Go­ver­na­dor se exal­ta e re­a­ge a de­pu­ta­do

O Estado de S. Paulo - - Política - SÃO CAR­LOS / RENE MOREIRA, ES­PE­CI­AL PA­RA O ES­TA­DO, e P.V.

O go­ver­na­dor de São Pau­lo, Ge­ral­do Alck­min (PSDB), fez on­tem um dis­cur­so exal­ta­do após ser al­vo de um pro­tes­to do de­pu­ta­do fe­de­ral Ma­jor Olím­pio (SD) em São Car­los, no in­te­ri­or pau­lis­ta. Du­ran­te o dis­cur­so do tu­ca­no em um even­to de en­tre­ga de 197 vi­a­tu­ras pa­ra a Po­lí­cia Mi­li­tar, Olím­pio usou um mi­cro­fo­ne e uma cai­xa de som pa­ra pu­xar pa­la­vras de or­dem con­tra o go­ver­na­dor e rei­vin­di­car au­men­to sa­la­ri­al pa­ra po­li­ci­ais.

“Ca­dê o sa­lá­rio da po­lí­cia?”, gri­tou Olím­pio. Um pe­que­no gru­po de ma­ni­fes­tan­tes, a mai­o­ria de mem­bros da Ape­o­esp, pro­tes­tou con­tra o go­ver­na­dor, que es­ta­va acom­pa­nha­do do se­cre­tá­rio es­ta­du­al da Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca, Má­gi­no Al­ves Bar­bo­sa Fi­lho.

Com a in­ter­ven­ção do par­la­men­tar, Alck­min tam­bém re­a­giu exal­ta­do: “Quem aqui ga­nha R$ 50 mil do po­vo de São Pau­lo? Vo­cê de­via ter ver­go­nha de­pu­ta­do. Ver­go­nha! Ele que gri­ta é que ga­nha R$ 50 mil do po­vo”, afir­mou o go­ver­na­dor ao mi­cro­fo­ne. Alck­min jus­ti­fi­cou sua re­a­ção: “É ele que es­tá gri­tan­do!”. O go­ver­na­dor dis­se que vai re­a­jus­tar os sa­lá­ri­os dos ser­vi­do­res.

Se­gun­do Olím­pio, o sa­lá­rio ini­ci­al de um PM ho­je é de R$ 2,9 mil. “Faz qua­tro anos que não dão nem o au­men­to da re­vi­são cons­ti­tu­ci­o­nal”, dis­se o de­pu­ta­do ao Es­ta­do. “Alck­min mos­trou o de­ses­pe­ro de­le. E ain­da usou meu bor­dão ao di­zer ‘ver­go­nha’.” O par­la­men­tar dis­se que re­ce­be apo­sen­ta­do­ria de ma­jor da PM de R$ 13 mil, além do sa­lá­rio de de­pu­ta­do fe­de­ral, de R$ 33,7 mil.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.