MU­DAN­ÇA QUE TRAZ RE­SUL­TA­DO

O Diario do Norte do Parana - - PARANÁ -

Em 2015, a ana­lis­ta fi­nan­cei­ra So­li­a­ne Faus­ti­no se viu com 89 qui­los, bas­tan­te es­tres­sa­da e cheia de do­res. Sua ro­ti­na se re­su­mia a tra­ba­lhar mui­to e o so­fá na volta pa­ra ca­sa. Can­sa­da da obe­si­da­de, de­ci­diu pro­mo­ver mu­dan­ças, ma­tri­cu­lou-se em uma aca­de­mia e fez exer­cí­ci­os du­ran­te seis me­ses. O can­sa­ço ex­tre­mo que sen­tia du­ran­te uma ca­mi­nha­da pas­sou e per­mi­tiu que ela dis­pu­tas­se a primeira cor­ri­da em 2015. Com a ex­pe­ri­ên­cia, dei­xou a aca­de­mia, on­de se sen­tia pre­sa, e par­tiu pa­ra exer­cí­ci­os ao ar li­vre. “No co­me­ço era mui­to can­sa­ço, mas, psi­co­lo­gi­ca­men­te, eu es­ta­va me­lhor”, lem­brou So­li­a­ne. A ati­vi­da­de fí­si­ca ga­nhou es­pa­ço na ro­ti­na da ana­lis­ta que cum­pre, de se­gun­da a sex­ta-fei­ra, trei­nos de apro­xi­ma­da­men­te 1h20 e, no fim de se­ma­na, ain­da par­te pa­ra um per­cur­so mais lon­go. De­vi­do à en­tra­da dos exer­cí­ci­os, 15 qui­los ‘saí­ram’. “Eu não fiz di­e­ta lou­ca. O re­sul­ta­do veio das ati­vi­da­des. Quan­do eu es­ta­va obe­sa, se­den­tá­ria, sen­tia mui­ta dor na ca­be­ça, jo­e­lho, cos­tas, jun­tas, não ti­nha on­de não doía. Ho­je mi­nha qua­li­da­de de vi­da é ou­tra”, afir­ma. A mu­dan­ça foi tão gran­de que ela ini­ci­a­rá os trei­nos pa­ra sua primeira meia ma­ra­to­na (per­cur­so de 21 km). Além dis­so, tor­nou­se uma in­cen­ti­va­do­ra da prá­ti­ca fí­si­ca, le­van­do a ir­mã ca­çu­la pa­ra o clu­be de cor­ri­da. ///Pau­li­ne Al­mei­da

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.