Com a bên­ção dos ori­xás

O Diario do Norte do Parana - - CULTURA - Rafael Do­na­dio Es­pe­ci­al pa­ra O Diá­rio

Con­tem­pla­do no Prê­mio Ani­ce­to Mat­ti, Rafael Mo­rais Trio lan­ça hoje o ál­bum “Paó” na in­ter­net Em pri­mei­ro tra­ba­lho, gru­po ma­rin­ga­en­se faz ges­to de agra­de­ci­men­to e pe­de pas­sa­gem

Paó são si­nais uti­li­za­dos no iní­cio e fim dos ri­tos de Can­dom­blé e ba­ques de Ma­ra­ca­tu pa­ra re­ve­ren­ci­ar ori­xás e an­te­pas­sa­dos. Não à toa, es­se é o no­me do pri­mei­ro dis­co do gru­po ma­rin­ga­en­se Rafael Mo­rais Trio, lan­ça­do hoje no Youtu­be e iTu­nes. O gru­po foi um dos con­tem­pla­dos do Prê­mio Ani­ce­to Mat­ti do ano pas­sa­do.

“Es­se dis­co vem co­mo um pe­di­do de li­cen­ça pa­ra co­me­çar­mos a par­ti­ci­par de um cir­cui­to mu­si­cal na­ci­o­nal, pe­din­do a ben­ção de to­do mun­do que exis­tiu pa­ra que che­gás­se­mos nes­se re­sul­ta­do. É o start, o pe­di­do de li­cen­ça. Es­ta­mos aqui”, ex­pli­ca o gui­tar­ris­ta, com­po­si­tor e vo­ca­lis­ta Rafael Mo­rais, du­ran­te en­tre­vis­ta pa­ra O Diá­rio.

Pro­du­zi­do pe­lo pró­prio trio, que fi­ca com­ple­to com Ga­bri­el Mo­ra­es (bai­xo e dub fx) e An­dré Lau­er (ba­te­ria), o ál­bum é re­sul­ta­do de cin­co anos de tra­ba­lho. Pa­ra mui­tos, um tem­po ab­sur­do. Pa­ra Mo­rais, um en­si­no su­pe­ri­or.

“Lar­guei o cur­so de Co­mu­ni­ca­ção e Mul­ti­mei­os da UEM pa­ra fa­zer ou­tra fa­cul­da­de, da vi­da”, de­cla­ra. En­tre mui­tas gra­va­ções e pro­du­ções de di­ver­sos ou­tros ar­tis­tas de Ma­rin­gá e do Bra­sil, nos úl­ti­mos cin­co anos o mú­si­co foi apren­den­do ca­da vez mais a ser ar­tis­ta.

O re­sul­ta­do des­se ama­du­re­ci­men­to do gru­po es­tá vi­sí­vel (ou au­dí­vel) nas on­ze fai­xas de “Paó”, to­das com­pos­tas por Mo­rais en­tre 2010 e 2014, ex­ce­to “Po­dei”, fei­ta em par­ce­ria com Valter Ro­si­ni (Sol­la­do Bra­zi­li­an Gro­o­ve), que tam­bém par­ti­ci­pou da gra­va­ção.

Além de Ro­si­ni, o trio ain­da con­tou com os so­los da gui­tar­ra de João Ma­no­el (Sto­len Byrds), na fai­xa-tí­tu­lo “Paó”, e a al­faia de João Gui­lher­me em “Pom­pa”.

A so­no­ri­da­de do dis­co abre pas­sa­gem pa­ra uma pon­te que li­ga di­re­ta­men­te o Bra­sil à Ja­mai­ca. Do fre­vo ras­ga­do ao dub, dos ba­ques de ma­ra­ca­tu à su­a­vi­da­de do reg­gae. Sem dei­xar de la­do a ale­gria da mú­si­ca cir­cen­se em “Pi­ca­dei­ro”.

E foi agre­ga­da ao trio, ini­ci­al­men­te por ne­ces­si­da­de, a me­sa de som ca­rac­te­rís­ti­ca dos se­lec­tors do dub. Afi­nal, sair na es­tra­da com se­te mú­si­cos não é fá­cil nem pa­ra um Cri­o­lo ou um Bai­a­naSys­tem, ima­gi­na pa­ra um ra­paz ain­da pou­co co­nhe­ci­do, nas­ci­do em Itam­bé e ra­di­ca­do em Ma­rin­gá, no co­me­ço de car­rei­ra.

Ga­bri­el Mo­ra­es é o “se­lec­tor”. Ele le­va aos pal­cos to­dos os me­tais e per­cus­sões gra­va­dos no dis­co por Vi­na La­cer­da (per­cus­são), Edy Trom­bo­ne (trom­bo­ne), Na­tan Oli­vei­ra (trom­pe­te) e Ro­dri­go Sou­za (sa­xo­fo­ne). Uma amos­tra de co­mo se­rão as apre­sen­ta­ções da­qui pa­ra fren­te po­de ser con­fe­ri­da no ca­nal do Youtu­be de Rafael Mo­rais. O dis­co de se­te to­ca­do por um trio.

Uti­li­za­da, en­tre tan­tas ou­tras fun­ções, co­mo uma for­ma de se per­ce­ber no mun­do, em “Paó” Mo­rais uti­li­za a mú­si­ca tam­bém co­mo um ca­nal de ex­pres­são. Fa­la des­de as­sun­tos amo­ro­sos, com um pou­co de “re­cal­que” em “To­ma Ten­to” e um pou­co mais de pai­xão na su­ges­ti­va “Cio”, mui­to au­to­co­nhe­ci­men­to e al­gu­mas crí­ti­cas so­ci­ais, co­mo em “Paó” e “Pom­pa”.

A mi­xa­gem fi­cou nas mãos de Ga­bri­el Mo­ra­es e os ar­ran­jos de me­tais a car­go do ma­rin­ga­en­se Rafael Mon­tor­fa­no (Chi­cão). A mas­te­ri­za­ção fi­cou por con­ta de Fe­li­pe Ti­chau­er, que já tra­ba­lhou com gran­des ar­tis­tas, que, in­clu­si­ve, es­tão na lis­ta de in­fluên­ci­as do gru­po ma­rin­ga­en­se: Cu­ru­min, BNe­gão e Se­le­to­res de Frequên­cia, Rus­so Pas­sa­pus­so, Me­tá Me­tá, en­tre tan­tos ou­tros na­ci­o­nais e mun­di­ais. Ca­pa de Di­e­go Max.

O pri­mei­ro pas­so foi da­do pa­ra o iní­cio dos tra­ba­lhos do Rafael Mo­rais Trio. Ago­ra com o for­ma­to mais es­ta­be­le­ci­do, no­vas com­po­si­ções já co­me­çam a nas­cer, pen­sa­das pa­ra o dub e o se­le­tor. De­pois de for­ma­do, che­gou a ho­ra de se es­pe­ci­a­li­zar.

—FO­TO: ALVARO SASAKI

MA­RA­CA­TU. Rafael Mo­rais em show em Ma­rin­gá: “Es­se dis­co vem co­mo um pe­di­do de li­cen­ça pa­ra co­me­çar­mos a par­ti­ci­par de um cir­cui­to mu­si­cal na­ci­o­nal”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.