FMI pro­je­ta cres­ci­men­to de 0,2% para o País

O Diario do Norte do Parana - - ECONOMIA - /// Agên­ci­aB­ra­sil

O Fun­do Mo­ne­tá­rio In­ter­na­ci­o­nal (FMI) pro­je­ta um cres­ci­men­to de 0,2% para o Pro­du­to In­ter­no Bru­to (PIB) nes­te ano e uma ex­pan­são econô­mi­ca de 1,7% para 2018. “O cres­ci­men­to em 2017 se­rá sus­ten­ta­do pe­la sa­fra de so­ja, pelo au­men­to do con­su­mo, im­pul­si­o­na­do pe­la li­be­ra­ção das con­tas ina­ti­vas do Fun­do de Ga­ran­tia do Tem­po de Ser­vi­ço (FGTS), uma re­to­ma­da gra­du­al do in­ves­ti­men­to e a al­ta dos pre­ços do mi­né­rio de fer­ro”, diz o re­la­tó­rio di­vul­ga­do on­tem pe­lo­fun­do. As pro­je­ções para o Bra­sil es­tão abaixo do cres­ci­men­to es­pe­ra­do para a Amé­ri­ca La­ti­na e o Ca­ri­be, uma ex­pan­são econô­mi­ca de 1,1% para a re­gião em 2017 e de 2% em 2018. As re­for­mas pro­pos­tas pelo go­ver­no e o pro­gres­so da in­cer­te­za po­lí­ti­ca são fa­to­res que, na ava­li­a­ção do FMI, con­ti­nu­a­ram afe­tan­do as pers­pec­ti­vas bra­si­lei­ras. Nes­se sen­ti­do, o fun­do en­fa­ti­za o pa­pel da re­for­ma­daP­re­vi­dên­cia. O di­re­tor do De­par­ta­men­to do He­mis­fé­rio Oci­den­tal do FMI, Ale­jan­dro Wer­ner, dis­se, no en­tan­to, que ainda é ce­do para sa­ber co­mo as tur­bu­lên­ci­as po­lí­ti­cas vão afe­tar a agenda de re­for­mas e a eco­no­mia nos pró­xi­mos me­ses. “É mais sá­bio es­pe­rar e ver co­mo as coisas se de­sen­vol­vem. En­tão, com o ce­ná­rio mais cla­ro, ava­li­ar a si­tu­a­ção”, dis­se, du­ran­te apre­sen­ta­ção do re­la­tó­rio.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.