De Sa­ran­di pa­ra Ma­rin­gá

O Diario do Norte do Parana - - ZOOM ZOOM -

Desde 1986, o pe­drei­ro Val­dir Le­mes da Silva sai de ca­sa ce­do, em Sa­ran­di, ru­mo a Ma­rin­gá. On­tem, por con­ta da chu­va pe­la ma­nhã, usou o car­ro, mas nor­mal­men­te se des­lo­ca de bi­ci­cle­ta. “De­mo­ro cer­ca de 30 mi­nu­tos. De ôni­bus, le­va­ria mais de 40 mi­nu­tos ou até uma ho­ra”, diz. No re­tor­no de ca­sa, se­gun­do Silva, che­ga mais tar­de quan­do usa o car­ro.

Atu­al­men­te, ele não cru­za o li­mi­te das ci­da­des so­zi­nho. A es­po­sa tra­ba­lha de do­més­ti­ca em Ma­rin­gá. Os dois fi­lhos tam­bém ga­nham a vi­da em Ma­rin­gá: um tra­ba­lha nu­ma lan­cho­ne­te e ou­tro com ins­ta­la­ção pa­ra uma em­pre­sa de te­le­fo­nia. “É per­ti­nho; es­ta­mos acos­tu­ma­dos”,afir­ma.

Aos 16 anos, a ba­bá Ké­sia Da­ni­e­la Ve­lo­so dos San­tos, es­tá há ape­nas 1 ano na ro­ti­na de des­lo­ca­men­to. “De­pois que ca­sei pas­sei a mo­rar em Sa­ran­di. É can­sa­ti­vo, mas mes­mo com a dis­tân­cia com­pen­sa tra­ba­lha­remMa­rin­gá”,diz.

Andressa da Silva, que tam­bém re­si­de em Sa­ran­di, pre­pa­ra-se pa­ra re­to­mar a ro­ti­na. Na se­gun­da-fei­ra, vol­ta a tra­ba­lhar nu­ma lo­ja no Cen­tro de Ma­rin­gá. “O pro­ble­ma é que fal­tam op­ções de ho­rá­rio no trans­por­te co­le­ti­vo”, ava­lia.

—FO­TO: RI­CAR­DO LO­PES

MO­VI­MEN­TO. Fi­las em ôni­bus que par­tem de Ma­rin­gá pa­ra Sa­ran­di.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.