Pre­fei­tos de­vem ir à Jus­ti­ça pa­ra ter no­vo in­de­xa­dor

O Diario do Norte do Parana - - ZOOM ZOOM - Agên­cia Es­ta­do re­da­cao@odi­a­rio.com

Ori­en­ta­ção ocor­reu após Rio con­se­guir li­mi­nar e re­du­zir dí­vi­das Mi­nis­tro da AGU diz que de­fi­ni­ção de im­plan­ta­ção é do go­ver­no

Pre­si­den­te da Fren­te Na­ci­o­nal de Pre­fei­tos (FNP), o pre­fei­to de Por­to Ale­gre, Jo­sé For­tu­na­ti (PDT), es­tá en­co­ra­jan­do seus co­le­gas a se­gui­rem o exem­plo do Rio de Ja­nei­ro a bus­ca­rem na Jus­ti­ça o cum­pri­men­to da lei que al­te­ra o in­de­xa­dor das dí­vi­das. Na ter­ça-fei­ra, a 30.ª Va­ra Fe­de­ral con­ce­deu li­mi­nar que per­mi­te a re­du­ção da co­bran­ça. Com a de­ci­são, o sal­do de­ve­dor do Rio pas­sa de R$ 6,2 bi­lhões pa­ra R$ 1,2 bi­lhão.

“A Fren­te de Pre­fei­tos não tem a personalidade ju­rí­di­ca que per­mi­ta que is­so acon­te­ça, mas es­ta­mos in­cen­ti­van­do que 180 ci­da­des en­trem na Jus­ti­ça. São ci­da­des que con­cen­tram o gros­so da po­pu­la­ção, e é nas ci­da­des­que­o­ci­da­dão­bus­ca­o­a­ten­di­men­to de su­as de­man­das, co­mo mo­bi­li­da­de, edu­ca­ção, saú­de”, ava­lia. Além do Rio, São Pau­lo, Sal­va­dor, Be­lo Ho­ri­zon­te, Re­ci­fe, Na­tal, João Pes­soa, Cui­a­bá e Vi­tó­ria fa­zem par­te do gru­po de mu­ni­cí­pi­os que es­pe­ram ser agra­ci­a­dos pe­lo no­vo cál­cu­lo de re­ne­go­ci­a­ção da dí­vi­da apro­va­do pe­lo Con­gres­so, mas que pre­ci­sa ser re­gu­la­men­ta­do pe­la pre­si­den­teDil­maRous­seff.

Pa­ra For­tu­na­ti a bus­ca pe­lo re­cur­so ju­di­ci­al es­tá além de dis­pu­tas po­lí­ti­cas. “Das 180 ci­da­des, 81 têm mais de 100 mil ha­bi­tan­tes. Trin­ta e cin­co são go­ver­na­das pe­lo PSDB, 33 li­ga­das ao PMDB e 31 ao PT. Is­so mos­tra que não é uma ques­tão par­ti­dá­ria”, dis­se. Apro­va­da em no­vem­bro do ano pas­sa­do, a lei que re­ne­go­cia a dí­vi­da al­te­ra o in­de­xa­dor. Com is­so, o ín­di­ce de re­fi­nan­ci­a­men­to pas­sa a ser cor­ri­gi­do pe­la ta­xa Se­lic ou pe­lo IPCA, o que for me­nor, mais 4% ao ano. Sem a le­gis­la­ção, as dí­vi- das con­ti­nu­am cor­ri­gi­das pe­lo IGP-DI mais 6% ou 9% ao ano. “É um con­tras­sen­so que o go­ver­no vai ao mer­ca­do co­bran­do ju­ros da Se­lic, e aos mu­ni­cí­pi­os com ju­ros exor­bi­tan­tes. O pa­pel do go­ver­no não é o de agen­te fi­nan­cei­ro”, ex­pli­ca o pre­si­den­te da Fren­te de Pre­fei­tos.

No­ta

Nes­ta quar­ta, a FNP di­vul­gou no­ta de apoio à apro­va­ção pe­la Câ­ma­ra do pro­je­to de lei que per­mi­te a re­ne­go­ci­a­ção ime­di­a­ta das dí­vi­das de Es­ta­dos e mu­ni­cí­pi­os com a União. O tex­to ain­da pre­ci­sa ser apro­va­do pe­lo Se­na­do. A en­ti­da­de de­fen­de a re­ne­go­ci­a­ção dos va­lo­res a se­rem pa­gos e afir­ma que a me­di­da pro­por­ci­o­na­rá re­e­qui­lí­brio nos contratos.

A no­ta tam­bém co­bra a al­te­ra­ção no in­de­xa­dor das dí­vi­das pre­vis­ta na Lei Com­ple­men­tar 148/2014, até ho­je não re­gu­la­men­ta­da pe­lo go­ver­no fe­de­ral. A mu­dan­ça, con­for­me a no­ta “é uma das rei­vin­di­ca­ções da Car­ta dos pre­fei­tos e pre­fei­tas da FNP aos can­di­da­tos à Pre­si­dên­cia da Re­pú­bli­ca, di­vul­ga­da em se­tem­bro pas­sa­do. Há mais de uma dé-

—FO­TO: JO­NAS PEREIRA/AG. SE­NA­DO

ADI­A­DO. Ur­gên­cia pa­ra vo­ta­ção do pro­je­to foi apro­va­do on­tem no Se­na­do.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.