Can­di­da­to su­per­vi­si­o­nou a pró­pria eleição

O Estado de S. Paulo - - Internacional -

Se­cre­tá­rio de Es­ta­do da Geór­gia, o re­pu­bli­ca­no Bri­an Kemp foi elei­to go­ver­na­dor por van­ta­gem ín­fi­ma, pou­co mais de 63 mil vo­tos so­bre a de­mo­cra­ta Sta­cey Abrams. Res­pon­sá­vel pe­la su­per­vi­são das pró­pri­as elei­ções que ven­ceu, Kemp ado­tou me­di­das que re­sul­ta­ram no can­ce­la­men­to do re­gis­tro de mais de 1,5 mi­lhão de elei­to­res des­de 2016, ou 10,6% do elei­to­ra­do – a mai­o­ria ne­gros, la­ti­nos ou ci­da­dãos na­tu­ra­li­za­dos. Tam­bém fe­chou 214 cen­tros de vo­ta­ção em bair­ros po­bres. Pa­ra o ex-pre­si­den­te (e ex-go­ver­na­dor da Geór­gia) Jimmy Car­ter, Kemp ti­nha um con­fli­to de in­te­res­ses evi­den­te. “O pro­ces­so elei­to­ral pre­ci­sa ser ge­ri­do por uma au­to­ri­da­de in­de­pen­den­te e im­par­ci­al”, dis­se.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.