O rom­bo na Petros

O Estado de S. Paulo - - Espaço Aberto -

On­de es­ta­va a Fe­de­ra­ção Úni­ca dos Pe­tro­lei­ros (FUP) en­quan­to os sin­di­ca­li­za­dos da Pe­tro­brás eram le­sa­dos pe­la Petros – o fun­do de pen­são dos tra­ba­lha­do­res da em­pre­sa –, que fez as mais de­sas­tra­das apli­ca­ções du­ran­te os go­ver­nos pe­tis­tas, ge­ran­do um dé­fi­cit to­tal de R$ 27,7 bi­lhões ao fun­do? Nos pró­xi­mos 18 anos, to­dos os bra­si­lei­ros te­rão de ar­car com os R$ 12,8 bi­lhões que a Pe­tro­brás de­sem­bol­sa­rá pa­ra equa­ci­o­nar es­se rom­bo, por­que o go­ver­no fe­de­ral é só­cio ma­jo­ri­tá­rio da em­pre­sa e, por­tan­to, nós to­dos so­mos tam­bém. Lem­bran­do que a FUP par­ti­ci­pou da “jor­na­da de lu­tas” na quar­ta-fei­ra, em Cu­ri­ti­ba, em apoio a Lu­la, que pres­ta­va de­poi­men­to ao juiz Ser­gio Mo­ro. É mui­ta des­fa­ça­tez! TANIA TAVARES ta­ni­at­ma@hot­mail.com

São Pau­lo

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.