Im­por­ta­do­ras in­de­pen­den­tes po­dem tra­zer qual­quer car­ro

O Diario do Norte do Parana - - CLASSIDIÁRIO - Thais Vil­la­ça Agên­cia Es­ta­do CUI­DAM DE TO­DO O TR­MI­TE.

Im­por­tar um au­to­mó­vel por con­ta pró­pria é pos­sí­vel, mas en­vol­ve mui­ta bu­ro­cra­cia e exi­ge bas­tan­te pa­ci­ên­cia - o tem­po pa­ra ven­cer os trâ­mi­tes le­gais po­de che­gar a seis me­ses. Com a aju­da de em­pre­sas es­pe­ci­a­li­za­das, a es­pe­ra di­mi­nui pa­ra cer­ca de 100 di­as. Pe­lo ser­vi­ço, es­sas im­por­ta­do­ras co­bram de 5 a 10% do va­lor da ope­ra­ção - o cus­to mé­dio é de R$ 20 mil.

Em ge­ral, es­sas em­pre­sas têm fi­li­ais ou par­cei­ros em ou­tros paí­ses, o que fa­ci­li­ta a pro­cu­ra pe­lo mo­de­lo es­co­lhi­do. “É mais fá­cil e ba­ra­to ne­go­ci­ar com au­to­ri­za­das que já te­nham o car­ro em es­to­que do que con­fi­gu­rar di­re­ta­men­te no si­te da fa­bri­can­te”, afir­ma o pre­si­den­te da Di­rect Im­ports, Da­ni­el Va­lé­rio.

Aqui um car­ro vin­do dos EUA cus­ta 2,5 ve­zes o pre­ço pra­ti­ca­do por lá. Mes­mo as­sim, po­de com­pen­sar. Um Che­vro­let Ca­ma­ro, por exem­plo, ta­be­la­do no Bra­sil a R$ 227.746, sai por R$ 196 mil - di­fe­ren­ça de R$ 31.746, ou 14%.

Is­so por­que dá pa­ra plei­te­ar a isen­ção do Im­pos­to so­bre Pro­du­tos In­dus­tri­a­li­za­dos (IPI), que che­ga a 55% do va­lor do car­ro. Um Ford Mus­tang V6, que cus­ta US$ 23.800 nos EUA, tem isen­ção de R$ 53 mil, o que dei­xa o pre­ço fi­nal em cer­ca de R$ 179 mil. Já um Che­vro­let Cor­vet­te, que par­te de US$ 53 mil nos EUA, po­de che­gar ao Bra­sil por R$ 360 mil.

O pro­ce­di­men­to é o mes­mo pa­ra an­ti­gos (com mais de 30 anos), mas é pre­ci­so ser só­cio de um clu­be pa­ra que o pro­ces­so se­ja apro­va­do. Se­mi­no­vos não po­dem ser im­por­ta­dos.

O la­do ne­ga­ti­vo é que as fa­bri­can­tes cos­tu­mam ne­gar aten­di­men­to ao pro­du­to em ga­ran­tia se hou­ver de­fei­to. Se­gun­do in­for­ma­ções da GM, por exem­plo, seus car- ros têm con­fi­gu­ra­ções ex­clu­si­vas pa­ra ca­da mer­ca­do, por cau­sa da le­gis­la­ção e pre­fe­rên­ci­as do con­su­mi­dor. As­sim, quem im­por­tar um car­ro da em­pre­sa po­de ter di­fi­cul­da­de de fa­zer a ma­nu­ten­ção.

Es­pe­ci­a­lis­ta em di­rei­to do con- su­mi­dor, o ad­vo­ga­do Jo­sué Ri­os diz que as mon­ta­do­ras po­dem ser res­pon­sa­bi­li­za­das na Jus­ti­ça por fa­lhas em seus pro­du­tos. “Em uma eco­no­mia glo­ba­li­za­da, elas têm de res­pon­der pe­la ma­nu­ten­ção de car­ros ad­qui­ri­dos no ex­te­ri­or”, diz.

—FO­TO: CHE­VRO­LET/ DI­VUL­GA­ÇÃO

Che­vro­let Cor­vet­te po­de ser

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.