Ve­re­a­do­res apro­vam pa­dro­ni­za­ção

O Diario do Norte do Parana - - MARINGÁ - Taís Na­ka­ku­ra tais­na­ka­ku­ra@odi­a­rio.com

Des­de que co­me­ça­ram as mu­dan­ças pa­ra de­mo­li­ção do Ter­mi­nal Ur­ba­no de Ma­rin­gá, o as­sun­to do trans­por­te co­le­ti­vo es­tá cons­tan­te­men­te nos dis­cur­sos dos­ve­re­a­do­res­da­ci­da­de.Na­ses­são de on­tem, en­trou em pau­ta um pro­je­to so­bre a pa­dro­ni­za­ção dos pon­tos de ôni­bus – es­se já é se­gun­do que dis­põe so­bre o as­sun­to­a­pre­sen­ta­do­no­a­no.

O tex­to apro­va­do pe­los ve­re­a­do­res em pri­mei­ra dis­cus­são é uma al­te­ra­ção de uma lei de 2012, pro­pos­ta pe­lo en­tão ve­re­a­dor Hum­ber­to Hen­ri­que (PT), e pro­mul­ga­da pe­la Câ­ma­ra. A nor­ma es­ta­be­le­ce que to­dos os pon­tos de pa­ra­da dos ôni­bus te­nham co­ber­tu­ra, ban­co, ilu­mi­na­ção, cal­ça­men­to em to­da a área, ve­da­ção nas la­te­rais e na par­te de trás, além de pla­cas in­di­ca­ti­vas das li­nhas que pas­sam pe­lo lo­cal e res­pec­ti­vos ho­rá­ri­os. A ma­té­ria apro­va­da acres­cen­ta, a es­ses pré-re­qui­si­tos, a ins­ta­la­ção de li­xei­ras.

O pro­je­to é de au­to­ria do ve­re­a­dor Sid­ney Tel­les (PSD). Se­gun­do ele, a pro­pos­ta re­to­ma a lei, dan­do ên­fa­se à co­le­ta de li­xo. “Ma­rin­gá é con­si­de­ra­da uma das me­lho­res ci­da­des pa­ra se vi­ver, mas tem mui­to li­xo jo­ga­do no chão e, além dis­so, não tem li- xei­ras”, diz. “É mui­to im­por­tan­te que a po­pu­la­ção par­ti­ci­pe com a ci­da­da­nia, com o ze­lo pa­ra man­terMa­rin­gáu­ma­ci­da­de­lim­pa”.

Qu­an­do ques­ti­o­na­do so­bre o des­cum­pri­men­to da lei de 2012, por ain­da ha­ver pon­tos de pa­ra­da que não cum­prem es­ses pré-re­qui­si­tos, Tel­les afir­ma que a pro­pos­ta de­le vi­sa me­lho­rar es­sa nor­ma e cri­ar um ins­tru­men­to de co­bran­ça. “An­tes, era a em­pre­sa [Trans­por­te Co­le­ti­vo Ci­da­de Can­ção] que era res­pon­sá­vel pe­la ins­ta­la­ção des­ses pon­tos. Ho­je, é a pre­fei­tu­ra. En­tão, o que eu es­tou fa­zen­do, é me­lho­rar a lei, acres­cen­tan­do a ques­tão fun­da­men­tal da lim­pe­za pú­bli­ca, pa­ra po­der co­brar que se­ja cum­pri­da.”

Por meio da as­ses­so­ria de im­pren­sa, a con­ces­si­o­ná­ria in­for­mou que “não tem na­da a ver” com es­sa ques­tão, pois a Se­cre­ta­ria de Mo­bi­li­da­de Ur­ba­na (Se­mob) é a res­pon­sá­vel por ge­ren­ci­a­ra­co­lo­ca­ção­dos­pon­tos.

O se­cre­tá­rio da Se­mob, Gil­ber­to Pu­pur, afir­mou que as úl­ti­mas ins­ta­la­ções de pon­tos es­tão de acor­do­co­ma­lei­e­que­es­táe­man­da­men­to um no­vo or­ça­men­to. “A in­ten­ção é que to­dos os pon­tos te­nham o abri­go até o fi­nal da ad­mi­nis­tra­ção. En­tre­tan­to, em al­guns lo­cais não é apli­cá­vel em ra­zão do ta­ma­nho da cal­ça­da”, ex­pli­cou.

—FO­TO: CAUHÊ SANCHES

CA­RAC­TE­RÍS­TI­CAS. Nor­ma es­ta­be­le­ce que lo­cais de pa­ra­da te­nham co­ber­tu­ra, ban­co, ilu­mi­na­ção, li­xei­ras e cal­ça­men­to em to­da a área, en­tre ou­tras exi­gên­ci­as.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.