OU­TRAS HORTALIÇAS PO­DE­RO­SAS

In­vis­ta em ou­tros ali­men­tos fo­lho­sos pa­ra tur­bi­nar sua ali­men­ta­ção

O Poder dos Alimentos - - CONTENTS - Tex­to LU­CAS FERREIRA | De­sign JU­LI­A­NA MO­RE­NO

Acel­ga, bró­co­lis e ou­tras ver­du­ras que de­vem fa­zer par­te do seu cardápio

SE­JA NA SA­LA­DA, NO SU­CO OU EM QUAL­QUER RE­FEI­ÇÃO, o ide­al é sem­pre in­cluir di­ver­sos ali­men­tos, mis­tu­ran­do sabores e nu­tri­en­tes, tra­zen­do, as­sim, mui­tos be­ne­fí­ci­os. Co­nhe­ça al­gu­mas hortaliças que, ao la­do da cou­ve, de­vem ser in­cluí­das no cardápio diá­rio!

ACEL­GA

Au­xi­lia no con­tro­le da pres­são ar­te­ri­al, gra­ças à pre­sen­ça de po­tás­sio e mag­né­sio, mi­ne­rais po­de­ro­sos, co­mo ex­pli­ca a nu­tri­ci­o­nis­ta Lu­a­na Vas­con­ce­los: “Es­ses nu­tri­en­tes au­xi­li­am no con­tro­le da frequên­cia car­día­ca, con­tra­ri­an­do os efei­tos do só­dio.” A acel­ga tam­bém pos­sui mui­tas fi­bras em sua com­po­si­ção, fa­vo­re­cen­do o fun­ci­o­na­men­to do in­tes­ti­no.

AGRIÃO

Fon­te de vi­ta­mi­nas Ae C, seu po­der é de gran­de au­xí­lio pa­ra o sis­te­ma imu­no­ló­gi­co. O agrião tam­bém pos­sui ação des­con­ges­ti­o­nan­te e ex­pec­to­ran­te, sen­do in­di­ca­da pa­ra quem so­fre com res­fri­a­dos. As vi­ta­mi­nas do com­ple­xo B tam­bém se fa­zem pre­sen­te nes­sa ver­du­ra, as­sim co­mo al­guns mi­ne­rais: “O agrião tem bo­as quan­ti­da­des de sais mi­ne­rais co­mo io­do, en­xo­fre, fós­fo­ro e fer­ro. Eles são im­por­tan­tes pa­ra o fun­ci­o­na­men­to da glân­du­la ti­re­oi­de, aju­dam na for­ma­ção de os­sos e den­tes, evi­tam a fa­di­ga men­tal e es­tão li­ga­dos à pro­du­ção de gló­bu­los ver­me­lhos do san­gue. Pa­ra com­ple­tar, a ver­du­ra tem pro­pri­e­da­des ads­trin­gen­te, an­ti-in­fla­ma­tó­ria, ci­ca­tri­zan­te e diu­ré­ti­ca”, lis­ta a nu­tri­ci­o­nis­ta Lu­a­na.

AL­FA­CE

Fa­vo­re­ce o trân­si­to intestinal, pos­sui pro­pri­e­da­des ci­ca­tri­zan­tes, é um diu­ré­ti­co na­tu­ral, pre­vi­ne o in­cha­ço e a re­ten­ção de lí­qui­do! Es­ses são só al­guns dos be­ne­fí­ci­os da al­fa­ce, que ain­da é ri­ca em mag­né­sio e po­tás­sio, dois mi­ne­rais que au­xi­li­am nas con­tra­ções mus­cu­la­res, sen­do um ali­men­to in­dis­pen­sá­vel con­tra o can­sa­ço fí­si­co e um po­de­ro­so ali­a­do do tra­ba­lho dos mús­cu­los do co­ra­ção. Até mes­mo os ta­los des­sa ver­du­ra pos­su­em be­ne­fí­ci­os: eles con­têm lac­tu­ci­na, uma subs­tân­cia anes­té­si­ca e so­ní­fe­ra.

BRÓ­CO­LIS

Ri­co em cál­cio, as­sim co­mo a cou­ve, es­se ve­ge­tal é uma ar­ma pre­ven­ti­va à os­te­o­po­ro­se. Com poucas ca­lo­ri­as, o bró­co­lis tam­bém pos­sui pro­pri­e­da­des an­ti­cân­cer, co­mo ex­pli­ca a nu­tri­ci­o­nis­ta Te­re­sa La­ban­ca: “Es­tu­dos com­pro­vam a efi­cá­cia do bró­co­lis na pre­ven­ção de al­guns ti­pos de cân­cer, co­mo os de be­xi­ga, de ma­ma e, es­pe­ci­al­men­te, de prós­ta­ta. A re­co­men­da­ção é con­su­mi-lo pe­lo me­nos três ve­zes por se­ma­na, pois, nes­sa pro­por­ção, po­de di­mi­nuir os ris­co de cân­cer de prós­ta­ta em até 45%”.

ES­PI­NA­FRE

Ri­co em subs­tân­ci­as an­ti­o­xi­dan­tes, o es­pi­na­fre tam­bém apre­sen­ta quan­ti­da­des de áci­do fó­li­co, que pro­te­ge con­tra a pres­são al­ta e é al­ta­men­te re­co­men­da­do pa­ra mu­lhe­res grá­vi­das, já que co­la­bo­ra pa­ra a boa for­ma­ção do be­bê. Uma di­ca de con­su­mo é mis­tu­rar o es­pi­na­fre com ali­men­tos que tra­zem vitamina C, co­mo la­ran­ja e limão, pois as­sim o áci­do fó­li­co é me­lhor apro­vei­ta­do no or­ga­nis­mo.

RE­PO­LHO

Com ca­rac­te­rís­ti­cas an­ti-in­fla­ma­tó­ri­as, o re­po­lho, apre­sen­ta glu­ta­mi­na, um ami­noá­ci­do com pro­pri­e­da­des pa­ra dri­blar do­en­ças. Uma fon­te im­por­tan­te de vitamina C, es­sa hor­ta­li­ça po­de ser con­su­mi­da em sa­la­das ou re­fo­ga­da.

RÚ­CU­LA

Es­sa hor­ta­li­ça é ri­ca em ôme­ga-3, um áci­do gra­xo res­pon­sá­vel por man­ter os va­sos san­guí­ne­os sau­dá­veis. Além dis­so, a rú­cu­la com­ba­te a ane­mia, uma vez que é ri­ca em fer­ro, e pos­sui po­tás­sio e be­ta­ca­ro­te­no, fa­vo­re­cen­do a saú­de dos olhos, pe­le, unhas e ca­be­lo.

SAL­SÃO

Com poucas ca­lo­ri­as, ri­co em água e fi­bras, ele fa­vo­re­ce o fun­ci­o­na­men­to do in­tes­ti­no e o flu­xo de li­pí­de­os no san­gue. “Pro­por­ci­o­nan­do sa­ci­e­da­de com poucas ca­lo­ri­as, o sal­são é ri­co em água, fi­bras e mi­cro­nu­tri­en­tes, sen­do útil pa­ra o cardápio do dia a dia”, ava­lia a nu­tri­ci­o­nis­ta Grei­ce Ca­ro­li­ne Bag­gio.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.