O Diario do Norte do Parana - - CULTURA -

Prá­ti­cas ino­va­do­ras e in­te­res­san­tes to­ma­ram con­ta das au­las de Ma­te­má­ti­ca em Sa­ran­di de­pois da ca­pa­ci­ta­ção de O Diá­rio na Es­co­la pa­ra pro­fes­so­res sa­ran­di­en­ses, por meio da ofi­ci­na pe­da­gó­gi­ca re­a­li­za­da na quar­ta-fei­ra da se­ma­na pas­sa­da, mi­nis­tra­da pe­las pro­fis­si­o­nais de Edu­ca­ção Sil­via Pe­rei­ra Gon­za­ga de Mo­ra­es e Lu­ci­a­na F. La­ca­nal­lo Ar­rais.

A no­va for­ma de apren­der atraiu os alu­nos, co­mo ima­gi­na­do. De­pois da ofi­ci­na, que bus­cou ex­plo­rar a re­la­ção ma­te­má­ti­ca atre­la­da ao Jor­na­lis­mo, os pro­fes­so­res apli­ca­ram os apren­di­za­dos em sa­la de au­la e a par­ti­ci­pa­ção de to­dos pa­ra a bus­ca do co­nhe­ci­men­to é um dos prin­ci­pais re­sul­ta­dos da ofi­ci­na.

Pa­ra os alu­nos foi qua­se uma brin­ca­dei­ra que en­si­na. En­tre ta­be­las e nú­me­ros, eles saí­ram da ro­ti­na e en­vol­ve­ram-se em uma mis­são ma­te­má­ti­ca, de apren­der, co­lo­rir e par­ti­ci­par das ati­vi­da­des que ins­ti­gam a in­te­ra­ção en­tre eles.

Na Es­co­la Mu­ni­ci­pal Po­e­ti­sa Ce­cí­lia Mei­re­les, foi fei­to um grá­fi­co de li­nhas e ta­be­las so­bre as tem­pe­ra­tu­ras do Pa­ra­ná. “Foi uma de­lí­cia, os alu­nos ama­ram a ex­pe­ri­ên­cia di­fe­ren­te. Sur­tiu um efei­to que eles não ima­gi­na­ram, e eu co­mo pro­fes­so­ra pos­so afir­mar que foi de mui­ta va­lia”, re­co­nhe­ce a pro­fes­so­ra do 5º ano, Gi­se­le An­dre­a­to.

De acor­do com equi­pe pe­da­gó­gi­ca da Se­cre­ta­ria de Edu­ca­ção de Sa­ran­di, as pro­fes­so­ras con­si­de­ra­ram po­si­ti­va a ca­pa­ci­ta­ção, as­sim co­mo a re­a­li­za­ção dos tra­ba­lhos pro­pos­tos du­ran­te o en­con­tro.

Com pro­fes­so­res ins­truí­dos a uti­li­za­rem o jor­nal co­mo re­cur­so pe­da­gó­gi­co, os es­tu­dan­tes pu­de­ram ter no­vas pers­pec­ti­vas e ho­ri­zon­tes no meio es­tu­dan­til. Na sa­la de au­la, os con­teú­dos jor­na­lís­ti­cos au­xi­li­a­ram o sa­ber ma­te­má­ti­co, com en­fo­que em es­ta­tís­ti­ca e pro­ba­bi­li­da­de.

No en­tan­to, o apren­di­za­do não se li­mi­ta à Ma­te­má­ti­ca. Ca­da alu­no em con­ta­to com o jor­nal apren­de além da­qui­lo que es­tá sen­do en­si­na­do. Am­plia os co­nhe­ci­men­tos em Ar­tes, Li­te­ra­tu­ra, In­ter­pre­ta­ção de No­tí­ci­as e Ima­gens e Vo­ca­bu­lá­rio. “É um ma­te­ri­al ri­co e in­dis­pen­sá­vel na sa­la de au­la”, con­si­de­ra a co­or­de­na­ção pe­da­gó­gi­ca.

Du­ran­te a ofi­ci­na, as mi­nis­tran­tes ex­pli­ca­ram que a me­mó­ria ló­gi­ca, a aten­ção vo­lun­tá­ria e o pen­sa­men­to são as fun­ções psi­co­ló­gi­cas que são de­sen­vol­vi­das nos es­tu­dan­tes, na me­di­da em que eles se apro­pri­am dos con­cei­tos ci­en­tí­fi­cos ex­plo­ra­dos nos con­teú­dos jor­na­lís­ti­cos.

Pa­ra a pro­fes­so­ra Gi­se­le é ní­ti­do o de­sen­vol­vi­men­to dos alu­nos com o uso do jor­nal co­mo re­cur­so pa­ra su­prir con­cei­tos da ma­triz cur­ri­cu­lar. “Va­mos con­ti­nu­ar tra­ba­lhan­do nes­te viés, foi re­al­men­te mui­to pro­vei­to­so”, fi­na­li­za.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.