Ca­sa de Se­mi­li­ber­da­de se­rá ins­ta­la­da em 2018

O Diario do Norte do Parana - - MARINGÁ - Luiz de Car­va­lho car­va­lho@odi­a­rio.com

O se­cre­tá­rio de Es­ta­do de Jus­ti­ça, Tra­ba­lho e Di­rei­tos Hu­ma­nos, Ar­ta­gão Jú­ni­or, con­fir­mou pa­ra 2018 a im­plan­ta­ção de uma Ca­sa de Se­mi­li­ber­da­de em Ma­rin­gá, que aten­de­rá me­no­res de 18 anos em con­fli­to com a Jus­ti­ça por prá­ti­ca de atos in­fra­ci­o­nais.

A da­ta de ins­ta­la­ção se­rá de­fi­ni­da as­sim que a Se­cre­ta­ria de Jus­ti­ça e a Pre­fei­tu­ra de Ma­rin­gá en­tra­rem em acor­do so­bre o ter­re­no pa­ra a cons­tru­ção. A exem­plo de ou­tras Ca­sas de Se­mi­li­ber­da­de já exis­ten­tes em Umu­a­ra­ma, Pa­ra­na­vaí, Pon­ta Gros­sa e Cas­ca­vel, a de Ma­rin­gá de­ve­rá ter ca­pa­ci­da­de pa­ra 18 jo­vens e o aten­di­men­to se­rá em âm­bi­to re­gi­o­nal.

No re­gi­me de se­mi­li­ber­da­de, os jo­vens dor­mem na ins­ti­tui­ção, mas du­ran­te o dia, sob ori­en­ta­ção pe­da­gó­gi­ca e mo­ni­to­ra­men­to, par­ti­ci­pam de ati­vi­da­des edu­ca­ti­vas fo­ra da en­ti­da­de e são obri­ga­dos a es­tu­dar.

De acor­do com o con­se­lhei­ro tu­te­lar Car­los Bon­fim, a Ca­sa de Se­mi­li­ber­da­de é uma ne­ces­si­da­de, pois ho­je Ma­rin­gá con­ta ape­nas com o Cen- tro de So­ci­o­e­du­ca­ção (Cen­se), on­de tan­to ado­les­cen­tes que co­me­te­ram atos in­fra­ci­o­nais gra­ves, qu­an­to os que se en­vol­ve­ram em de­li­tos le­ves fi­cam no mes­mo am­bi­en­te. “A se­mi­li­ber­da­de é uma me­di­da in­ter­me­diá­ria, mais ri­go­ro­sa que as me­di­das em meio aber­to (pres­ta­ção de ser­vi­ços à co­mu­ni­da­de e li­ber­da­de as­sis­ti­da), mas me­nos drás­ti­ca que a in­ter­na­ção, com pri­va­ção de li­ber­da­de”, ex­pli­ca.

A Se­cre­ta­ria de Jus­ti­ça co­lo­ca a se­mi­li­ber­da­de co­mo uma me­di­da res­tri­ti­va na qual é tra­ba­lha­da a au­to­no­mia e a res­pon­sa­bi­li­da­de do ado­les­cen­te. São ofe­re­ci­dos cur­sos pro­fis­si­o­na­li­zan­tes e ati­vi­da­des cul­tu­rais e de la­zer fo­ra da ins­ti­tui­ção, sen­do o jo­vem acom­pa­nha­do pe­la equi­pe da Ca­sa.

“Al­guns ado­les­cen­tes que es­tão no Cen­se po­de­rão ir pa­ra a se­mi­li­ber­da­de an­tes de con­cluí­rem o tem­po de in­ter­na­ção, co­mo um re­gi­me de pro­gres­são”, diz o con­se­lhei­ro.

O pre­si­den­te do Con­se­lho Co­mu­ni­tá­rio de Se­gu­ran­ça (Con­seg), An­to­nio Ta­deu Ro­dri­gues, lem­bra que a se­mi­li­ber­da­de é um di­rei­to pre­vis­to no Es­ta­tu­to da Cri­an­ça e do Ado­les­cen­te (ECA).

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.