Pro­du­ção in­dus­tri­al me­di­da pe­lo IBGE re­cua 1,8% em mar­ço

O Diario do Norte do Parana - - ECONOMIA - Da­ni­e­la Amo­rim Agên­cia Es­ta­do —FO­TO: RE­NA­TO FRASNELLI/VW

Foi re­gis­tra­da que­da em 15 dos 24 ra­mos pes­qui­sa­dos pe­lo ins­ti­tu­to Já na com­pa­ra­ção com o mes­mo mês em 2016 hou­ve cres­ci­men­to de 1,1%

A pro­du­ção in­dus­tri­al caiu 1,8% em mar­ço an­te fe­ve­rei­ro, na sé­rie com ajus­te sa­zo­nal, di­vul­gou on­tem o Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Ge­o­gra­fia e Es­ta­tís­ti­ca (IBGE). O re­sul­ta­do veio pi­or do que o pi­so das ex­pec­ta­ti­vas dos ana­lis­tas ou­vi­dos pe­lo Pro­je­ções Bro­ad­cast, que es­pe­ra­vam des­de uma que­da de 1,70% a uma ex­pan­são de 0,50%, com me­di­a­na ne­ga­ti­va de 0,90%.

Em re­la­ção a mar­ço de 2016, a pro­du­ção su­biu 1,1%. Nes­sa com­pa­ra­ção, sem ajus­te, as es­ti­ma­ti­vas va­ri­a­vam de re­tra­ção de 0,60% a avan­ço de 3,80%, com me­di­a­na po­si­ti­va de 2,10%. No ano, a in­dús­tria te­ve al­ta de 0,6%. No acu­mu­la­do em 12 me­ses, a pro­du­ção da in­dús­tria acu­mu­lou­re­cu­o­de3,8%.

A pro­du­ção da in­dús­tria de bens de ca­pi­tal caiu 2,5% em mar­ço an­te fe­ve­rei­ro, se­gun­do o IBGE. Na com­pa­ra­ção com mar­ço de 2016, o in­di­ca­dor mos­trou avan­ço de 4,5%. Os da­dos fa­zem par­te da Pes­qui­sa In­dus­tri­al Men­sal - Pro­du­ção Fí­si­ca (PIM-PF).

No ano, hou­ve cres­ci­men­to de 4,4% na pro­du­ção de bens de ca­pi­tal. No acu­mu­la­do em 12 me­ses, a ta­xa fi­cou ne­ga­ti­va em 2,3%. Em re­la­ção aos bens de con­su­mo, a pes­qui­sa re­gis­trou que­da de 2,7% na pas­sa­gem de fe­ve­rei­ro pa­ra mar­ço. Na com­pa­ra­ção com mar­ço de 2016, hou­ve avan­ço de 1,3%. No ano, a pro­du­ção de bens de con­su­mo su­biu 1,5%. No acu­mu­la­do em 12 me­ses, en­tre­tan­to, hou­ve re­du­ção­de3,4%.

Na ca­te­go­ria de bens de con­su­mo du­rá­veis, o mês de mar­ço foi de re­cuo de 8,5% an­te fe­ve­rei­ro, mas al­ta da mes­ma mag­ni­tu­de, de 8,5% em re­la­ção a mar­ço de 2016. En­tre os se­mi­du­rá­veis e os não du­rá­veis, hou­ve re­cuo na pro­du­ção de 1,8% em mar­ço an­te fe­ve­rei­ro e que­da de 0,5% na com­pa­ra­ção com mar­ço do ano pas­sa­do

Pa­ra os bens in­ter­me­diá­ri­os, o IBGE in­for­mou que o in­di­ca­dor te­ve re­du­ção de 1,8% em mar­ço an­te fe­ve­rei­ro. Em re­la­ção a mar­ço do ano pas­sa­do, hou­ve au­men­to de 1,1%. No ano, os bens in­ter­me­diá­ri­os acu­mu­la­ram al­ta de 0,6%. Em 12 me­ses, hou­ve re­du­ção de 3,8% na pro­du­ção. Já o ín­di­ce de Mé­dia Mó­vel Tri­mes­tral da in­dús­tria apon­tou re­cuo de 0,7% em mar­ço.

Se­to­res

A pro­du­ção in­dus­tri­al re­cu­ou em 15 dos 24 ra­mos pes­qui­sa­dos na pas­sa­gem de fe­ve­rei­ro pa­ra mar­ço.

Os prin­ci­pais im­pac­tos ne­ga­ti­vos fo­ram re­gis­tra­dos por veí­cu­los au­to­mo­to­res, re­bo­ques e car­ro­ce­ri­as (-7,5%), pro­du­tos far­moquí­mi­cos e far­ma­cêu­ti­cos (23,8%) e co­que, pro­du­tos de­ri­va­dos do pe­tró­leo e bi­o­com­bus­tí­veis (-3,3%).

No­vo­pré­di­o­tem580 me­tros­qua­dra­dos­de áre­a­cons­truí­da.Co­o­pe­ra­ti­va in­ci­ou­a­sa­ti­vi­da­de­na­ci­da­de em1988.

A Co­o­pe­ra­ti­va Si­cre­di Fron­tei­ras (PR, SC e SP) rei­nau­gu­rou a agên­cia em Re­a­le­za, no su­do­es­te do Pa­ra­ná. Es­ta é a se­gun­da agên­cia da ins­ti­tui­ção que re­ce­be a no­va mar­ca. O no­vo es­pa­ço tem 580 me­tros qua­dra­dos de área cons­truí­da.

No to­tal, 2.800 as­so­ci­a­dos aten­di­dos pe­la agên­cia do Si­cre­di em Re­a­le­za. O pre­si­den­te da co­o­pe­ra­ti­va, Jo­sé Cé­sar Wüns­ch, lem­brou o mo­men­to da ins­ta­la­ção do Si­cre­di no mu­ni­cí­pio, em mar­ço de 1998. “Es­ta­mos aqui há 19 anos, so­man­do com a co­mu­ni­da­de, e acre­di­tan­do que tu­do é pos­sí­vel re­a­li­zar. O es­pa­ço que tí­nha­mos aca­bou fi­can­do pe­que­no em fun­ção de nos­so cres­ci­men­to, des­ta­ca­mos que foi fun­da­men­tal pa­ra nos­sa con­so­li­da­ção e fi­ca­mos mui­to gra­tos pe­lo con­fi­an­ça do pro­pri­e­tá­rio. Ago­ra, quan­do nos­sos as­so­ci­a­dos en­tra­rem nes­se no­vo es­pa­ço, que­re­mos que se sin­tam em ca­sa, afi­nal foi a sua par­ti­ci­pa­ção que nos deu a con­di­ção de ter es­sa no­va agên­cia”, dis­se.

RA­MO. Ca­te­go­ria veí­cu­los au­to­mo­to­res e re­bo­ques te­ve o pi­or de­sem­pe­nho.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.