Bra­sil abre 35,9 mil va­gas de tra­ba­lho

O Diario do Norte do Parana - - ECONOMIA - Agên­cia Bra­si eco­no­mia@odi­a­rio.com

Foi o quar­to mês se­gui­do com sal­do po­si­ti­vo de em­pre­gos for­mais, apon­ta o Ca­ged Cri­a­ção de pos­tos na in­dús­tria da transformação im­pul­si­o­nou o re­sul­ta­do ob­ti­do

O mer­ca­do de tra­ba­lho bra­si­lei­ro abriu 35,9 mil va­gas for­mais em ju­lho. É o quar­to mês con­se­cu­ti­vo com sal­do po­si­ti­vo e o quin­to mês do ano. As in­for­ma­ções são do Ca­das­tro Ge­ral de Em­pre­ga­dos e De­sem­pre­ga­dos (Ca­ged), do Mi­nis­té­rio do Tra­ba­lho e Em­pre­go, di­vul­ga­das on­tem.

O sal­do de ju­lho re­sul­ta da di­fe­ren­ça en­tre 1.167.770 ad­mis­sões e 1.131.870 de­mis­sões no mês pas­sa­do. De ja­nei­ro a ju­lho, há sal­do po­si­ti­vo acu­mu­la­do de 103.258 no­vas va­gas.

O sal­do po­si­ti­vo men­sal foi im­pul­si­o­na­do pe­lo se­tor da in­dús­tria da transformação, que cri­ou 12.594 va­gas. O co­mér­cio abriu 10.156 va­gas e o se­tor de ser­vi­ços, 7.714. A agro­pe­cuá­ria vem lo­go atrás, com a cri­a­ção de 7.055 va­gas. Por fim, a cons- tru­ção ci­vil te­ve cri­a­ção de 724 va­gas. Se­gun­do o Mi­nis­té­rio do Tra­ba­lho, Ro­nal­do No­guei­ra, é a pri­mei­ra vez em 33 me­ses que a cons­tru­ção ci­vil te­ve de­sem­pe­nho po­si­ti­vo na cri­a­ção de em­pre­gos. “São em­pre­gos que não de­cor­rem de uma sa­zo­na­li­da­de e têm mui­to a ver com o po­der de com­pra do con­su­mi­dor”, co­men­tou.

De acor­do com ele, a li­be­ra­ção pa­ra sa­que do sal­do das con­tas ina­ti­vas do Fun­do de Ga­ran­tia do Tempo de Ser­vi­ço (FGTS) con­tri­buiu com o re­sul­ta­do po­si­ti­vo. “Fo­ram li­be­ra­dos pa­ra o tra­ba­lha­dor R$ 44 bi­lhões das con­tas ina­ti­vas do Fun­do de Ga­ran­tia [do Tempo de Ser­vi­ço]. (...) E is­so in­flu­en­ci­ou no cres­ci­men­to [do em­pre­go] da in­dús­tria da transformação”, dis­se o mi­nis­tro

Ele pre­vê, ain­da, re­sul­ta­dos me­lho­res nos pró­xi­mos me­ses. “O Bra­sil não vai ter mais nú­me­ros ne­ga­ti­vos em em­pre­go. No mês que vem te­re­mos nú­me­ros bem me­lho­res”, dis­se Ro­nal­do No­guei­ra. Se­gun­do ele, con­tri­bui­rão pa­ra o em­pre­go os in­ves­ti­men­tos já pro­gra­ma­dos da Ge­ne­ral Mo­tors [mon­ta­do­ra de veí­cu­los] no Rio Gran­de do Sul, São Pau­lo e Pa­ra­ná. Ele re­a­fir­mou que as mu­dan­ças tra­zi­das pe­la re­for­ma tra­ba­lhis­ta têm po­ten­ci­al pa­ra cri­a­ção de 2 mi­lhões de em­pre­gos nos pró­xi­mos dois anos.

Pe­lo Twit­ter, o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer co­me­mo­rou o re­sul­ta­do do Ca­ged. “Quar­to mês se­gui­do com cri­a­ção de em­pre­gos for­mais. As 35 mil car­tei­ras as­si­na­das em ju­lho mos­tram que já es­ta­mos ven­cen­do o fan­tas­ma do de­sem­pre­go”, dis­se Te­mer.

Por ou­tro la­do, fe­cha­ram va­gas no mês de ju­lho os se­to­res de ser­vi­ços in­dus­tri­ais de uti­li­da­de pú­bli­ca (-1.125), ad­mi­nis­tra­ção pú­bli­ca (-994) e a área ex­tra­ti­va mi­ne­ral (-224).

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.