Maia diz que tex­to se­rá apre­ci­a­do no 1º se­mes­tre

O Diario do Norte do Parana - - ECONOMIA GERAL - Agên­cia Es­ta­do eco­no­mia@odi­a­rio.com

O pre­si­den­te da Câ­ma­ra, Ro­dri­go Maia (DEM-RJ), afir­mou que vai co­lo­car em “pou­cas se­ma­nas” o tex­to da re­for­ma da Pre­vi­dên­cia pa­ra vo­ta­ção no ple­ná­rio da Ca­sa e que is­so vai ocor­rer “com cer­te­za an­tes do fim do pri­mei­ro­se­mes­tre”.

Ao sair da aber­tu­ra do Fó­rum de In­ves­ti­men­tos Bra­sil 2017, Maia afir­mou que vai con­ver­sar com os lí­de­res par­ti­dá­ri­os pa­ra co­lo­car a re­for­ma de vol­ta à pau­ta da Ca­sa em bre­ve, sem pre­ci­sar uma da­ta. “Não po­de­mos es­ti­car mui­to es­te as­sun­to, não. Acho que é im­por­tan­te vo­tar”, afir­mou.

Qu­es­ti­o­na­do so­bre os pe­di­dos de im­pe­a­ch­ment con­tra o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer (PMDB) que fo­ram pro­to­co­la­dos na Câ­ma­ra, Maia não res­pon­deu se vai de­li­be­rar so­bre as de­nún­ci­as re­ce­bi­das.

Reu­ni­dos no even­to, Maia e o pre­si­den­te do Se­na­do, Eu­ní­cio Oli­vei­ra (PMDB-CE), fi­ze­ram co­ro em apoio ao pre­si­den­te Mi­chel Te­mer e ga­ran­ti­ram que vão se em­pe­nhar na con­du­ção das re­for­mas ape­sar da cri­se po­lí­ti­ca.

O apoio tam­bém foi de­cla­ra­do pe­lo go­ver­na­dor de São Pau­lo, Ge­ral­do Alck­min, e pe­lo pre­fei­to João Do­ria, am­bos do PSDB. “Que­ro des­ta­car nos­so em­pe­nho com as re­for­mas”, dis­se Alck­min em seu dis­cur­so. O go­ver­na­dor re­for­çou que o País não quer vol­tar ao po­pu­lis­mo e que as me­di­das pro­pos­tas pe­lo pre­si­den­te Te­mer são im­por­tan­tes.

Pro­je­ções

Pres­si­o­na­da pe­la ten­ta­ti­va de li­de­ran­ças do go­ver­no de de­si­dra­tar a re­for­ma da Pre­vi­dên­cia, a equi­pe econô­mi­ca ten­ta com nú­me­ros sen­si­bi­li­zar os par­la­men­ta­res pa­ra o im­pac­to ne­ga­ti­vo pa­ra a eco­no­mia ca­so a pro­pos­ta não pros­pe­re no Con­gres­so Na­ci­o­nal.

Pro­je­ções fei­tas pe­la equi­pe do mi­nis­tro da Fa­zen­da, Hen­ri­que Mei­rel­les, e apre­sen­ta­das aos de­pu­ta­dos e se­na­do­res apon­tam que a co­ta­ção do dó­lar po­de­rá che­gar a R$ 3,60, sem apro­va­ção da re­for­ma. O de­sem­pre­go atin­gi­ria 14%. Com a apro­va­ção da re­for­ma, o de­sem­pre­go fi­ca­ria em 12,5% e o dó­lar em tor­no de R$ 3,20.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.