Co­mis­são da Ver­da­de so­bre Es­cra­vi­dão é cri­a­da

O Diario do Norte do Parana - - ZOOM -

Res­ga­tar a his­tó­ria da po­pu­la­ção ne­gra no Bra­sil, in­clu­si­ve as atro­ci­da­des co­me­ti­das à épo­ca da es­cra­va­tu­ra, pa­ra fa­zer su­ges­tões de po­lí­ti­cas pú­bli­cas e ações afir­ma­ti­vas pa­ra cons­truir uma igual­da­de ple­na no pais – es­te é o ob­je­ti­vo da Co­mis­são Na­ci­o­nal da Ver­da­de so­bre a Es­cra­vi­dão Ne­gra cri­a­da pe­lo Con­se­lho Fe­de­ral da Or­dem dos Ad­vo­ga­dos Bra­sil (OAB).

Ins­pi­ra­do na Co­mis­são Na­ci­o­nal da Ver­da­de, que in­ves­ti­gou o pe­río­do da di­ta­du­ra mi­li­tar no Bra­sil, o gru­po, com­pos­to por 57 mem­bros – dez ad­vo­ga­dos, 35 con­sul­to­res e 15 con­vi­da­dos do Ju­di­ciá­rio e do Mi­nis­té­rio Pú­bli­co – te­rá pra­zo de dois anos pa­ra con­cluir o tra­ba­lho. A ex­pec­ta­ti­va é que um re­la­tó­rio par­ci­al das ati­vi­da­des se­ja di­vul­ga­do no fi­nal des­te ano, já o do­cu­men­to fi­nal es­tá pre­vis­to pa­ra de­zem­bro­de2016.

“Qu­e­re­mos­bus­car­to­da­sa­que­las ações da es­cra­vi­dão que per­sis­tem até ho­je e fa­zem do país um cam­peão da lu­ta con­tra a de­si­gual­da­de, da dis­cri­mi­na­ção e do ra­cis­mo. É pre­ci­so que in­ves­ti­gue­mo­sa­fun­do­os­fa­tos­da­es­cra­vi­dão, as­sim co­mo a Co­mis­são Na­ci­o­nal da Ver­da­de in­ves­ti­gou fa­tos da di­ta­du­ra e da tor­tu­ra que per­sis­tem até ho­je, a nos­sa co­mis­são­tam­bém­pre­ten­de­a­bo­lir, en­cer­rar, ba­nir os fa­tos que exis­tem na es­cra­vi­dão até ho­je”, des­ta­cou­o­pre­si­den­te­do­co­le­gi­a­do,Hum­ber­toA­da­mi.

Pa­ra a re­a­li­za­ção dos tra­ba­lhos, a mi­nis­tra de Di­rei­tos Hu­ma­nos, Ide­li Sal­vat­ti, dis­se que o go­ver­no fe­de­ral es­ta­rá à dis- po­si­ção pa­ra aju­dar no que for ne­ces­sá­rio. A co­mis­são tam­bém te­rá par­ce­ri­as com en­ti­da­des co­mo a Fun­da­ção Zum­bi dos Pal­ma­res, o Ins­ti­tu­to de Pes­qui­sa e Es­tu­dos Afro-Bra­si­lei­ros (Ipeafro) e o Ins­ti­tu­to Nzin­ga Mu­lher Ne­gra, além de uni­ver­si­da­des bra­si­lei­ras.

Ape­sar do es­for­ço no âm­bi­to da OAB, o pre­si­den­te da en­ti­da­de, Mar­cus Vinicius Fur­ta­do Coê­lho, co­brou do go­ver­no fe­de­ral uma co­mis­são nos mol­des da que foi em­pos­sa­da ho­je pe­la Or­dem. “So­mos um só Bra­sil. Qu­e­re­mos uma na­ção de iguais. O fim do ra­cis­mo e do pre­con­cei­to, não ad­mi­tin­do a in­to­le­rân­cia e a dis­cri­mi­na­ção, são fun­da­men­tais pa­ra a cons­tru­ção de uma so­ci­e­da­de jus­ta, so­li­dá­ria e fra­ter­na.”/// Da Re­da­ção No Mundo O Dia In­ter­na­ci­o­nal con­tra a Dis­cri­mi­na­ção Ra­ci­al foi cri­a­do pe­la ONU em me­mó­ria ao Mas­sa­cre de Sha­per­vil­le, em Joanesburgo, na Áfri­ca do Sul. No dia 21 de mar­ço de 1960, cer­ca de 20 mil ne­gros pro­tes­ta­vam con­tra a “Lei do Pas­se”, que os obri­ga­va a por­tar car­tões de iden­ti­fi­ca­ção que es­pe­ci­fi­ca­vam os lo­cais por on­de po­de­ri­am tran­si­tar. O pro­tes­to foi bru­tal­men­te con­ti­do com ra­ja­das de me­tra­lha­do­ras, re­sul­tan­do na mor­te de 69 pes­so­as. No Bra­sil O dia 21 de mar­ço mar­ca a cri­a­ção da Se­cre­ta­ria Es­pe­ci­al de Po­lí­ti­cas de Pro­mo­ção da Igual­da­de Ra­ci­al, que ins­ti­tui o en­si­no da cul­tu­ra e da his­tó­ria da Áfri­ca na gra­de cur­ri­cu­lar das es­co­las.

—FO­TO: RI­CAR­DO LO­PES

NA PE­LE. Sai­la, 20 anos, es­tu­dan­te de Di­rei­to, já so­freu pre­con­cei­to na rua e na in­ter­net.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.