COM­BI­NA­ÇÃO QUE DÁ CER­TO!

Pro­te­ja a sua saú­de mis­tu­ran­do a cou­ve com di­ver­sos ali­a­dos!

O Poder dos Alimentos - - CONTENTS - Tex­to ED­GARD VICENTINI/ COLABORADOR E LARISSA TOMAZINI De­sign DI­E­GO DI­AS

Os me­lho­res ali­men­tos que po­ten­ci­a­li­zam os po­de­res da cou­ve

ACOUVE, POR SI SÓ, JÁ É UMA VER­DU­RA PO­DE­RO­SA: pro­por­ci­o­na o de­tox do or­ga­nis­mo, au­xi­lia o fun­ci­o­na­men­to do in­tes­ti­no e pre­vi­ne di­ver­sas do­en­ças e pro­ble­mas de saú­de. Pa­ra ter uma ali­men­ta­ção ba­lan­ce­a­da, é im­por­tan­te con­tar com es­sa hor­ta­li­ça no seu cardápio. En­tão, que tal unir os seus nu­tri­en­tes com ou­tros ali­men­tos que irão po­ten­ci­a­li­zar ain­da mais os be­ne­fí­ci­os? Sai­ba quais es­co­lher:

GRÃOS E SE­MEN­TES

Chia: ela vem sen­do re­co­nhe­ci­da no mun­do co­mo um ex­ce­len­te ali­men­to, por ser uma das me­lho­res fon­tes de ôme­ga-3, su­pe­ran­do a quan­ti­da­de pre­sen­te na li­nha­ça. Além dis­so, é ri­ca em di­ver­sos mi­ne­rais, co­mo cál­cio, zin­co, co­bre, mag­né­sio e po­tás­sio. A chia ain­da ofe­re­ce ou­tros be­ne­fí­ci­os à saú­de: au­men­ta a mas­sa mus­cu­lar, evi­ta o ex­ces­so de pe­so e com­ba­te do­en­ças

car­di­o­vas­cu­la­res, di­a­be­tes, cân­cer de ma­ma e ou­tros ti­pos de tu­mor.

Aveia: promove sen­sa­ção de sa­ci­e­da­de, sen­do uma óti­ma ali­a­da das di­e­tas de ema­gre­ci­men­to. Ri­ca em mi­ne­rais co­mo cál­cio e fer­ro, vi­ta­mi­nas do com­ple­xo Be E, pro­teí­nas e fi­bras, a aveia ain­da me­lho­ra o fun­ci­o­na­men­to intestinal, fa­ci­li­ta a di­ges­tão, re­gu­la­ri­za a pres­são ar­te­ri­al, di­mi­nui o co­les­te­rol ruim (LDL) e con­tro­la a quan­ti­da­de de açú­car no san­gue.

Li­nha­ça: tra­ta-se de uma se­men­te fon­te de vá­ri­os nu­tri­en­tes que tra­zem be­ne­fí­ci­os in­con­tá­veis ao or­ga­nis­mo. “A li­nha­ça re­al­men­te aju­da a ame­ni­zar os sin­to­mas da TPM e da me­no­pau­sa. Além dis­so, por ser ri­ca em ôme­ga-3, é uma óti­ma op­ção pa­ra con­tro­lar o di­a­be­tes, o co­les­te­rol e a hi­per­ten­são”, in­for­ma a nu­tri­ci­o­nis­ta Fer­nan­da Gran­ja.

Ger­ge­lim: é um grão de bai­xo cus­to, de fá­cil pre­pa­ro e ri­co em áci­dos gra­xos in­sa­tu­ra­dos e pro­teí­nas. Pos­sui cál­cio, fi­bras e vi­ta­mi­nas do com­ple­xo B.

BROTOS

De gi­ras­sol: é fon­te de fi­toquí­mi­cos, subs­tân­ci­as an­ti-in­fla­ma­tó­ri­as e an­ti­o­xi­dan­tes que pro­te­gem as cé­lu­las do cor­po. A ação an­ti­o­xi­dan­te é re­for­ça­da pe­lo ôme­ga-6, que aju­da no con­tro­le da hi­per­ten­são e do co­les­te­rol. Be­ta­ca­ro­te­no e vitamina E, que aju­dam a pre­ve­nir pro­ble­mas car­di­o­vas­cu­la­res, tam­bém es­tão pre­sen­tes no bro­to de gi­ras­sol.

De fei­jão: es­sa mis­tu­ra é ri­ca em pro­teí­nas, fi­bras, cál­cio, fós­fo­ro, fer­ro e vi­ta­mi­nas C e do com­ple­xo B. Pos­sui pro­pri­e­da­des an­ti­o­xi­dan­tes, ou se­ja, com­ba­te os ra­di­cais li­vres, res­pon­sá­veis pe­lo en­ve­lhe­ci­men­to, e con­tém gran­des quan­ti­da­des de sais mi­ne­rais im­por­tan­tes pa­ra o or­ga­nis­mo, pois aju­dam na for­ma­ção de den­tes, os­sos e san­gue. Po­rém, o bro­to ger­mi­na­do de fei­jão não de­ve ser con­su­mi­do cru, pois es­se grão apre­sen­ta uma bac­té­ria que po­de pro­li­fe­rar no pro­ces­so de ger­mi­na­ção. O acon­se­lha­do é con­su­mi-lo co­zi­do, em uma so­pa, por exem­plo.

De qui­noa: as vi­ta­mi­nas B1,B2, B3 e B6, que dão mais ener­gia ao cor­po, apa­re­cem à von­ta­de no bro­to da qui­noa, jun­to com o áci­do fó­li­co e o fer­ro. Ain­da exis­tem ou­tros mi­ne­rais, além do fer­ro, con­tri­buin­do pa­ra for­ta­le­cer o sis­te­ma imu­no­ló­gi­co e au­men­tar a dis­po­si­ção, co­mo co­bre, mag­né­sio, man­ga­nês, fós­fo­ro, po­tás­sio e zin­co. Es­se ve­ge­tal ain­da é ri­co em pro­teí­nas de fá­cil di­ges­tão, tor­nan­do-se uma óti­ma al­ter­na­ti­va pa­ra as sa­la­das.

LE­GU­MES

Pi­men­tão ver­de: ele é ri­co em vi­ta­mi­nas A e C, e o me­lhor de tu­do é que apre­sen­ta mui­tos be­ne­fí­ci­os à saú­de com poucas ca­lo­ri­as! Ain­da con­tém fla­vo­noi­des, áci­dos fe­nó­li­cos e ou­tras subs­tân­ci­as com ação an­ti­can­ce­rí­ge­na.

Ji­ló: é um le­gu­me ma­gri­nho, sen­do que em 100g é pos­sí­vel en­con­trar ape­nas 27 ca­lo­ri­as. Tam­bém apre­sen­ta sig­ni­fi­ca­ti­va quan­ti­da­de de água e en­tre os seus nu­tri­en­tes es­tão as vi­ta­mi­nas C, A e do com­ple­xo B, além de mi­ne­rais co­mo cál­cio, fós­fo­ro, po­tás­sio e fer­ro.

FRU­TAS

Limão: ele é ri­co em mi­ne­rais e vitamina C, en­tre­tan­to, tam­bém pos­sui subs­tân­ci­as em sua cas­ca. “Es­sa par­te da fru­ta apre­sen­ta óle­os es­sen­ci­ais que po­dem tra­zer be­ne­fí­ci­os ex­tras à saú­de, co­mo o au­xí­lio à pre­ven­ção de cân­cer, a ca­pa­ci­da­de de in­du­zir a eli­mi­na­ção de to­xi­nas do or­ga­nis­mo e a po­ten­te ati­vi­da­de an­ti­o­xi­dan­te”, con­ta a nu­tri­ci­o­nis­ta Bar­ba­ra Res­cal­li San­ches.

Aba­ca­te: cons­ti­tuí­do por gor­du­ras mo­noin­sa­tu­ra­das, prin­ci­pal­men­te as do ti­po ôme­ga-9, que são fun­da­men­tais pa­ra a ma­nu­ten­ção de fun­ções bá­si­cas do or­ga­nis­mo, co­mo a pro­du­ção de hormô­ni­os. Além dis­so, o aba­ca­te con­tri­bui pa­ra a sen­sa­ção de sa­ci­e­da­de en­tre re­fei­ções. No en­tan­to, co­mo é uma fru­ta ca­ló­ri­ca, é pre­ci­so mo­de­ra­ção.

Maçã ver­de: sen­do do­na de uma gran­de quan­ti­da­de de fi­bras, a maçã ver­de re­gu­la o in­tes­ti­no, fa­ci­li­ta a di­ges­tão e promove mai­or sa­ci­e­da­de en­tre as re­fei­ções.

Aba­ca­xi: es­sa fru­ta é uma ex­ce­len­te fon­te de po­tás­sio, mag­né­sio, cál­cio e vi­ta­mi­nas A, C, B1 e D. Ain­da au­xi­lia na di­ges­tão, de­vi­do à pre­sen­ça de bro­me­li­na em sua com­po­si­ção (uma mis­tu­ra de en­zi­mas que des­do­bram pro­teí­nas, fa­ci­li­tan­do o pro­ces­so di­ges­ti­vo).

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.