Hos­pi­tal Ge­ral fe­cha as por­tas

O Diario do Norte do Parana - - PARANÁ GERAL - Le­o­nar­do Fi­lho le­o­nar­do­fi­lho@odi­a­rio.com

Dí­vi­das con­traí­das ao lon­go dos 50 anos de ati­vi­da­de, in­vi­a­bi­li­zam fun­ci­o­na­men­to e aten­di­men­to ao pú­bli­co

So­men­te com a Sa­ne­par, va­lor em atra­so é de R$ 192 mil; tam­bém hou­ve ame­a­ça de cor­te no for­ne­ci­men­to de ener­gia

O Hos­pi­tal Ge­ral de Man­da­gua­ri (a 35 quilô­me­tros de Ma­rin­gá) fe­chou, on­tem, as por­tas. O anún­cio foi fei­to du­ran­te uma reu­nião en­tre a di­re­ção e os 25 fun­ci­o­ná­ri­os. O mo­ti­vo prin­ci­pal é o vo­lu­me de dí­vi­das acu­mu­la­do ao lon­go dos qua­se 50 anos de­fun­ci­o­na­men­to­dau­ni­da­de.

So­men­te com a Sa­ne­par, por exem­plo, a dí­vi­da é de R$ 192 mil. Nos úl­ti­mos cin­co me­ses, após uma ame­a­ça de cor­te no for­ne­ci­men­to de ener­gia elé- tri­ca, o hos­pi­tal con­se­guiu se man­ter com o apoio da co­mu­ni­da­de. Até uma cam­pa­nha foi fei­ta pa­ra a ma­nu­ten­ção bá­si­ca da uni­da­de.

Há 29 anos tra­ba­lhan­do no hos­pi­tal, a re­cep­ci­o­nis­ta Na­dir Pi­res da Silva es­ta­va de­so­la­da. Mes­mo com o pa­ga­men­to do sa­lá­rio de fe­ve­rei­ro atra­sa­do, fez ques­tão de co­lo­car o uni­for­me e per­ma­ne­cer no pos­to de tra­ba­lho. “Não pre­ci­sa­ria tra­ba­lhar ho­je, mas co­mo ain­da se­rão fei­tas três ci­rur­gi­as vou fi­car por aqui, ca­so pre­ci­se au­xi­li­ar no aten­di­men­to”, dis­se Na­dir que, além do sa­lá­rio, há três anos não re­ce­be 13º sa­lá­rio.

On­tem à noi­te, fo­ram re­a­li­za­das as três úl­ti­mas ci­rur­gi­as. Ou­tros três pa­ci­en­tes clí­ni­cos re­ce­be­ram al­ta. A par­tir de ho­je, o úni­co ser­vi­ço man­ti­do é o de con­sul­tas par­ti­cu­la­res que já es­ta­vam agen­da­das. No au­ge, a ca­pa­ci­da­de era pa­ra aten­der até 130 pa­ci­en­tes.

“É uma tris­te­za mui­to gran­de. Man­da­gua­ri che­gou a ter cin­co hos­pi­tais e a par­tir de ama­nhã (ho­je), só um. In­fe­liz­men­te uma si­tu­a­ção que não po­de­ria che­gar on­de es­tá”, co­men­ta Cla­ri­ce Co­trin, que acom­pa­nha­va a mãe de 95 anos in­ter­na­da no hos­pi­tal em de­cor­rên­cia de uma pneu­mo­nia.

So­lu­ção

De acor­do com o pre­fei­to Ro­mu­al­do Ba­tis­ta, o Ba­tis­tão (PT), o mu­ni­cí­pio re­pas­sa­va, men­sal­men­te, R$ 116 mil, mas o re­cur­so não era apli­ca­do no aten­di­men­to ao pú­bli­co. “Era usa­do, pra­ti­ca­men­te, pa­ra o pa­ga­men­to de dí­vi­das. Não era re­ver­ti­do à po­pu­la­ção. A gen­te la­men­ta es­sa si­tu­a­ção que é mui­to an­ti­ga”, des­ta­ca.

A pre­fei­tu­ra já abriu, no dia pri­mei­ro des­te mês, o cre­den­ci­a­men­to pa­ra hos­pi­tais da re­gião. Em Man­da­gua­ri, o aten­di­men­to per­ma­ne­ce nos pos­tos de Saú­de, Pron­to-Aten­di­men­to Mu­ni­ci­pal (PAM) e no Hos­pi­tal Cris­to Rei. “Va­mos ten­tar, den­tro da lei, se hou­ver es­sa pos­si­bi­li­da­de, apro­vei­tar o pré­dio do Hos­pi­tal Ge­ral pa­ra aten­der ao pú­bli­co, mas is­so ain­da se­rá mais bem ava­li­a­do. O que não po­de­mos é pre­ju­di­car a po­pu­la­ção nes­se ser­vi­ço”, res­sal­ta o pre­fei­to. O di­re­tor do hos­pi­tal Moi­sés Mar­ques não quis con­ver­sar com a re­por­ta­gem.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.