ci­men­to.

Nas­ci­do na ci­da­de de São Pau­lo, Mayr Fac­ci co­me­çou a car­rei­ra no Ca­tan­du­va, no in­te­ri­or do es­ta­do, pas­sou por Cru­zei­ro Ces­to­bol, El­do­ra­do Pa­ra­na­en­se, Guarani-PR, Co­rinthi­ans-RS e San­ta Ma­ria,no­qual­se­a­po­sen­tou­em1965.

Pe­la se­le­ção bra­si­lei­ra fo­ram 30 jo­gos ofi­ci­ais, sen­do 12 em Jo­gos Olím­pi­cos. Tan­to em Hel­sin­que, em 1952, quan­to em Mel­bour­ne, em 1956, ele con­tri­buiu pa­ra as cam­pa­nhas que ter­mi­na­ram na sex­ta co­lo­ca­ção. O ala tam­bém par­ti­ci­pou do Mun­di­al de 1954, no qual o Bra­sil fi­cou com o vi­ce­cam­pe­o­na­to­em­ca­sa.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.