UMA PA­RI­SI­EN­SE EM MA­RIN­GÁ

O Diario do Norte do Parana - - MARINGÁ -

Há uma fran­ce­sa en­tre nós que tro­cou os 324 me­tros de al­tu­ra da Tor­re Eif­fel pe­los 124 me­tros da Ca­te­dral de Ma­rin­gá, a Champs-Ély­sées pe­la Ave­ni­da Bra­sil, a Ópe­ra Gar­ni­er pe­lo Te­a­tro Ca­lil Had­dad. A mu­dan­ça soa tão inu­si­ta­da que a blo­guei­ra Eva Ge­ne­viè­ve Pou­mail­loux, 37 anos, di­fi­cil­men­te pas­sa um dia sem res­pon­der aos no­vos ami­gos por que dei­xou Pa­ris – não ra­ra­men­te ci­ta­da co­mo a mais be­la ci­da­de do mun­do – pa­ra vi­ver nu­ma jo­vem ci­da­de do in­te­ri­or do Pa­ra­ná. Eva ex­pli­ca que seu in­te­res­se por Ma­rin­gá co­me­çou há 15 anos, quan­do ela co­nhe­ceu a ma­rin­ga­en­se Lu­ci­a­ne Ca­ban­nes, com quem tra­ba­lhou em Pa­ris. A pro­pa­gan­da fei­ta pe­la ami­ga bra­si­lei­ra foi tão po­si­ti­va que, em ju­nho de 2016, Eva de­ci­diu pas­sar um mês na Ci­da­de Can­ção. “Quan­do eu che­guei vi que a qua­li­da­de de vi­da al­ta da ci­da­de era ver­da­de, com mui­tas ár­vo­res e mui­ta se­gu­ran­ça”, co­men­ta a pa­ri­si­en­se, so­bre os con­vin­cen­tes ar­gu­men­tos da ami­ga. En­can­ta­da com o ver­de das ru­as, com a Ca­te­dral, a qua­li­da­de de vi­da, o flu­xo de es­tu­dan­tes de uma ci­da­de uni­ver­si­tá­ria e com a ca­lo­ro­sa aco­lhi­da dos ma­rin­ga­en­ses, Eva de­ci­diu que um mês era pou­co. Aos ami­gos da­qui e aos de lá ela ex­pli­ca que ama Pa­ris, mas que “a qua­li­da­de de vi­da da­qui é me­lhor. Lá é bom pa­ra pas­se­ar, mas, pa­ra mo­rar, Ma­rin­gá é me­lhor pa­ra mim”. Pro­fes­so­ra de fran­cês, Eva ain­da não re­ce­beu vi­si­tas de seus ami­gos fran­ce­ses. “Eles ain­da não en­ten­de­ram que eu re­sol­vi fi­car aqui, que eu não vou vol­tar”. /// Luiz Fer­nan­do Car­do­so

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.