For­no chi­nês

Planeta - - VOLTA AO MUNDO -

No­tí­cia pre­o­cu­pan­te pa­ra a Pla­ní­cie do Nor­te da Chi­na (a mais po­pu­lo­sa re­gião do país, ho­je com 400 mi­lhões de ha­bi­tan­tes, que in­clui Bei­jing e Xan­gai): se­gun­do um es­tu­do, até o fim do sé­cu­lo a área se­rá cas­ti­ga­da por uma su­ces­são mortal de on­das de ca­lor ex­tre­mo cau­sa­das pe­lo aque­ci­men­to glo­bal e pe­la ir­ri­ga­ção. À tem­pe­ra­tu­ra de bul­bo úmi­do (me­di­da que re­fle­te as pro­pri­e­da­des fí­si­cas de um sis­te­ma cons­ti­tuí­do pe­la eva­po­ra­ção da água no ar) de 35

°C, o cor­po hu­ma­no não se re­fres­ca ao su­ar e até pes­so­as sau­dá­veis sen­ta­das à som­bra po­dem mor­rer em seis ho­ras. Se­gun­do a pes­qui­sa, pu­bli­ca­da em ju­lho na re­vis­ta “Na­tu­re Com­mu­ni­ca­ti­ons”, on­das de ca­lor com tem­pe­ra­tu­ra de bul­bo úmi­do de pe­lo me­nos 35 °C po­de­rão atin­gir a pla­ní­cie vá­ri­as ve­zes en­tre 2070 e 2100 ca­so o aque­ci­men­to glo­bal não se­ja con­ti­do.

Xan­gai: a mai­or ci­da­de da Chi­na es­tá na re­gião mais ame­a­ça­da pe­lo ca­lor

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.