Pre­ços de pro­du­tos de in­for­má­ti­ca so­bem mais de 35% em se­te me­ses

O Diario do Norte do Parana - - ECONOMIA - Van­da Mu­nhoz van­da@odi­a­rio.com

Itens mais ba­ra­tos, co­mo o DVD-R, com pre­ço mé­dio de um re­al, te­ve al­ta de 31,57%, no pe­río­do As di­fe­ren­ças de pre­ços são gran­des en­tre as lo­jas; um car­tu­cho de tin­ta pre­ta va­ria até 65%

O pre­ço de um car­tu­cho de tin­ta co­lo­ri­da, nú­me­ro 122, da HP, que con­tém dois mi­li­gra­mas, deu um salto de 36,41%, em se­te me­ses, nas lo­jas do ra­mo, em Ma­rin­gá. O pro­du­to, que cus­ta­va, em mé­dia, R$ 30,70, em agos­to do ano pas­sa­do, ago­ra, é ven­di­do a R$ 41,88. Ou­tro exem­plo de que os pre­ços dis­pa­ra­ram é ca­so do DVD-R 4,7 GB, sem cai­xi­nha, que cus­ta­va R$ 0,75, e, ago­ra, sai por um re­al; au­men­to de 31,57%.

A al­ta de pre­ços de pro­du­tos de in­for­má­ti­ca apa­re­ce no le­van­ta­men­to do Pro­je­to Guar­da­chu­va, re­a­li­za­do pe­lo O Diá­rio em par­ce­ria com a JGV Pes­qui­sa. Nes­ta se­ma­na fo­ram pes­qui­sa­dos os pre­ços em cin­co es­ta­be­le­ci­men­tos da ci­da­de: Po­si­te­ch, Apoio, Sy­ma, Com­pu­brás e Al­vo­ra­da.

A pes­qui­sa mos­tra ain­da que o to­ner pre­to, La­ser­jet, ori­gi­nal, pa­ra a HP 85-A, so­freu um au­men­to de 9,95%. O pro­du­to, que cus­ta­va R$ 194,92, em mé­dia, no mês de agos­to do ano pas­sa­do, ago­ra, é ven­di­do a R$ 214,33. Um te­cla­do USB pre­to, mo­de­lo KB06, da Ge­nius, te­ve ma­jo­ra­ção de 29,66%, pas­san­do de R$ 26,90, em agos­to, pa­ra R$ 34,88, nes­te mês. Já um pen dri­ve Kings­ton, de 16 gi­gaby­tes, te­ve um ajus­te de 17,10%, pas­san­do de R$ 35,49, em agos­to, pa­ra R$ 41,56, nes­te mês.

Os ser­vi­ços tam­bém ti­ve­ram ma­jo­ra­ção. A for­ma­ta­ção de um no­te­bo­ok, por exem­plo, cus­ta­va R$ 80, em mé­dia. Ago­ra, cus­ta R$ 94; di­fe­ren­ça de 17,5%. Já pa­ra for­ma­tar um desk­top, o con­su- mi­dor vai pa­gar 13,75% a mais: de R$ 80, em agos­to, pa­ra R$ 91, nes­te­mês,em­mé­dia.

Pa­ra o exe­cu­ti­vo da As­so­ci­a­ção das Em­pre­sas Pro­du­to­ras de Soft­ware de Ma­rin­gá (Soft­ware by Ma­rin­gá), César Ra­el, hou­ve au­men­to nos pro­du­tos, mas os ser­vi­ços fo­ram ape­nas atu­a­li­za- dos. “Não con­si­de­ro que, por exem­plo, o au­men­to de 13,75% pa­ra for­ma­ta­ção se­ja ex­pres­si­vo. Os ser­vi­ços no Bra­sil não são valorizados. A for­ma­ta­ção de um com­pu­ta­dor po­de­ria cus­tar R$ 100, mas con­se­gui­mos man­ter os pre­ços es­tá­veis”, opi­na.

Já so­bre os su­pri­men­tos de com­pu­ta­dor, Ra­el ex­pli­ca que há uma sé­rie de mo­ti­vos que re­sul­tam em au­men­to de pre­ços. “Há vá­ri­os fa­to­res, mas a al­ta do dó­lar foi mais sig­ni­fi­ca­ti­va. Há pro­du­tos que têm com­po­nen­tes im­por­ta­das”, con­si­de­ra.

Pa­ra o con­su­mi­dor, res­ta a pes­qui­sa que re­sul­ta em boa eco- no­mia. Os pre­ços têm gran­des di­fe­ren­ças en­tre um es­ta­be­le­ci­men­to e ou­tro.Um exem­plo é o mes­mo DVD-R com 4,7 GB, sem cai­xa, que tem va­ri­a­ção de até 150%. O pre­ço mais bai­xo fi­ca em R$ 0,60 e o mais ca­ro, R$1,50, cus­tan­do, em mé­dia, um re­al, re­ve­la­a­pes­qui­sa­des­ta­se­ma­na.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.