Li­ci­ta­ção de­fi­ne ges­tor do Restaurante Po­pu­lar

O Diario do Norte do Parana - - MARINGÁ -

O Restaurante Po­pu­lar de Ma­rin­gá, que com­ple­ta se­te anos em agos­to, não cor­re o ris­co de fe­cha­men­to, con­for­me che­gou a ser ven­ti­la­do em re­des so­ci­ais nes­te fi­nal de se­ma­na. O que vai acon­te­cer é uma li­ci­ta­ção pa­ra de­fi­nir qual em­pre­sa vai ad­mi­nis­trar o restaurante nos pró­xi­mos dois anos.

A li­ci­ta­ção foi pu­bli­ca­da sex­ta-fei­ra e o pre­gão pre­sen­ci­al es­tá pre­vis­to pa­ra o próximo dia 29. A or­ga­ni­za­ção não go­ver­na­men­tal Ação So­ci­al do Pa­ra­ná (ASP), que ad­mi­nis­tra o es­ta­be­le­ci­men­to des­de sua aber­tu­ra, em 2010, tam­bém de­ve par­ti­ci­par da con­cor­rên­cia.

Se­gun­do o se­cre­tá­rio de As­sis­tên­cia So­ci­al e Ci­da­da­nia de Ma- rin­gá, Eder­lei Al­ka­mim, a notícia so­bre o pos­sí­vel fe­cha­men­to do restaurante faz sen­ti­do, pois há anos que não acon­te­ce li­ci­ta­ção pa­ra con­tra­ta­ção de em­pre­sa pa­ra a ter­cei­ri­za­ção dos ser­vi­ços, o que cau­sou cer­ta apre­en­são en­tre os fun­ci­o­ná­ri­os. No iní­cio de 2015, por exemplo, uma li­ci­ta­ção foi sus­pen­sa pe­la Justiça de­pois que uma em­pre­sa de ali­men­ta­ção de Ma­rin­gá ques­ti­o­nou o edi­tal.

Em ne­nhum mo­men­to o fun­ci­o­na­men­to­do­res­tau­ran­te­es­te­ve ame­a­ça­do, já que a pre­fei­tu­ra es­ta­be­le­cia adi­ti­vos ao con­tra­to pa­ra que a ASP con­ti­nu­as­se for­ne­cen­do as re­fei­ções.

Em­bo­ra o adi­ti­vo atu­al ao con­tra­to ven­ça an­tes do fi­nal do pro­ces­so li­ci­ta­tó­rio, a pre­fei­tu­ra ga­ran­te que não há ris­co de in­ter­rup­ção do for­ne­ci­men­to das re­fei­ções, já que ain­da nes­ta se­ma­na se­rá fir­ma­do um novo adi­ti­vo até a da­ta de posse da em­pre- sa que ven­cer a con­cor­rên­cia.

Pe­lo edi­tal, qual­quer em­pre­sa do ra­mo ali­men­tí­cio po­de­rá par­ti­ci­par do pre­gão, des­de que es­te­ja ha­bi­li­ta­da di­an­te da pre­fei­tu­ra. A ASP de­ve­rá mais uma vez con­cor­rer, já que é uma das ins­ti­tui­ções com mai­or ex­pe­ri­ên­cia na administração de res­tau­ran­tes populares do Bra­sil, três de­les na re­gião de Cu­ri­ti­ba. Com 65 anos de exis­tên­cia, ela é uma or­ga­ni­za­ção sem fins lu­cra­ti­vos, mem­bro de ou­tra en­ti­da­de, a Cá­ri­tas, li­ga­da à Con­fe­rên­cia Na­ci­o­nal dos Bis­pos do Bra­sil (CNBB).

O Restaurante Po­pu­lar de Ma­rin­gá, na Vi­la Olím­pi­ca, é re­sul­ta­do de uma par­ce­ria en­tre a pre­fei­tu­ra e o go­ver­no fe­de­ral, por meio da Se­cre­ta­ria Na­ci­o­nal de Se­gu­ran­ça Ali­men­tar e Nu­tri­ci­o­nal do Mi­nis­té­rio de De­sen­vol­vi­men­to So­ci­al e Com­ba­te a Fo­me (MDS). Ser­ve mil re­fei­ções por dia, de se­gun­da a sex­ta­fei­ra, com car­dá­pio ba­lan­ce­a­do, con­ten­do ar­roz, fei­jão, um ti­po de car­ne, acom­pa­nha­men­to, sa­la­da e so­bre­me­sa.

O objetivo é aten­der a po­pu­la­ção de bai­xa ren­da, prin­ci­pal­men­te tra­ba­lha­do­res, que pa­gam R$ 2 por al­mo­ço. O mu­ni­cí­pio sub­si­dia mais R$ 3,58.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.