Ca­pa­ci­ta­ção é o ne­gó­cio

O Diario do Norte do Parana - - EESMPPECRIEAGLOS - Fer­nan­da Ber­to­la fer­nan­da@odi­a­rio.com

Már­cio Ve­lo­so San­tos, 46 anos, vi­ve o mes­mo dra­ma de mi­lhões de bra­si­lei­ros que es­tão de­sem­pre­ga­dos. De­pois de tra­ba­lhar du­ran­te 17 anos nu­ma fá­bri­ca de so­fá, na área de ma­nu­ten­ção, ele se viu sem opor­tu­ni­da­des. Não con­se­guiu con­tra­to em car­tei­ra até ago­ra, e re­ceia fa­zer ani­ver­sá­rio, em ou­tu­bro, com­ple­tan­do tam­bém um ano de de­sem­pre­go.

Pa­ra se vi­rar, San­tos ten­tou al­guns bi­cos na área em que tra­ba­lha­va, sem su­ces­so. Com uma das fi­lhas com ape­nas 3 anos – a mais ve­lha é ca­sa­da –, a sal­va­ção da la­vou­ra tem si­do o sa­lá­rio da es­po­sa e al­guns fre­e­lan­cers que ele faz co­mo DJ, em fins de se­ma­na. Os apa­re­lhos ele com­prou com um acer­to que fez há al­guns anos na mes­ma em­pre­sa da qual foi des­pe­di­do. O que fal­ta de equi­pa­men­to, ele alu­ga.

San­tos, po­rém, está de­ci­di­do a en­con­trar uma no­va pro­fis­são que lhe per­mi­ta tra­ba­lhar co­mo autô­no­mo ou em­pre­ga­do, e que pro­por­ci­o­ne mais se­gu­ran­ça. A ideia nas­ceu de­pois que um vi­zi­nho ele­tri­cis­ta o con­vi­dou pa­ra aju­dar em uma ins­ta­la­ção. “Per­gun­tei ao meu vi­zi­nho quan­to co­bra­ria pe­lo ser­vi­ço de­le, que du­rou três di­as, e gos­tei. Me sim­pa­ti­zei com a pro­fis­são e me ma­tri­cu­lei em um cur­so”, diz.

Há dois me­ses fre­quen­tan­do um cur­so pro­fis­si­o­na­li­zan­te gra­tui­to de ele­tri­cis­ta, San­tos já man­dou fa­zer car­tão e co­me­çou a dis­tri­buir. As au­las se­guem até se­tem­bro. “Ain­da não fui pro­cu­ra­do, mas es­tou gos­tan­do tan­to do cur­so que acre­di­to que vou ar­ru­mar um em­pre­go ou vin­gar co­mo autô­no­mo”.

A di­re­to­ra da Agên­cia do Tra­ba­lha­dor de Ma­rin­gá, Cla­ri­ce Sobc­zack Chi­mir­ri, va­li­da a ati­tu­de de San­tos. Se­gun­do ela, a ca­pa­ci­ta­ção am­plia o le­que de pos­si­bi­li­da­des, mes­mo que não ha­ja ex­pe­ri­ên­cia, já que al­gu­mas em­pre­sas ad­mi­tem fun­ci­o­ná­ri­os pa­ra for­má-los.

Ela des­ta­ca que, es­te ano, a Agên­cia dis­po­ni­bi­li­za 25 va­gas de for­ma gra­tui­ta em 50 di­fe­ren­tes cur­sos pro­fis­si­o­na­li­zan­tes. “Até ano pas­sa­do ofe­re­cía­mos mais opor­tu­ni­da­des por­que tí­nha­mos uma ver­ba do go­ver­no fe­de­ral que não veio es­te ano. As va­gas que es­ta­mos ofe­re­cen­do ago­ra re­sul­tam de uma par­ce­ria en­tre a Pre­fei­tu­ra e Ser­vi­ço Na­ci­o­nal de Apren­di­za­gem In­dus­tri­al (Se­nai)”, diz.

Den­tre os cur­sos que po­dem ser pro­cu­ra­dos di­re­to na Agên­cia es­tão o de Ins­ta­la­ção de Ge­ra­do­res de Ener­gia (iní­cio em 03/06), De­sen­vol­vi­men­to de Sis­te­mas (03/06), Au­to­cad pa­ra Pro­je­tos Elé­tri­cos (26/06), Au­to­ma­ção Re­si­den­ci­al com Ar­duí­no (27/06) e Ins­tru­men­ta­ção In­dus­tri­al Bá­si­ca (agos­to).

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.