Ser­vi­ço

Qual Viagem - - ESPECIAL CRUZEIROS -

IDIOMA

O in­glês é o idioma mais co­mum a bor­do, em­bo­ra en­tre os tri­pu­lan­tes exis­tam pes­so­as de di­ver­sos paí­ses. No Bra­sil, uma obri­ga­ção le­gal de­ter­mi­na que ao me­nos 25% da tri­pu­la­ção se­ja de bra­si­lei­ros.

DI­NHEI­RO

Ao fa­zer o check-in os pas­sa­gei­ros re­ce­bem um car­tão mag­né­ti­co pa­ra de­bi­tar as des­pe­sas a bor­do. O uso de di­nhei­ro não é ne­ces­sá­rio. No Bra­sil, no de­sem­bar­que, o pa­ga­men­to das des­pe­sas po­de ser fei­to em re­ais, dó­la­res ou car­tões de cré­di­to in­ter­na­ci­o­nal. As gor­je­tas não são obri­ga­tó­ri­as e fi­cam a cri­té­rio dos pas­sa­gei­ros.

CA­BI­NES

A es­co­lha de­pen­de do or­ça­men­to. Elas são di­vi­di­das en­tre in­ter­nas, ex­ter­nas e com va­ran­da. As com va­ran­da são mais ca­ras, en­quan­to que as in­ter­nas (sem ja­ne­las) são mais ba­ra­tas. As ca­bi­nes nos an­da­res in­fe­ri­o­res do na­vio são mais es­tá­veis - ba­lan­çam me­nos.

DO­CU­MEN­TA­ÇÃO

Pa­ra em­bar­car é pre­ci­so apre­sen­tar o vou­cher (bi­lhe­te) for­ne­ci­do pe­la ope­ra­do­ra de vi­a­gem ou pe­la com­pa­nhia ar­ma­do­ra. Nos cru­zei­ros re­a­li­za­dos no Bra­sil é ne­ces­sá­rio apre­sen­tar um do­cu­men­to ori­gi­nal vá­li­do – RG ou CNH. Nos ro­tei­ros pa­ra os paí­ses do Mer­co­sul, o do­cu­men­to exi­gi­do se­rá o pas­sa­por­te ou o RG em bom es­ta­do e com no má­xi­mo 10 anos da emis­são. O Gu­est Re­la­ti­ons Desk do na­vio po­de­rá re­ter seu pas­sa­por­te por to­da a du­ra­ção do cru­zei­ro por mo­ti­vos de imi­gra­ção e al­fân­de­ga. Ele se­rá de­vol­vi­do no de­sem­bar­que. O seu no­me na pas­sa­gem tem que es­tar gra­fa­do tal co­mo no pas­sa­por­te. Qual­quer di­fe­ren­ça po­de­rá im­pe­dir o em­bar­que no na­vio.

Cri­an­ças me­no­res - Ca­so os so­bre­no­mes do pai e do me­nor que o acom­pa­nha se­jam di­fe­ren­tes, se­rá ne­ces­sá­rio apre­sen­tar a Cer­ti­dão de Nas­ci­men­to (ori­gi­nal, có­pia au­ten­ti­ca­da ou có­pia re­co­nhe­ci­da em car­tó­rio). Os no­mes do(s) pai(s) e da cri­an­ça de­vem es­tar re­la­ci­o­na­dos me­di­an­te do­cu­men­ta­ção le­gal. Adul­tos que não se­jam pa­ren­tes ou res­pon­sá­veis le­gais te­rão que apre­sen­tar uma car­ta re­co­nhe­ci­da em car­tó­rio as­si­na­da por pe­lo me­nos um dos pais da cri­an­ça.

SAÚDE

Va­ci­nas - Im­por­tan­te ve­ri­fi­car so­bre as exi­gi­das em ca­da país. Em al­guns ca­sos elas são re­co­men­da­das. Nes­se ca­so se­rá ne­ces­sá­rio um Cer­ti­fi­ca­do In­ter­na­ci­o­nal de Va­ci­na­ção emi­ti­do pe­la An­vi­sa.

En­jo­os – Al­gu­mas pes­so­as cos­tu­mam sen­tir en­jo­os ape­sar de os gran­des na­vi­os dis­po­rem de es­ta­bi­li­za­do­res, que mi­ni­mi­zam o ba­lan­ço. Se for o seu ca­so, evi­te to­mar mui­to lí­qui­do e co­ma ali­men­tos só­li­dos co­mo pães e mas­sas. Re­mé­di­os con­tra en­jo­os cos­tu­mam cau­sar so­no­lên­cia.

Hi­gi­e­ne - Evi­te o uso de ba­nhei­ros co­le­ti­vos e la­ve as mãos com frequên­ci­as.

Aten­di­men­to mé­di­co - Os na­vi­os dis­põem de um am­bu­la­tó­rio ca­so se­ja ne­ces­sá­rio du­ran­te a vi­a­gem.

EM­BAR­QUE

Nor­mal­men­te, o check-in nos na­vi­os é en­cer­ra­do 1h30 an­tes do ho­rá­rio da par­ti­da. Pa­ra evi­tar con­tra­tem­pos, che­gue ao ter­mi­nal 2h30 an­tes do em­bar­que.

BAGAGEM

São per­mi­ti­das du­as ma­las e du­as ba­ga­gens de mão. Ani­mais ou pás­sa­ros são proi­bi­dos a bor­do. Úni­ca ex­ce­ção são os cães-guia. Le­ve os ob­je­tos de va­lor na bagagem de mão. Na noi­te an­te­ri­or ao de­sem­bar­que, os pas­sa­gei­ros de­ve­rão dei­xar as ma­las no cor­re­dor – do la­do de fo­ra da ca­bi­ne –, de­vi­da­men­te eti­que­ta­das e la­cra­das com ca­de­a­dos. Após se­rem cum­pri­dos os trâ­mi­tes al­fan­de­gá­ri­os, a bagagem se­rá re­ti­ra­da do na­vio e es­ta­rá à dis­po­si­ção no sa­lão da Al­fan­de­ga.

O QUE USAR

Ve­ri­fi­que a pro­gra­ma­ção a bor­do e o per­fil do cru­zei­ro em que es­tá em­bar­can­do. Cal­ça­dos e rou­pas es­por­ti­vas são in­di­ca­dos pa­ra usar du­ran­te o dia. À noi­te, al­guns na­vi­os exi­gem o uso de tra­je es­por­te fi­no nos jan­ta­res. É re­co­men­da­do le­var um aga­sa­lho le­ve por cau­sa do ar-con­di­ci­o­na­do nos am­bi­en­tes in­ter­nos.

SE­GU­RAN­ÇA

Leis in­ter­na­ci­o­nais exi­gem a re­a­li­za­ção de um exer­cí­cio obri­ga­tó­rio so­bre os pro­ce­di­men­tos de se­gu­ran­ça a bor­do em ca­so de emer­gên­cia. Lo­go no iní­cio do cru­zei­ro to­dos os pas­sa­gei­ros são con­vo­ca­dos atra­vés dos al­to-fa­lan­tes pa­ra ves­ti­rem o co­le­te sal­va-vi­das (dis­po­ní­vel na ca­bi­ne) e com­pa­re­cer a áre­as es­pe­cí­fi­cas. É rá­pi­do e até di­ver­ti­do.

TELEFONE

Me­lhor evi­tar fa­zer li­ga­ções a par­tir dos te­le­fo­nes nas ca­bi­nes. Elas são bem ca­ras por­que de­pen­dem do uso de sa­té­li­tes. Sai mais ba­ra­to usar o seu ce­lu­lar ca­so ha­ja si­nal. Em ca­so de vi­a­gem in­ter­na­ci­o­nal não es­que­ça de ha­bi­li­tar o ro­a­ming jun­to à sua ope­ra­do­ra e ve­ri­fi­car os cus­tos.

IN­TER­NET

Tam­bém cus­ta ca­ro usar a in­ter­net a bor­do. O aces­so ao wi-fi é co­bra­do por um tem­po pré-de­ter­mi­na­do. Apro­vei­te pa­ra usar a in­ter­net no seu telefone ce­lu­lar du­ran­te as pa­ra­das. Mas é bom con­sul­tar a sua ope­ra­do­ra an­tes da vi­a­gem pa­ra não ter sur­pre­sas.

REFEIÇÕES

Nor­mal­men­te os jan­ta­res são di­vi­di­dos em tur­nos e em me­sas pré-de­ter­mi­na­das. Be­bi­das e ali­men­tos ad­qui­ri­dos fo­ra do na­vio du­ran­te as pa­ra­das são proi­bi­dos. Al­gu­mas com­pa­nhi­as ofe­re­cem cru­zei­ros com o sis­te­ma all in­clu­si­ve tu­do in­cluí­do.

COM­PRAS

O pro­ce­di­men­to é o mes­mo das vi­a­gens aé­re­as e o li­mi- te má­xi­mo é de US$ 500 em com­pras nas lo­jas de sou­ve­ni­res e duty free a bor­do dos na­vi­os.

CASSINOS

Proi­bi­do o aces­so de me­no­res de 18 anos. Fo­tos e fil­ma­gens den­tro do cas­si­no são proi­bi­das.

NÃO PERCA A HORA

Os na­vi­os não es­pe­ram pas­sa­gei­ros atra­sa­dos du­ran­tes as pa­ra­das. Por­tan­to, fi­que aten­to com re­la­ção aos ho­rá­ri­os in­for­ma­dos se não qui­ser ter uma enor­me dor de ca­be­ça.

IN­FOR­MA­ÇÕES

AUS­TRA­LIS aus­tra­lis.com COS­TA CRU­ZEI­ROS cos­ta­cru­zei­ros.com.br CUNARD LINE dis­co­ver­crui­ses.com.br DIS­NEY CRUISE LINE dis­ney­crui­se.dis­ney.go.com MSC CRU­ZEI­ROS ms­cru­zei­ros.com.br NORWE­GI­AN CRUISE LINE ncl.com.br/pt PRIN­CESS CRUISES dis­co­ver­crui­ses.com.br PULL­MAN­TUR pull­man­tur.com.br | cvc.com.br ROYAL CA­RIB­BE­AN royal­ca­rib­be­an.com.br | r11­tra­vel.com.br

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.