Amor, jus­ti­ça, trai­ção e ba­lé

O Diario do Norte do Parana - - CULTURA - Re­na­to Cro­zat­ti cro­zat­ti@odi­a­rio.com

Es­pe­tá­cu­lo “O Cor­sá­rio”, ins­pi­ra­do em po­e­ma de Lord By­ron, se­rá apre­sen­ta­do ama­nhã no Ca­lil Had­dad Apre­sen­ta­ção mar­ca os 35 anos da Academia Dai­sa Pol­tro­ni­e­ri e con­ta com bai­la­ri­nos de Lon­dri­na

“É uma his­tó­ria de amor, jus­ti­ça e trai­ção.” As­sim Dai­sa Pol­tro­ni­e­ri de­fi­ne a mon­ta­gem “O Cor­sá­rio”, car­taz de ama­nhã no Te­a­tro Ca­lil Had­dad, às 19h30. A noi­te con­ta­rá com apre­sen­ta­ções de stre­et dance, k-pop e sa­pa­te­a­do. Os in­gres­sos va­ri­am de R$ 40 a R$20, com clas­si­fi­ca­ção li­vre.

Pro­du­zi­do e apre­sen­ta­do pe­la Aca­de­mi­aDai­saPol­tro­ni­e­ri,oes­pe­tá­cu­lo “O Cor­sá­rio” (“Le Cor­sai­re”, do fran­cês) é uma adap­ta­ção do po­e­ma “The Cor­sair”, do bri­tâ­ni­co Lord By­ron, de 1814.

O ba­lé de re­per­tó­rio (em que há uma nar­ra­ti­va, com bai­la­ri­nos in­ter­pre­tan­do per­so­na­gens) é di­vi­di­do em três atos e a his­tó­ria gi­ra em tor­no de Con­rad, um pi­ra­ta que che­ga à ilha de Cós após uma tem­pes­ta­de. Lá ele co­nhe­ce Len­ke­de­en, um mer­ca­dor de es­cra­vas, e se apai­xo­na por uma de­las, a gre­ga Me­do­ra. Ela é ven­di­da a ou­tro co­mer­ci­an­te e lo­go Con­rad ini­cia uma bus­ca pe­la ama­da com a aju­da de al­guns com­pa­nhei­ros.

Se­gun­do con­ta a pro­fes­so­ra e di­re­to­ra do es­pe­tá­cu­lo, Dai­sa Pol­tro­ni­e­ri, a ideia de tra­zer es­sa his­tó­ria pa­ra Ma­rin­gá é pa­ra fu­gir das pe­ças de ba­lés de re­per­tó­rio mais co­nhe­ci­das, co­mo “O La­go dos Cis­nes”, “Don Qui­xo­te” e “Be­la Ador­me­ci­da”.

“To­dos­re­pe­te­mos­con­toshe­lê­ni­cos ou de fada, mas nin­guém nun­ca mon­tou ‘O Cor­sá­rio’ na ci­da­de. Que­ria al­go que ti­ves­se uma at­mos­fe­ra de tu­do o que es­tá acon­te­cen­do no mun­do. Qu­e­ri­a­al­go­re­al”,di­ze­la.

A pe­ça se­rá apre­sen­ta­da co­mo uma suite, ou se­ja, uma Quan­do: ama­nhã On­de: Te­a­tro Ca­lil Had­dad En­de­re­ço: Av. Luís Tei­xei­ra Men­des, 2.500 In­gres­so: R$ 40 (in­tei­ra) e R$20 (meia) his­tó­ria con­den­sa­da do es­pe­tá­cu­lo ori­gi­nal. Ao to­do se­rão 40 mi­nu­tos de apre­sen­ta­ção, com 40 bai­la­ri­nos di­vi­din­do o pal­co do te­a­tro en­tre per­so­na­gens prin­ci­pais e co­ad­ju­van­tes.

Ao tér­mi­no da apre­sen­ta­ção, ha­ve­rá um in­ter­va­lo de dez mi­nu­tos e, de­pois, a apre­sen­ta­ção de ba­lé clás­si­co, stre­et dance e k-pop (gê­ne­ro de mú­si­ca co­re­a­na) com alu­nas da Academia, e do TAP UEM, gru­po de sa­pa­te­a­dos da UEM co­or­de­na­do por Dai­sa.

To­do ano ela mon­ta um es­pe­tá­cu­lo nes­sa mes­ma épo­ca, sem­pre com con­vi­da­dos es­pe­ci­ais. Des­sa vez a par­ti­ci­pa­ção se­rá dos dan­ça­ri­nos do Con­ser­va­tó­rio das Ar­tes Lon­dri­nen­se, de Lon­dri­na. Se­gun­do con­ta, as apre­sen­ta­ções têm co­mo ob­je­ti­vo atrair o pú­bli­co ma­rin­ga­en­se pa­ra a dan­ça. “Bus­co fo­men­tar a cul­tu­ra e con­tri­buir pa­ra for­ma­ção de pla­teia”, co­men­ta. As apre­sen­ta­ções de ama­nhã fa­zem par­te da co­me­mo­ra- ção de 35 anos da Academia Dai­sa Pol­tro­ni­e­ri. Pro­fes­so­ra de dan­ça e co­reó­gra­fa, ela es­tu­dou ba­lé em Londres e Pa­ris an­tes de abrir a es­co­la em Ma- rin­gá. Com a academia en­si­nou di­ver­sos bai­la­ri­nos con­cei­tu­a­dos, com des­ta­que ao ma­rin­ga­en­se Mo­a­cir Ema­no­el, atu­al so­lis­ta do Te­a­tro Mu­ni­ci­pal do Rio de Ja­nei­ro. Ao lon­go da car­rei­ra, ela já mon­tou di­ver­sas apre­sen­ta­ções de ba­lé de re­per­tó­rio, en­tre as quais “Don Qui­xo­te” e “O Que­bra No­zes”.

—FO­TO: DI­VUL­GA­ÇÃO

SUTIL. En­saio de “O Cor­sá­rio” re­a­li­za­do es­ta se­ma­na na Academia Dai­sa Pol­tro­ni­e­ri.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.