Verdão dá pla­cas por gols de Ro­bi­nho e Alex em Rogério

O Diario do Norte do Parana - - GERAL - Da­ni­el Ba­tis­ta Da Agên­cia Es­ta­do

Pa­ra­na­en­ses, de Ma­ri­al­va e Curitiba, fo­ram ho­me­na­ge­a­dos por gols no clás­si­co con­tra o São Pau­lo Meia apo­sen­ta­do tem jo­go de des­pe­di­da ho­je

O gol mar­can­te de Ro­bi­nho no clás­si­co con­tra o São Pau­lo en­trou de­fi­ni­ti­va­men­te pa­ra a his­tó­ria. O meia re­ce­beu nes­ta sex­ta-fei­ra, das mãos de seu ído­lo e ami­go Alex, uma pla­ca co­me­mo­ra­ti­va pa­ra ce­le­brar o fei­to, ato que pe­gou o jo­ga­dor de sur­pre­sa. Os dois atle­tas são pa­ra­na­en­ses. Ro­bi­nho nas­ceu em Ma­ri­al­va­eA­le­xé­na­tu­ral­deCu­ri­ti­ba.

An­tes da en­tre­ga do prê­mio, o pre­si­den­te Pau­lo No­bre deu pa­ra Alex uma ou­tra pla­ca tam­bém por um gol mar­ca­do con­tra o São Pau­lo, em 2002, em clás­si­co ven­ci­do pe­lo clu­be al­vi­ver­de por 4 a 2, no Es­tá­dio do Mo­rum­bi. Na oca­sião, o ex-meia deu um lin­do dri­ble em Emer­son e um cha­péu em Rogério Ce­ni, a mes­ma ví­ti­ma de Ro­bi­nho. O goleiro são-pau­li­no tam­bém é do Pa­ra­ná, de Pa­to Bran­co. “Jus­ti­ça se­ja fei­ta. Te­mos aqui uma oca­sião que não po­de ser es­que­ci­da. Gos­ta­ri­a­mui­to­que­oA­lex­pu­des­se fa­zer uma ho­me­na­gem ao Ro­bi­nho pe­lo pri­mei­ro gol de pla­ca do Al­li­anz Par­que”, dis­se Pau­lo No­bre, dan­do a hon­ra­ria de pre­mi­ar Ro­bi­nho ao ex-atle­ta, que te­rá um jo­go de des­pe­di­da ofi­ci­al­dos­gra­ma­dos­nes­te­sá­ba­do,no Al­li­anzPar­que.

Alex pa­ra­be­ni­zou o ami­go. “Não é sim­ples o que ele fez. Qual­quer um po­de chu­tar, mas a bo­la veio to­da torta, ele con- tro­lou com o pé bom e fez um go­la­ço em clás­si­co im­por­tan­te. Me dei­xa sa­tis­fei­to por­que via o tra­ba­lho que ele fa­zia no Co­ri­ti­ba e a em­pol­ga­ção de­le em po­der vir pa­ra o Palmeiras”, dis­se o ex-jo­ga­dor.

O ex-ca­mi­sa 10 do Palmeiras ain­da fez ques­tão de res­sal­tar que a tor­ci­da e a im­pren­sa não po­de achar que Ro­bi­nho é o no­vo Alex. “Ele não é o no­vo Alex e nem o subs­ti­tu­to do Val­di­via. Ele é o Ro­bi­nho. Foi meu com­pa­nhei­ro em dois anos e meio de Co­ri­ti­ba e via co­mo ele atu­a­va e o com­por­ta- men­to. Ti­nha ou­tros clu­bes que es­ta­vam atrás de­le tam­bém, mas fa­lei que se ele acer­tas­se a ques­tão fi­nan­cei­ra, vir pa­ra o Palmeiras po­de­ria ser uma boa, pois ele se en­cai­xa­ria no no­vo time. Ele é um jo­ga­dor téc­ni­co e vai cres­cer mui­to”,pro­je­touA­lex.

Des­pe­di­da

A des­pe­di­da ofi­ci­al de Alex dos gra­ma­dos se­rá nes­te sá­ba­do, às 22h, nu­ma ini­ci­a­ti­va da di­re­to­ria pal­mei­ren­se. O jo­ga­dor en­cer­rou as ati­vi­da­des no ano pas­sa­do, eplo Co­ri­ti­ba. A par­ti­da se­rá en­tre Ami­gos de Alex con­tra o Palmeiras de 1999. A ideia do atu­al co­men­ta­ris­ta foi con­vi­dar não só jo­ga­do­res que fi­ze­ram his­tó­ria com ele no Palmeiras, mas tam­bém em ou­tros clu­bes. Es­tão con­fir­ma­dos, en­tre ou­tros: Ap­pi­ah, Aris­ti­zá­bal, Djal­mi­nha, Ed­mun­do, Evair, Fe­li­pão, Ga­mar­ra, Gil­ber­to Silva, Jú­ni­or, Jú­ni­or Bai­a­no, Ga­le­a­no, Kez­man, Le­o­nar­do, Oséas, Pau­lo Nu­nes, Ri­val­do, Ri­va­ro­la, Roque Jú­ni­or, Rüstü, Se­mih, So­rín, Tche­co, Tun­cay, Vel­lo­so, Zi­co­eZi­nho.

—FO­TO: BRUNO ULI­VI­E­RI/AE

COM O ÍDO­LO. Fã con­fes­so de Alex, com quem jo­gou no Co­ri­ti­ba, Ro­bi­nho re­ce­beu das mãos do ex-com­pa­nhei­ro a hon­ra­ria pe­lo mais be­lo gol no Al­li­anz Par­que.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.