SÓ BE­NE­FÍ­CI­OS!

Segredos da Mente - - Pilulas -

A lis­ta que con­tém os be­ne­fí­ci­os pro­por­ci­o­na­dos pe­la me­di­ta­ção é gran­de e va­ri­a­da. Con­fi­ra abai­xo al­guns dos prin­ci­pais pro­por­ci­o­na­dos por es­te exer­cí­cio, lis­ta­dos pe­lo psi­có­lo­go e ges­tor edu­ca­ci­o­nal Au­gus­to Ji­me­nez.

Cri­a­ti­vi­da­de: “meditar en­vol­ve a con­cen­tra­ção no pre­sen­te. Pa­ra a cri­a­ti­vi­da­de acon­te­cer, o ser hu­ma­no pre­ci­sa es­tar mais re­la­xa­do e ‘aber­to’ pa­ra o mo­men­to pre­sen­te. Lo­go, es­sas téc­ni­cas tra­zem o in­di­ví­duo pa­ra uma si­tu­a­ção que pre­ci­sa de­sen­vol­ver e/ou cri­ar al­go. Ofe­re­ce o des­per­tar de ca­pa­ci­da­des cog­ni­ti­vas co­mo au­di­ção e a vi­são pa­ra o ato da cri­a­ção, ini­bin­do a dis­tra­ção com as­sun­tos fu­tu­ros ou do pas­sa­do”.

Me­mó­ria: “a me­mó­ria é a ca­pa­ci­da­de de ar­ma­ze­na­men­to de in­for­ma­ções que um ser hu­ma­no tem. O que acon­te­ce ho­je em dia é que es­ta­mos mui­to sus­ce­tí­veis a uma quan­ti­da­de exa­cer­ba­da de in­for­ma­ções ao mes­mo tem­po. Is­so faz com que o nos­so do­mí­nio de cap­ta­ção des­pen­que. As­sim, meditar pro­mo­ve a aten­ção a um pon­to, a uma ação, ele­van­do nos­sa fun­ção de ad­qui­rir in­for­ma­ções”.

Ha­bi­li­da­des re­la­ci­o­na­das ao emo­ci­o­nal: “acre­di­to que es­te é o pri­mor­di­al no ato da me­di­ta­ção. Quan­do te­mos in­te­li­gên­cia emo­ci­o­nal fi­ca mais fá­cil li­dar com si­tu­a­ções es­tres­san­tes do dia a dia. A prá­ti­ca te traz pa­ra o pre­sen­te, lo­go vo­cê ad­qui­re a cons­ci­ên­cia de que o fu­tu­ro não te per­ten­ce e o pas­sa­do de­ve fi­car pa­ra trás” Con­cen­tra­ção: “no mindfulness, téc­ni­ca de aten­ção ple­na, os cin­co sen­ti­dos são aci­o­na­dos pa­ra o pre­sen­te. Is­so fa­ci­li­ta a con­cen­tra­ção e, con­co­mi­tan­te­men­te, aumenta o ren­di­men­to das ta­re­fas do ser hu­ma­no” (ve­ja mais na pá­gi­na 18).

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.