Ca­mi­sa his­tó­ri­ca de Ita­mar é do­a­da ao Mu­seu Es­por­ti­vo

O Diario do Norte do Parana - - EESSPPOORRTTEESS - Pedro So­lheid pe­dro­so­lheid@odi­a­rio.com

Pe­ça é a mes­ma que ex-ata­can­te usou ao mar­car o gol do tí­tu­lo con­quis­ta­do pe­lo Grê­mio de Es­por­tes Ma­rin­gá em 1977

Mos­tra iti­ne­ran­te com cen­te­nas de ou­tros itens do es­por­te lo­cal es­tá atu­al­men­te no sa­guão do Ho­tel Bris­tol

Na se­ma­na que Ma­rin­gá co­me­mo­ra 70 anos (o ani­ver­sá­rio da ci­da­de é ho­je), um re­en­con­tro cer­ca­do de emoção sim­bo­li­zou um mar­co na his­tó­ria do es­por­te lo­cal. O psi­có­lo­go so­ci­al Cel­so Cor­rêa, pro­fes­sor apo­sen­ta­do da UEM que atu­al­men­te re­si­de na pau­lis­ta São Ma­nu­el, trou­xe de vol­ta à Ci­da­de Can­ção uma re­lí­quia do Grê­mio de Es­por­tes Ma­rin­gá – a ca­mi­sa que o ex-ata­can­te Ita­mar Bel­la­sal­ma usou ao mar­car o gol do úl­ti­mo tí­tu­lo es­ta­du­al do Ga­lo Gu­er­rei­ro, em 1977. Cor­rêa, que é ami­go de Ita­mar, en­trou em con­ta­to com o cu­ra­dor do Mu­seu Es­por­ti­vo de Ma­rin­gá, Antô­nio Ro­ber­to de Pau­la, in­te­res­sa­do em do­ar aca­mi­sa­a­o­mu­seu.

O encontro acon­te­ceu no úl­ti­mo sá­ba­do, no Ho­tel Bris­tol, e reuniu as três fi­gu­ras en­vol­vi­das nes­se im­por­tan­te mo­men­to. “O Ita­mar me li­gou e dis­se que o pro­fes­sor Cel­so queria se en­con­trar com a gente pa­ra do­ar a ca­mi­sa pa­ra o mu­seu”, ex­pli­ca De Pau­la. “Fi­quei mui­to fe­liz pe­la con­fi­an­ça, é uma pe­ça his­tó­ri­ca pa­ra o fu­te­bol ma­rin­ga­en­se e es­ta­du­al”, com­ple­ta ele. O Mu­seu Es­por­ti­vo reú­ne, na Ex­po­si­ção Iti­ne­ran­te Ma­rin­gá Fu­te­bolMe­mó­ria,di­ver­so­si­tens­re­la­ci­o­na­dos ao es­por­te ma­rin­ga­en­se. A ex­po­si­ção fi­ca­rá du­ran­te es­te mês no Ho­tel Bris­tol, on­de o en­con­tro­foi­re­a­li­za­do.

Ita­mar Bel­la­sal­ma é o úni­co jo­ga­dor cam­peão pa­ra­na­en­se pe­lo Grê­mio de Es­por­tes Ma­rin­gá (1977) e pe­lo Lon­dri­na (1981). O ata­can­te fez dois gols na fi­nal em 1977, con­tra o Co­ri­ti­ba, um no jo­go de ida – 1 a 0 pa­ra o GEM em Ma­rin­gá – e ou­tro no jo­go de vol­ta – 1 a 1 no Cou­to Pe­rei­ra.

Além dos ti­mes pa­ra­na­en­ses, Ita­mar te­ve pas­sa­gens por Pal­mei­ras, São Pau­lo e Bo­ta­fo­go. “Eu fi­quei mui­to emo­ci­o­na­do, é a ca­mi­sa que fo­mos cam­peões”, con­fes­sa ele, que con­ti­nu­ou mo­ran­do em Ma­rin­gá qu­an­do en­cer­rou a car­rei­ra.

Cel­so Cor­rêa con­ta que pe­diu a au­to­ri­za­ção de Ita­mar an­tes de do­ar a re­lí­quia. “Foi uma emoção mui­to grande re­ce­ber es­sa ca­mi­sa­de­lehá40a­nos,ela­es­tá­co­mi­go des­de en­tão. Eu li­guei pa­ra pe­dir au­to­ri­za­ção, se fi­ca co­mi­go só eu e mi­nha fa­mí­lia ve­mos, é uma ca­mi­sa his­tó­ri­ca, que to­dos de­vem ver”. O pro­fes­sor res­sal­ta que a se­ri­e­da­de do tra­ba­lho re­a­li­za­do no Mu­seu Es­por­ti­vo foi o que mo­ti­vou a do­a­ção. “Vá­ri­os já ten­ta­ram com­prar es­sa ca­mi­sa, mas eu sem­pre fa­lei que não tem pre­ço. Foi um mo­men­to emo­ci­o­nan­te mes­mo, to­do mun­do fi­cou fe­liz”, con­fes­sa.

O Mu­seu Es­por­ti­vo fun­ci­o­na por meio de do­a­ções co­mo a do pro­fes­sor. O res­pon­sá­vel é o jor­na­lis­ta Antô­nio Ro­ber­to de Pau­la, que fa­la or­gu­lho­so so­bre o mais no­vo item do acer­vo. “É o úl­ti­mo grande tí­tu­lo do fu­te­bol Ma­rin­ga­en­se, a ca­mi­sa do ar­ti­lhei­ro e au­tor do gol do tí­tu­lo, é uma emoção mui­to grande”, ad­mi­te. Em meio a um ca­fé e mui­ta his­tó­ria pra con­tar, o trio co­lo­cou a ca­mi­sa nú­me­ro no­ve em um qua­dro de vi­dro, pa­ra que, 40 anos de­pois, as no­vas ge­ra­ções pos­sam apre­ci­ar es­sa boa lem­bran­ça dos tem­pos áu­re­os doG­rê­mi­o­deEs­por­tesMa­rin­gá.

EN­TRE­GA SOLENE. Antô­nio Ro­ber­to de Pau­la, pro­fes­sor Cel­so Cor­rêa e Ita­mar Bel­la­sal­ma.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.