Em Goi­â­nia, Dil­ma pe­de ‘to­le­rân­cia e diá­lo­go’

O Diario do Norte do Parana - - EGCEORNAOLMIA - Ana Fer­nan­des e Car­la Araú­jo

Pre­si­den­te­a­fir­ma­que go­ver­na­pa­ra­to­dos,du­ran­te pri­mei­ro­dis­cur­so­em­pú­bli­co, apó­sa­tos­de­do­min­go­pas­sa­do.

De­pois­de­ou­vi­re­lo­gi­os­do­mi­nis­tro das Ci­da­des, Gil­ber­to Kas­sab (PSD) e do go­ver­na­dor tu­ca­no de Goiás, Mar­co­ni Pe­ril­lo, a pre­si­den­te Dil­ma Rous­seff pe­diu “to­le­rân­cia e diá­lo­go”, na pri­mei­ra agen­da pú­bli­ca de­la fo­ra do Pa­lá­cio do Pla­nal­to, após as ma­ni­fes­ta­ções de do­min­go pas­sa­do. Ela par­ti­ci­pou da ce­rimô­nia de as­si­na­tu­ra da or­dem de ser­vi­ço pa­ra­oi­ní­ci­o­da­so­bras­deum­cor­re­dor exclusivo pa­ra ôni­bus, o BRT,emGoi­â­nia.

“Es­sa nos­sa par­ce­ria se dá aci­ma das nos­sas di­fe­ren­tes fi­li­a­ções par­ti­dá­ri­as. So­mos um País de­mo­crá­ti­co, on­de a gen­te dis­pu­ta du­ran­te a elei­ção, mas, de­pois de elei­tos aque­les que o po­vo es­co­lheu, a gen­te pas­sa a go­ver­nar. Ele (Pe­ril­lo) pa­ra to­da a po­pu­la­ção de Goiás e eu pa­ra to­da a po­pu­la­ção do Bra­sil”, des­ta­cou. A fa­la da pre­si­den­te res­pon­de aos re­cen­tes pa­ne­la­ços re­a­li­za­dos em gran­des ci­da­des, quan­do de pro­nun­ci­a­men­tos de­la e apa­ri­ções na TV dos mi­nis­tros, que fi­ze­ram a de­fe­sa do go­ver­no. As ma­ni­fes­ta­ções têm evi­den­ci­a­do a pou­ca dis­po­si­ção dos que pro­tes­tam em ou­vir o go­ver­no.

Dil­ma dis­se que os ca­mi­nhos de­la­e­dePe­ril­lo­sem­pre­se­en­con­tram,por­que­e­les­são“re­pu­bli­ca­nos e de­mo­cra­tas” - pou­co an­tes, Pe­ril­lo ha­via dis­cur­sa­do, exal­ta­do, con­de­nan­do as “in­to­le­rân­ci­as e in­jus­ti­ças” con­tra a pre­si­den­te e dis­se que, ape­sar do par­ti­do de­le, o PSDB, ser de opo­si­ção, ele apoi­a­va a le­gi­ti­mi­da­de da re­e­lei­ção da pre­si­den­te.

“Te­mos no­ção da coi­sa pú­bli­ca e res­pei­ta­mos uma coi­sa fun­da­men­ta­da nes­te País, con­quis­ta­da com mui­to es­for­ço, mui­ta dor, em um pro­ces­so que mui­tas pes­so­as mais no­vas não vi­ve­ram, con­quis­ta­da ape­sar de pri­sões, exí­li­os e mor­tos. Te­mos a obri­ga­ção de res­pei­tar a de­mo­cra­cia, on­de há o di­rei­to de to­dos de fa­la­rem, de se ma­ni­fes­ta­rem, mas há tam­bém o di­rei­to de to­dos se­rem ou­vi­dos”, res­sal­tou a pre­si­den­te. “Por is­so, pe­ço to­le­rân­cia e diá­lo­go, por­que o diá­lo­go im­pli­ca que a gen­te olhe o pró­xi­mo”, fri­sou.

Dil­ma fa­lou ain­da do pro­je­to do BRT, que, se­gun­do ela, vai aten­der à po­pu­la­ção de Goi­â­nia e ser­vi­rá pa­ra que as pes­so­as pos­sam ter uma vi­da mais “dig­na”. O pro­je­to BRT Norte/Sul, par­te do PAC Ci­da­des, te­rá investimento de R$ 210 mi­lhões do go­ver­no fe­de­ral e uma con­tra­par­ti­da de R$ 130 mi­lhões da Pre­fei­tu­ra de Goi­â­nia.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.