Nú­me­ro de aci­den­tes cai 40,6% na Co­lom­bo

O Diario do Norte do Parana - - MARINGÁ - Nai­le­na Fai­an nai­le­na@odi­a­rio.com Par­ce­ria

Le­van­ta­men­to di­vul­ga­do on­tem pe­la Po­lí­cia Ro­do­viá­ria Fe­de­ral (PRF) mos­tra que os aci­den­tes na BR-376, no tre­cho que com­pre­en­de a Ave­ni­da Co­lom­bo, em Ma­rin­gá, ti­ve­ram que­da de 40,6% em 2016 na com­pa­ra­ção com 2014. Os de­mais ín­di­ces apu­ra­dos, quan­ti­da­de de fe­ri­dos le­ves e gra­ves e de mor­tos, tam­bém di­mi­nuí­ram.

Em 2014 fo­ram re­gis­tra­dos 532 aci­den­tes an­te 402 em 2015 e 316 em 2016 na ro­do­via, que com­pre­en­de dez quilô­me­tros, do shop­ping Ca­tu­aí ao Con­tor­no Sul. De 2014 a 2016, hou­ve que­da no nú­me­ro de fe­ri­dos le­ves (15,1%), fe­ri­dos gra­ves (-6,3%) e mor­tos – óbi­tos re­gis­tra­dos ape­nas no lo­cal - (-66,7%).

Pa­ra o ins­pe­tor da PRF, Wil­son Ma­ti­nez, o re­sul­ta­do po­si­ti­vo re­fle­te as ações de­sen­vol­vi­das pe­la equi­pe. “As fis­ca­li­za­ções cons­tan­tes con­tri­buí­ram pa­ra o de­clí­nio dos ín­di­ces. O ob­je­ti­vo é que não ocor­ram mor­tes no trân­si­to. Por is­so con­ti­nu­a­re­mos in­ten­si­fi­can­do as ações.”

Mar­ti­nez tam­bém atri­bui o re­sul­ta­do à con­clu­são do Con­tor­no Nor­te, em ja­nei­ro de 2014, que de­sa­fo­gou o trân­si­to no tre­cho, ti­ran­do de cir­cu­la­ção os veí­cu­los mais pe­sa­dos.

O nú­me­ro de aci­den­tes com mo­to­ci­cle­tas tam­bém caiu no tri­ê­nio (16,1%). Fo­ram 243 ocor­rên­ci­as re­gis­tra­das em 2014 con­tra 193 em 2015 e 204 em 2016. En­tre­tan­to, as mo­tos são a gran­de pre­o­cu­pa­ção por­que es­ta­vam en­vol­vi­das em 45% dos aci­den­tes em 2014, já em 2015, 48%, e em 2016 em 64,5%. “No ano pas­sa­do, 100% (du­as mor­tes) re­gis­tra­das na Co­lom­bo fo­ram de mo­to­ci­clis­tas. Por te­rem um trân­si­to mais li­vre, es­ses veí­cu­los de­sen­vol­vem mais ve­lo­ci­da­de”, afir­mou o ins­pe­tor da PRF. A par­tir des­te mês, PRF, Po­lí­cia Mi­li­tar (PM), Po­lí­cia Ci­vil (PC) e agen­tes a Se­cre­ta­ria de Mobilidade Urbana (Se­mob) vão pas­sar a re­a­li­zar fis­ca­li­za­ções em con­jun­to na Co­lom­bo e em ru­as pa­ra­le­las.

O se­cre­tá­rio da Se­mob, Gil­ber­to Pu­pur, acre­di­ta que o con­vê­nio pos­si­bi­li­ta­rá que os “pe­ri­go­sos” se­jam re­ti­ra­dos de cir­cu­la­ção. “En­quan­to a PRF atua na ro­do­via, os PMs po­dem agir em vi­as pa­ra­le­las, coi­bin­do a fu­ga. Is­so de­ve di­mi­nuir mais ain­da os ín­di­ces apre­sen­ta­dos e im­pe­dir que veí­cu­los em si­tu­a­ção ir­re­gu­lar se­jam re­ti­ra­dos de cir­cu­la­ção. A pri­mei­ra ação em con­jun­to es­ta­va pro­gra­ma­da pa­ra on­tem, mas a chu­va im­pe­diu a re­a­li­za­ção. Uma no­va da­ta pa­ra o iní­cio dos tra­ba­lhos se­rá de­fi­ni­da em reu­nião.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.