‘Não vai ha­ver im­pos­to sin­di­cal’

O Diario do Norte do Parana - - ECONOMIA - Agên­cia Bra­sil eco­no­mia@odi­a­rio.com

O mi­nis­tro do Tra­ba­lho, Ro­nal­do No­guei­ra, des­car­tou on­tem a pos­si­bi­li­da­de de ser cri­a­da no­va con­tri­bui­ção sin­di­cal obri­ga­tó­ria ou qu­al­quer ou­tro ti­po de im­pos­to que ve­nha a ex­ce­der o va­lor da que foi ex­tin­ta pe­la re­for­ma tra­ba­lhis­ta.

“O im­pos­to sin­di­cal pas­sou no Bra­sil, não vai ter mais. [Tam­bém] não ha­ve­rá con­tri­bui­ção mai­or que o im­pos­to sin­di­cal”, dis­se o mi­nis­tro. Ele dis­se, po­rém, que es­tá sen­do es­tu­da­da uma for­ma de se de­fi­nir uma con­tri­bui­ção pa­ra su­prir as des­pe­sas da con­ven­ção co­le­ti­va.

A ideia é es­ta­be­le­cer a re­mu­ne­ra­ção de um dia de tra­ba­lho (va­lor da atu­al) co­mo te­to pa­ra es­sa pos­sí­vel no­va con­tri­bui­ção. Quan­do da tra­mi­ta­ção da re­for­ma tra­ba­lhis­ta, o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer (PMDB) reu­niu-se com re­pre­sen­tan­tes de cen­trais sin­di­cais e ace­nou com uma com­pen­sa­ção pe­lo fim do im­pos­to sin­di­cal obri­ga­tó­rio em tro­ca de apoio à pro­pos­ta.

Es­pe­ra-se que a no­va con­tri­bui­ção es­te­ja pre­vis­ta na me­di­da pro­vi­só­ria (MP) que o Pla­nal­to pro­me­teu pa­ra ajus­tar pon­tos po­lê­mi­cos da re­for­ma.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.